A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
2 pág.
AULA 3 - DIREITO CIVIL (16_03)

Pré-visualização | Página 1 de 1

DIREITO
CIVIL
LEI DE INTRODUÇÃO ÀS NORMAS DO DIREITO BRASILEIRO.
Hermenêutica/Exegese → interpretação do direito
COSTUME CLASSIFICAÇÃO:
→ Secundum legem = quando expressamente referido em lei, a própria
norma é aplicada.
→ Praeter legem = quando se destina a suprir a lei nos casos omissos,
como prevê o art 4º da LINDB (ex: cheque pré-datado. Costume
integrativo.)
→ Contra legem = quando se opõe à lei. É rejeitado pela doutrina porque a
lei só pode ser revogada por outra.
Vacatio Legis: tempo que a lei demora para entrar em vigor
Conflitos de Leis no Tempo:
http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/decreto-lei/del4657compilado.htm
→ irretroativa, efeito imediato. Ex: Alterou a maioridade, atinge todos
aqueles que não tinham 18 anos completos. Se for para menos, tem direito
adquirido.
→ Lei nova: aos casos pendentes e aos futuros, só podendo retroagir
→ Ato jurídico perfeito: é o já consumado, produz efeitos jurídicos, o
direito gerado já foi exercido.
→ Direito Adquirido: já se incorporou definitivamente no patrimônio e à
personalidade do seu titular, não podendo lei nem fato posterior, alterar
tal situação jurídica.
→ Coisa julgada: não há mais recurso.
(transitou em julgado: não pode mais ser alterado)
→ jurisprudência tem mitigado os efeitos da coisa julgada, ação de
investigação de paternidade julgada improcedente por falta de provas.
Antinomia não se resolve por equidade

Crie agora seu perfil grátis para visualizar sem restrições.