curso pr-tico de ms visual studio[1] net 2005
330 pág.

curso pr-tico de ms visual studio[1] net 2005

Disciplina:Tecnologias Web2.420 materiais7.003 seguidores
Pré-visualização35 páginas
Visual Studio.NET 2005

Este material não pode ser usado em treinamentos e em sala de aula.
http://www.mauriciojunior.org

Curso Prático Visual Studio.NET 2005

Este material não pode ser usado em treinamentos e em sala de aula.
http://www.mauriciojunior.org

Trabalhando com Session

Como trabalhar com Session dentro de uma aplicação do projeto com a

ferramenta Visual Studio.NET. Antes de tudo estarei falando de alguns

conceitos de session em uma aplicação web.

A session é muito usada em aplicação para controlar acesso, tipo ou

qualquer outra coisa. A session é criada por browser, isto é, cada vez que

abro o Internet Explorer ou Firefox ou Opera é aberta uma session para

controle. Cada vez que se inicia uma aplicação usando .net é aberta uma

sessão para o usuário.

A ilustração abaixo mostra como funciona.

Curso Prático Visual Studio.NET 2005

Este material não pode ser usado em treinamentos e em sala de aula.
http://www.mauriciojunior.org

Uma sessão ou session em uma aplicação é determinada ou controlada por

um tempo. Se o usuário ficar no browser parado por mais de alguns

minutos e depois for acessar novamente; a aplicação irá pedir novamente

que o usuário autentique no browser ou na aplicação. O tempo padrão de

uma sessão dentro de um browser é de 20 minutos, mas pode ser alterado

de acordo com a necessidade.

A CLR (common language runtime) gerencia a memória usando garbage

collection para a session. A garbage collection traça em um servidor

periodicamente através de referências entre objetos. Quando no tempo de

execução, (runtime), for encontrado um objeto longo que está sendo usado,

ele tira o objeto ou joga fora e recupera a memória.

Voltando com ilustração, depois que o usuário sair da aplicação ou do

browser o mesmo passar dentro de uma tag chamada Session_End. Isso

usando .NET. Veja a figura abaixo de ilustração.

Curso Prático Visual Studio.NET 2005

Este material não pode ser usado em treinamentos e em sala de aula.
http://www.mauriciojunior.org

Segue uma tabela de eventos de sessions e applications.

Tipo Explicação

Application_Start A primeira visita do usuário em uma aplicação.

Application_End Na saída da aplicação pelo usuário

Application_BeginRequest

No inicio o pedido de cada request do servidor.

Um request do servidor acontece toda vez que

o browser de alguém inicia ou entra na

aplicação.

Application_EndRequest
Fim do pedido de requet, ou seja, quando o

usuário sai da aplicação.

Session_Start Toda vez que um usuário entra na aplicação.

Session_End
Quando a sessão é terminada definida pela

aplicação ou o usuário sai da aplicação.

Demonstrarei como criar em uma aplicação .NET como mostrar quantos

usuários estão online no site. Para esse tipo de verificação é usado session.

Teste no seu site e veja o quanto é fácil trabalhar com session. Segue o

código:

Curso Prático Visual Studio.NET 2005

Este material não pode ser usado em treinamentos e em sala de aula.
http://www.mauriciojunior.org

Visual Basic .NET

Private Sub Button1_Click(ByVal sender As System.Object, _

 ByVal e As System.EventArgs) Handles Button1.Click

 ' Save the number of clicks in Session state.

 Session("Clicks") = Session("Clicks") + 1

 ' Display the number of clicks.

 Response.Write("Number of clicks: " & Session("Clicks"))

End Sub

Visual C#

// From Global.asax.cs

protected void Session_Start(Object sender, EventArgs e)

{

 // Initialize Clicks Session state variable.

 Session["Clicks"] = 0;

}

// From StateNEvents.asax.cs

private void Button1_Click(object sender, System.EventArgs e)

{

 // Increment click count.

 Session["Clicks"] = (int)Session["Clicks"] + 1;

 // Display the number of clicks.

