A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
1 pág.
TRANSTORNO DEPRESSIVO PERSISTENTE

Pré-visualização | Página 1 de 1

Transtorno
depressivo
persistente
e
transtorno
distímico
Diz respeito a forma crônica da depressão, é muito
duradoura (pelo menos dois anos ininterruptos em
adultos e pelo menos um ano em crianças e adolescentes)
e pode ser de intensidade leve (distimia) ou de moderada a
grave. Geralmente começa na adolescência/início da vida
adulta e persiste por anos. 
Os sintomas depressivos mais importantes são: humor
deprimido e tristeza na maior parte do tempo. 
Vale ressaltar que o paciente deve apresentar pelo menos
dois dos seguintes sintomas: diminuição da autoestima,
fatigabilidade aumentada ou falta de energia, insônia ou
hipersonia, apetite diminuído ou aumentado, dificuldade
em tomar decisões ou em se concentrar e sentimentos de
desesperança. 
Além disso, na distimia, o mau humor crônico e a
irritabilidade são muito comuns.

Crie agora seu perfil grátis para visualizar sem restrições.