A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
4 pág.
Plano de aula - Trabalho - Sociologia - 2º ano Ensino Médio

Pré-visualização | Página 1 de 2

PLANO DE ENSINO 
 
 ESCOLA: 
 CURSO: Ensino Médio 
 
DISCIPLINA: Sociologia 
ANO LETIVO: 2018 
ANO: 2º ano do Ensino Médio 
CARGA HORÁRIA TOTAL DA DISCIPLINA EM HORAS/AULA: 28 aulas de 50min. 23h20min carga horária total de sociologia. 
NÚMERO DE HORÁS/AULA SEMANAIS: 50min. 1 aula por semana. 
PROFESSOR (A): 
 
EMENTA 
 Mundo do trabalho e capitalismo 
 Globalização 
 Cultura e sociedade 
 Sociologia brasileira 
 
JUSTIFICATIVA 
O ensino de sociologia no Ensino Médio é de tamanha relevância, pois, instiga o estudante a refletir e problematizar questões frente às 
diferentes realidades sociais, inclusive, na qual o estudante está inserido. Assim, é possível inserir o estudante no debate complexo das 
configurações sociais de âmbito local e global, fazendo com que se tenha uma capacidade de reflexão e argumentação crítica. Sendo assim, 
a ementa dessa disciplina justifica-se nesse contexto, de propor uma reflexão crítica acerca dos assuntos que permeiam o mundo de trabalho 
e o sistema econômico atual, bem como a questão do mundo globalizado, além de refletir sobre e entender as dinâmicas culturais e sociais 
presentes no cotidiano e o processo da sociologia no Brasil. 
 
 
OBJETIVO GERAL 
 
Compreender aspectos dos sintomas contemporâneos relacionados ao trabalho na sociedade brasileira a partir do pensamento sociológico. 
 
 
 
CONTEÚDO PROGRAMÁTICO 
OBJETIVOS 
ESPECÍFICOS 
NÚMERO DE 
HORAS/AULA 
DESENVOLVIMENTO 
METODOLÓGICO 
RECURSOS AVALIAÇÃO 
UNIDADE I: Trabalho e 
capitalismo 
 
Tópicos: 
- Modo de produção. 
 
- Karl Marx: divisão social do 
trabalho e mais valia. 
 
- Karl Marx: trabalho e 
capitalismo. 
- Compreender as 
informações teóricas e 
históricas sobre o trabalho 
a partir do pensamento 
sociológico; 
 
- Identificar a 
especificidade do trabalho 
na sociedade capitalista; 
 
- Discutir sobre o modo de 
trabalho atual e suas 
diversas modalidades. 
 
 
 
7 aulas de 
50min. 
 
6h40min. 
 
 
Todas as aulas dessa 
unidade serão com 
uma metodologia 
dialética, trazendo o 
estudante para o 
debate do tema, 
contando assim, com 
sua participação. A 
primeira aula utilizará 
trechos do filme 
“Tempos Modernos” 
para introduzir o 
primeiro tópico a ser 
trabalhado e 
contemplar o primeiro 
objetivo descrito. 
 
Lousa e giz para 
todas as aulas. 
Apenas para a 
primeira aula será 
necessário 
computador, 
projetor 
multimídia e caixa 
de som para 
reproduzir o filme. 
Essa unidade contará com 
uma avaliação individual 
sem consulta com 
questões discursivas 
aplicada na última aula, 
tratando dos assuntos 
vistos ao longo da unidade. 
Além disso, a participação 
ativa e constante dos 
estudantes em sala será 
também um critério 
avaliativo. 
UNIDADE II: Globalização 
 
Tópicos: 
- Nova divisão internacional do 
trabalho. 
 
- David Held: gênese e 
conceitos fundantes da 
globalização. 
 
- Refletir sobre a gênese 
e o conceito de 
“globalização” e “divisão 
internacional do trabalho”; 
 
- Compreender a 
Globalização como um 
processo dinâmico, 
complexo e 
multidimensional. 
 
 
7 aulas de 
50min. 
 
6h40min. 
 
Todas as aulas dessa 
unidade serão com 
uma metodologia 
dialética, trazendo o 
estudante para o 
debate do tema, 
contando assim, com 
sua participação. A 
primeira aula dessa 
unidade utilizará o 
documentário 
“Corporation (EUA, 
2003)” para 
compreender como 
corporações tornaram-
se espaços de grande 
poder no mundo 
capitalista globalizado. 
Lousa e giz para 
todas as aulas. 
Apenas para a 
primeira aula será 
necessário 
computador, 
projetor 
multimídia e caixa 
de som para 
reproduzir o filme. 
Essa unidade contará com 
duas avaliações. A 
primeira será um relatório 
crítico individual sobre o 
documentário, que será 
solicitado logo após a sua 
exibição. A segunda, será 
uma avaliação individual 
sem consulta com 
questões discursivas 
aplicada na última aula, 
tratando dos assuntos 
vistos ao longo da unidade. 
Além disso, a participação 
ativa e constante dos 
estudantes em sala será 
também um critério 
avaliativo. 
 