 Response.Write("Number of clicks: " + Session["Clicks"] + "<br>");

}

Trabalhar com session’s é bem simples e fácil. Geralmente uma session é

usada ou ativada depois que usuário entra no sistema logando-se com

usuário e senha. Com isso, enquanto a sessão estiver ativa o mesmo

continua na aplicação, se ela expirar o mesmo será redirecionado para uma

página onde possa fazer o login.

Curso Prático Visual Studio.NET 2005

Este material não pode ser usado em treinamentos e em sala de aula.
http://www.mauriciojunior.org

Para criar uma session em C# (Sharp), basta digitar as seguintes linhas:

Session["Clicks"] = "valor";

Pode ser criado qualquer tipo de sessão que precisar em uma aplicação.

Para ler uma session basta fazer da seguinte forma:

Response.Write(Session["Clicks"].ToString());

Espero ter ajudado.

Livros publicados do autor:

Curso Prático Visual Studio.NET 2005

Este material não pode ser usado em treinamentos e em sala de aula.
http://www.mauriciojunior.org

Padrão de Codificação para .NET

C#.NET

 Estou disposto a colocar para vocês um documento de padrão para

codificação de sistemas e códigos. Dessa forma, se todos programarem de

uma mesma forma dentro de uma empresa ou sistema, o código será

entendido por qualquer pessoa no futuro que for executar alguma

modificação no sistema. Esse tipo de documento é ótimo para começar um

sistema por uma equipe, tudo se torna mais fácil e ágil programar.

Espero que possa ajudar a todos como me ajudou depois que fiz.

Outros artigos poderão ser encontrados no site abaixo:

Curso Prático Visual Studio.NET 2005

Este material não pode ser usado em treinamentos e em sala de aula.
http://www.mauriciojunior.org

INTRODUÇÃO

Este documento tem como objetivo elaborar uma padronização para o

desenvolvimento em C#, considerando os seguintes tópicos:

• Padronização de nomenclatura usada na programação de métodos,
objetos, variáveis e constantes. Além disso, trata como deverá ser feita a

documentação dentro do código.

PADRÕES DE DESENVOLVIMENTO C#

Endentação de código

Alguns trechos de código podem ficar muito extensos e você deverá encarar

o dilema de quebrar a linha.

• Quebrar a linha após uma vírgula;

• Quebrar a linha após um operador;

• Alinhar a nova linha no inicio da expressão no mesmo nível da linha

anterior.

Exemplo:

longMethodCall(expr1, expr2, expr3,

 expr4, expr5);

e

var = a * b / (c - g + f) +

 4 * z;

Curso Prático Visual Studio.NET 2005

Este material não pode ser usado em treinamentos e em sala de aula.
http://www.mauriciojunior.org

Outro fator importante é a utilização de espaços em branco para

endentação. Não use espaços em branco para endentação, use tabulação.

Motivos: Facilidade de incrementar e decrementar blocos de código através

de atalhos de teclas do editor de código.

Comentários

Utilizar as três barras “///” para comentários de classes e métodos. O

motivo é utilizar a funcionalidade do Visual Studio .NET de transformar

comentários em documentação de código. Entretanto, para comentários que

não necessitam ser publicados, seguem algumas sugestões:

O comentário é importante para você ou outra pessoa ser orientada sobre a

manutenção de um código fonte, tenha atenção à forma de destacar o

comentário. Por exemplo, comentários com mais de uma linha poderiam ser

assim:

/** Line 1

* Line 2

* Line 3

**/

Para comentários de uma linha somente, o comentário deve ser uma

espécie de marcador de loops ou não deve ser aplicado. A questão é que

como exposto em linhas anteriores, os comentários devem chamar a

atenção visando facilitar e direcionar a manutenção. Somente justifica-se

um comentário de uma linha quando você necessita marcar dentro de um

bloco de código o início de um nível de endentação ou loop. Exemplo:

//Verifica se somente uma string foi entrada

if(args.Length==1)

 Console.WriteLine(args[0]);

else

{

 ArgumentOutOfRangeException