Gestão por Competencias8
22 pág.

Gestão por Competencias8


DisciplinaAdministração de Recursos Humanos I9.833 materiais126.640 seguidores
Pré-visualização3 páginas
de Capacitação
Mapeamento e Gestão de Competência
Objetivo
O curso visa apresentar os conceitos básicos de Gestão de
Competências e discutir aplicações práticas de forma a extrair a
máxima contribuição de sua equipe.
Público-alvo
Servidores do Ministério da Saúde com escolaridade mínima
de nível superior completo.
Promoção
Ministério da Saúde, SAA/CGRH/CODER.
Execução
Departamento de Ciências da Administração do Centro Só-
cio-Econômico da Universidade Federal de Santa Catarina.
Carga Horária
15 horas \u2013 Introdução à Educação a Distância.
45 horas \u2013 Mapeamento e Gestão de Competência.
Horário de atendimento
De segunda a sexta-feira, das 8h às 20h.
Curso de Capacitação a Distância
12
Mapeamento e Gestão de Competências
13
Apresentação
Olá! Seja bem-vindo!
Estamos começando o curso de capacitação Mapeamento e
Gestão de Competências. O objetivo deste curso é apresentar as
principais considerações sobre uma prática que vem sendo muito
discutida e, em alguns casos, aplicada como a mais moderna rela-
cionada à gestão de pessoas: a Gestão de Competências.
Para começar bem o entendimento deste material, partimos
do pressuposto que Competência é um termo que a maior parte
das pessoas já escutou ou falou em seu cotidiano organizacional. A
grande questão é a sua ênfase, que pode ser pejorativa (quando
alguém é chamado de incompetente), bem como altamente positi-
va (quando alguém é chamado de competente). No entanto, con-
siderando os aspectos da gestão, em certos casos a terminologia
utilizada acaba não sendo condizente. Entenda melhor: o fato de
se chamar alguém de incompetente pode não ser perfeitamente
adequado, pois costuma-se considerar um profissional desta for-
ma quando ele não apresenta os resultados esperados. O problema é
que os resultados são decorrentes de um conjunto de fatores que pode
ou não ter sido gerado por questões alheias à vontade deste profissio-
nal, fora de seu controle, o que torna essa \u201csentença\u201d injusta.
Se pararmos para analisar o cenário das organizações públi-
cas, tal situação acaba se agravando, uma vez que os processos de
gestão tendem a ser mais morosos do que os demais e, se conside-
rarmos ainda as questões relacionadas ao cotidiano do servidor pú-
blico, perceberemos que muitos dos problemas são decorrentes des-
tas questões e não simplesmente em razão da falta de \u201ccompetên-
cia\u201d.
É com base nesta argumentação que pensamos neste curso,
pois assim, você, como um gestor de equipes ou como membro de
Curso de Capacitação a Distância
14
uma organização pública, com vontade de trabalhar e aprender,
será apresentado às discussões existentes sobre esta temática de
forma a conseguir aplicar à sua realidade cotidiana uma ferra-
menta preliminar de Gestão de Competências.
Para tanto, organizamos este curso em 4 Unidades. Na pri-
meira, apresentaremos uma breve contextualização dos novos
parâmetros de riqueza profissional, que compreendem o entendi-
mento do conceito de Competência ao longo dos anos até a presente
data, do valor que a Competência tem no cenário organizacional, e
quais são as Escolas predominantes sobre o assunto.
Na Unidade 2 você conhecerá o termo Gestão de Competên-
cias. A compreensão adequada deste termo e de todas as suas
nuances será essencial, tanto quanto do termo Mapeamento que
também faz parte deste modelo de gestão. Porém, a ênfase nesta
Unidade será a de apresentar a importância da gestão, os seus pon-
tos fortes, os fracos e a sua estrutura como um todo.
Na Unidade 3 apresentaremos os modelos de Mapeamento
de Competências. Você deverá dedicar muita atenção a esta Uni-
dade, pois nela estarão os pontos considerados chaves para o en-
tendimento deste curso. Cabe destacar que existem diversos mode-
los de Mapeamento de Competências e, sendo assim, escolhemos
aqueles que entendemos ser os mais adequados para este momento.