CONTEÚDO PROGRAMÁTICO 
OBJETIVOS 
ESPECÍFICOS 
NÚMERO DE 
HORAS/AULA 
DESENVOLVIMENTO 
METODOLÓGICO 
RECURSOS AVALIAÇÃO 
UNIDADE III: Cultura e 
Sociedade 
 
Tópicos: 
- Tylor, Malinowsky, Radcliffe-
Brown: conceito de “cultura” 
 
 
- Bourdieu: Capital Cultural; 
 
 
 
- Compreender os 
conceitos de “cultura” e 
“diversidade cultural” para 
as ciências sociais; 
 
- Compreender o conceito 
de “capital cultural” de 
Pierre Bourdieu; 
 
- Discutir as relações 
entre cultura e ideologia: 
dominação e controle, 
meios de comunicação, 
relações entre mídia e 
política. 
 
 
7 aulas de 
50min. 
 
6h40min. 
 
Todas as aulas dessa 
unidade serão com 
uma metodologia 
dialética, trazendo o 
estudante para o 
debate do tema, 
contando assim, com 
sua participação. A 
primeira aula dessa 
unidade utilizará do 
filme Um Grito de 
Liberdade (EUA, 1987) 
para refletir de forma 
intrpdutória sobre 
questões de exclusão 
social que são 
“culturais” de uma 
determinada 
sociedade. 
Lousa e giz para 
todas as aulas. 
Apenas para a 
primeira aula será 
necessário 
computador, 
projetor 
multimídia e caixa 
de som para 
reproduzir o filme. 
Essa unidade contará com 
três avaliações. A primeira 
será um relatório crítico 
individual sobre o filme, 
solicitado logo após a sua 
exibição. A segunda, será 
uma avaliação individual 
sem consulta com 
questões discursivas 
aplicada na última aula, 
tratando dos assuntos 
vistos ao longo da unidade. 
A terceira e última 
avaliação será um trabalho 
em grupo que discuta e 
aplique o conceito de 
capital cultural do Bourdieu 
no cotidiano. Além disso, a 
participação ativa e 
constante dos estudantes 
em sala será também um 
critério avaliativo. 
UNIDADE IV: Sociologia 
Brasileira 
 
Tópicos: 
- Gilberto Freyre, Darcy 
Ribeiro, Sérgio Buarque de 
Holanda: questões raciais; 
 
- Discutir “identidade 
cultural e nacional 
brasileira”: a formação do 
ideário de “nação” e de 
“povo brasileiro”, os 
símbolos nacionais, a 
questão das mudanças e 
transformações sociais no 
Brasil; 
 
- Refletir sobre algumas 
interpretações 
sociológicas sobre o 
Brasil a partir da leitura e 
discussão de textos de 
sociólogos brasileiros. 
 
7 aulas de 
50min. 
 
6h40min. 
 
Todas as aulas dessa 
unidade serão com 
uma metodologia 
dialética, trazendo o 
estudante para o 
debate do tema, 
contando assim, com 
sua participação. A 
primeira aula dessa 
unidade utilizará do 
documentário O Povo 
Brasileiro (Brasil, 1997) 
para retratar de forma 
introdutória as 
questões raciais no 
Brasil. 
Lousa e giz para 
todas as aulas. 
Apenas para a 
primeira aula será 
necessário 
computador, 
projetor 
multimídia e caixa 
de som para 
reproduzir o filme. 
Essa unidade contará com 
duas avaliações. A 
primeira será um relatório 
crítico individual sobre o 
documentário, que será 
solicitado após a sua 
exibição. A segunda 
avaliação é individual sem 
consulta, com questões 
discursivas aplicada na 
última aula, tratando dos 
assuntos da unidade. Além 
disso, a participação ativa 
e constante dos estudantes 
em sala será também um 
critério avaliativo. 
REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS (DO PROFESSOR (A)): 
 
MARX, Karl. O Capital: crítica da economia política. Civilização Brasileira: Rio de Janeiro. 
 
__________. Manuscritos Econômico-Filosóficos. Edições 70: Lisboa, 1993. 
 
HELD, David; MCGREW, Anthony. Prós e contras da globalização. Rio de Janeiro: Zahar, 2001. 
 
FIRKOWSKI, Olga L. C. A nova divisão internacional do trabalho e o surgimento dos NIC'S (Newly Industrializing Countries). Revista Geografia, vol. 
6, pp. 101-107, 1990. Disponível em: <http://www.uel.br/revistas/uel/index.php/geografia/article/viewFile/9901/8711>. Acesso em 10 de jul. de 2018. 
 
MALINOWSKI, Bronislaw. Uma teoria científica de cultura. Tradução Marcelina Amaral. Lisboa, Portugal:

Crie agora seu perfil grátis para visualizar sem restrições.