Logo Passei Direto

A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
19 pág.
Banco de questões com gabarito - Estudos epidemiológicos

Pré-visualização | Página 1 de 5

BANCO DE QUESTÕES
ESTUDOS EPIDEMIOLÓGICOS
1. Durante o ano de 1982, identificou-se cada criança nascida na cidade de Pelotas e procedeu-se a revisão dos registros dos nascimentos, com o objetivo de conhecer, entre outras variáveis, o peso do nascimento. As crianças foram classificadas em 2 grupos: Peso normal (>2500g) e baixo peso (<2500g), sendo seguidas por 1 ano. Ao final desse período, comparou-se a mortalidade infantil nos 2 grupos. Trata-se de um estudo:
a) Do tipo caso-controle, onde as crianças de baixo-peso são comparadas a crianças de peso normal.
b) Do tipo coorte, onde as crianças expostas (baixo-peso) foram comparadas a crianças não expostas (peso normal) quanto à mortalidade.
c) Do tipo caso-controle, onde as crianças expostas (baixo-peso) foram comparadas a crianças não expostas (peso normal) quanto à mortalidade.
d) Do tipo coorte no qual são investigados fatores de risco para baixo peso ao nascer.
e) NDA
2. Você descobre que foram realizados estudos de caso controle para determinar se o uso de telefone celular está associado ou não com o desenvolvimento de câncer de cérebro. Em um estudo, os pacientes com CA de cérebro e os controles (semelhantes aos casos só que sem doença) foram questionados acerca de seus hábitos de uso de telefone celular. O odds ratio estimado para pelo menos 100 horas de uso, comparado com nenhum uso ou uso pouco frequente foi de 1,0 para todos os tipos de tumores cerebrais combinados, com IC 95%, variando de 0,6 a 1,5. Com base nesses dados é possível afirmar que:
a) O uso de telefones celulares aumenta em 50% a incidência de tumores cerebrais.
b) A hipótese nula deve ser aceita.
c) O uso de celulares protege contra tumores cerebrais.
d) Tipos de tumores cerebrais específicos estão associados ao uso de telefone celular.
e) NDA.
3. Para examinar o possível papel de diabetes mellitus (DM) na etiologia do CA de pâncreas (CP), foram investigados 720 pacientes com diagnóstico recente de CP e 720 pacientes internados por outras doenças. Os participantes foram recrutados em três hospitais, durante um período de 2 anos. Entre os pacientes com CP 54 relataram história prévia de DM (há pelo menos dois anos antes da data de internação). Entre os pacientes com outras doenças, 50 referiram prévia de DM (também menos de dois anos antes da internação). Esse é um exemplo de:
a) Estudo de caso-controle
b) Estudo de coorte prospectiva
c) Estudo de coorte retrospectiva
d) Estudo transversal retrospectivo 
e) Estudo ecológico retrospectivo
4. Uma investigação foi desenvolvida com o objetivo de avaliar a eficácia de um novo antibiótico para a cura de amigdalite bacteriana de adultos (18-60 anos). Cem adultos nessa adultos nessa faixa etária (60 mulheres e 40 homens) e com diagnóstico de amigdalite bacteriana receberam o antibiótico. Após 5 dias, 83 indivíduos estavam assintomáticos. Os investigadores que conduziram o estudo concluíram que o novo medicamento era eficaz para a amigdalite bacteriana em adultos com 18 a 60 anos de idade. Esta conclusão é:
a) Incorreta por não ser aplicável a população geral.
b) Incorreta porque não se considerou a condição sócio-econômica.
c) Incorreta porque o estudo não inclui um grupo controle.
d) Incorreta porque para avaliar a eficácia de um novo medicamento é necessário realizar um estudo de coorte.
e) Correta para a população investigada.
5. Um estudo epidemiológico foi realizado para investigar possíveis fatores de risco ou de proteção para a Síndrome de Morte Súbita (SMS) em crianças com idade entre 28 dias e um ano de idade. Foram entrevistadas as mães de 191 crianças entre 28 dias e um ano de idade, cujo o atestado apontava essa causa de morte, assim como as mães de 301 crianças vivas na mesma faixa etária. Relataram a presença de um adulto dormindo no quarto da criança 68 mães das crianças falecidas com SMS e 159 mães de crianças vivas. Este estudo epidemiológico é um exemplo de:
a) Estudo transversal.