Na Unidade 4 preferimos exemplificar a aplicação do mode-
lo de Mapeamento e Gestão de Competências, ao considerarmos a
utilização de um dos quatro principais subsistemas de recursos hu-
manos: a avaliação de desempenho. Logicamente, como o intuito
é apenas exemplificar, não nos preocupamos em contemplar todas
as etapas do processo e sim, de destacar o que era o mais impor-
tante para a compreensão da utilização destas técnicas.
Esperamos que o curso seja de grande valia para você! Se
existirem dúvidas quanto ao que foi explanado, não hesite em en-
trar em contato conosco a qualquer momento, pois esclarecê-las é
nossa função e faz parte da nossa Competência.
Mapeamento e Gestão de Competências
15
Será um imenso prazer trocar ideias com você, pois a sua
participação assídua nos permitirá compartilhar experiências ten-
do em vista a complexidade do seu trabalho e de todo o contexto
no qual ele está inserido. Ao final do curso, você poderá nos relatar
sobre o desenvolvimento profissional que lhe proporcionamos .
Para nós, professores, isso é muito importante, uma vez que
os feedbacks são essenciais para sabermos se estamos ou não nos
comunicando de maneira eficaz. Contamos com as suas críticas e
sugestões de melhoria em relação a este curso, ok?
Por fim, destacamos que para um aprendizado adequado é
importante que você realize todas as atividades de aprendizagem
sugeridas e, que não desanime ou desista ao se deparar com algu-
ma barreira. Pense que este curso é a oportunidade real que você
necessitava para desenvolver outras Competências. Mostre-nos do
que você é capaz!
Um grande abraço e um excelente curso!
Prof. Marcos Baptista Lopez Dalmau e
Profª. Kelly Cristina Benetti Tonani Tosta
Conceito de Competência e
sua evolução ao longo da
história administrativa
Conceito de Competência e
sua evolução ao longo da
história administrativa
UNIDADE
1
Curso de Capacitação a Distância
18
Objetivo
Nesta Unidade você conhecerá e compreenderá o conceito de
Competência e o contexto da sua evolução dentro da história
administrativa.
Mapeamento e Gestão de Competências
19
Introdução
Olá! Seja muito bem-vindo à primeira Unidade do Curso de
Mapeamento e Gestão de Competências.
Nesta Unidade vamos entender melhor o conceito de Com-
petência ao longo da história administrativa, assim como a
mudança gerada a partir da premissa de que os profissionais
são os maiores bens das organizações contemporâneas.
Você sabe o que é Competência? Você é uma pessoa com-
petente ou incompetente? No caso de a sua resposta ter sido
a de que é competente, será que você sempre foi conheci-
do como tal? Ou será que em algum momento você já apre-
sentou algum resultado que fizesse com que as pessoas lhe
chamassem de incompetente? Na sua visão, quais são as
características necessárias para que uma pessoa possa ser
considerada como competente?
Vamos mergulhar nestas ideias e aprofundar o seu conheci-
mento? Então leia o livro-texto, acesse o AVEA para acom-
panhar as informações do curso e não se esqueça de que
existe uma equipe inteira à disposição para lhe auxiliar. Bons
estudos!
As questões apresentadas aqui são importantes para você
entender o contexto no qual o conceito de Competência* pode
ser utilizado. Infelizmente é comum escutarmos, no cotidiano
organizacional, uma pessoa sendo chamada de incompetente quan-
do algum resultado de trabalho não foi condizente com o espera-
do. Isso, de fato, pode até significar uma falta de Competência pro-
fissional para a realização de uma determinada atividade, mas não
significa que a pessoa é incompetente continuamente.
Vamos entender melhor o conceito de incompetente de acor-
do com o estudo de Peter e Hull (1969). Os autores afirmam que
todo mundo é, em algum momento, incompetente no contexto do
GLOSSÁRIO
*Competência \u2013
qualidade de quem é
capaz de apreciar e
resolver certo as-
sunto, fazer deter-
minada coisa; capa-
cidade, habilidade,
aptidão, idoneida-
de. Fonte: Ferreira
(2004).
Curso de Capacitação a Distância
20
trabalho. E isso é uma verdade. Mais cedo ou mais