b) Ensaio clínico controlado.
c) Estudo caso-controle.
d) Estudo de coorte retrospectivo. 
e) Estudo de coorte prospectivo.
6. Na cidade “Y” realizou-se um estudo para investigar a associação entre o nível de colesterol sérico e doença isquêmica do coração (DIC). Foram estudados indivíduos do sexo masculino com idade entre 40-69 anos sem DIC no início do estudo (em 1989): 500 com colesterol elevado e 1500 indivíduos com colesterol normal. Entre esses 2000 indivíduos, examinados em 1989 e seguidos até 2004, foram diagnosticados 60 casos de DIC entre aqueles com colesterol elevado e 50 casos entre aqueles com colesterol normal. O estudo realizado foi tipo:
a) Estudo ecológico.
b) Estudo caso-controle.
c) Estudo transversal.
d) Ensaio clínico. 
e) Estudo de coorte.
7. Um estudo realizado em 5 países (Argentina, Brasil, Canadá, EUA e Guatemala) identificou que a maior quantidade de gramas de álcool per capita consumida associou-se com maior taxa de acidentes automobilísticos. A comparação entre a quantidade de gramas de álcool consumido e a taxa de acidentes em cada um dos cinco países permite classificar esse trabalho como um:
a) Estudo ecológico.
b) Estudo de coorte.
c) Estudo transversal.
d) Ensaio de casos e controles. 
e) Estudo de casos.
8. Em um estudo realizado numa indústria envolvendo todas as mulheres com idade entre 20 e 25 anos foram encontrados os seguintes resultados: entre as mulheres que utilizam anticoncepcional oral (ACO) a taxa de novos casos de câncer cervical foi de 5 por 100.000, e entre as que não utilizavam a taxa foi de 2 por 100.000. Tendo como base estes dados, pode-se afirmar que o ACO causa câncer cervical?
a) Sim, porque no grupo de mulheres que usavam ACO, a taxa de câncer foi maior.
b) Não, porque seria necessário ajustar as diferenças de idade entre as usuárias e não usuárias de ACO.
c) Não, porque os dois grupos podem diferir em outros fatores relevantes.
d) Não, porque não é possível distinguir casos incidentes e prevalentes.
e) Não, porque não se sabe quantas mulheres foram entrevistadas.
9. Um estudo transversal realizado em adultos residentes em Porto Alegre detectou uma prevalência de hipertensão de 18%, DM de 12% e alcoolismo de 22%. Estes dados são diversos daqueles descritos a partir de registros de prontuários hospitalares. Dentre as possíveis explicações para essas diferenças são apontadas as seguintes:
I) A população hospitalar não representa os indivíduos da população.
II) Estimativas baseadas em dados secundários não são fontes fidedignas.
III) O hospital geralmente concentra os casos de uma população não definida.
Quais são corretas?
a) I e II
b) I e III
c) II e III
d) I, II e III
e) NDA
10. Que medida de associação deve ser utilizada para avaliar a relação entre exposição e doença?
a) Risco relativo
b) Risco atribuível
c) Prevalência da doença
d) Incidência da doença entre os expostos
e) Mortalidade proporcional
11. O estudo de Framingham (MA, EUA) foi iniciado em 1949 com objetivo de identificar fatores associados com o risco de doença cardíaca coronariana (DCC). Uma amostra de 5.127 homens e mulheres vivendo nessa cidade do Massachusetts, EUA, com idade de 20 a 59 anos foi, então, examinada. Destes, 8 em cada 1.000 apresentavam-se com DCC. Que tipo de delineamento é esse?
a) Coorte prospectiva
b) Caso-controle
c) Coorte retrospectiva
d) Ecológico
e) NDA
12. A associação entre baixo peso ao nascer e mãe fumante durante a gravidez pode ser avaliada estudando-se a história do hábito de fumar da mãe no momento da consulta do pré-natal e correlacionando posteriormente com o peso ao nascer. Qual o delineamento mais adequado para estudar essa possível associação?
a) Ensaio clínico randomizado
b) Estudo transversal
c) Coorte
d) Caso-controle
e) NDA
13. Todas as informações abaixo sobre os estudos de coorte estão corretas, exceto:
a) Apresentam delineamento longitudinal
b) Os indivíduos são selecionados com base nas características presentes no início da condição a ser estudada
c) Podem ser prospectivos ou retrospectivos
d) São necessários para estimar a prevalência de doenças
Página12345