revisaoav2 analise organizacional

Disciplina:ANÁLISE ESTATÍSTICA1.617 materiais19.703 seguidores
Pré-visualização3 páginas
*
*

ANÁLISE ORGANIZACIONAL – RAV 2 (SEMESTRAL)
PROFESSOR ANTONIO VIANA MATIAS
Rio de Janeiro, 2011

AULA 1 - ORIGENS DOS ESTUDOS DA ESTRUTURA ORGANIZACIONAL

	1) O desenho organizacional constitui uma das prioridades da administração, pois define como a organização irá funcionar e como seus recursos serão distribuídos e aplicados. O desenho organizacional contribui de quatro maneiras diferentes para organização: estrutura básica, mecanismos de operação, mecanismos de decisão e mecanismos de coordenação.
	O requisito mecanismo de operação corresponde a:
	a) regras e regulamentos
	b) divisão do trabalho e diferenciação
	c) centralização
	d) descentralização

AULA 1 - ORIGENS DOS ESTUDOS DA ESTRUTURA ORGANIZACIONAL

	2) A formalização refere-se à existência de regras e regulamentos para prescrever como, quando e por quem as tarefas serão executadas. A formalização pode ser feita por meio de:
	I – Cargo: o cargo é uma formalização que define as especificações relacionadas com a tarefa a executar.
	II – Fluxo de trabalho: por instruções e procedimentos detalhados sobre como executar as tarefas.
	III – Regras e regulamentos: desdobramento em níveis hierárquicos pela criação de vários escalões de autoridade.

AULA 1 - ORIGENS DOS ESTUDOS DA ESTRUTURA ORGANIZACIONAL

	Com base nas afirmações acima, podemos concluir:
	
	a) as afirmações I e II estão corretas
	b) as afirmações I e III estão corretas
	c) as afirmações II e III estão corretas
	d) as afirmações I, II e III estão corretas

AULA 1 - ORIGENS DOS ESTUDOS DA ESTRUTURA ORGANIZACIONAL
	3) A centralização refere-se a localização e a distribuição de autoridade para tomar decisões. Dentre as alternativas abaixo, identifique a que NÃO seja vantagem da centralização:
	a) As decisões são tomadas por administradores que têm uma visão global da empresa.
	b) As decisões são tomadas por administradores que estão mais próximos dos fatos.
	c) Tomadores de decisão situados no topo e geralmente mais bem treinados e preparados do que os que estão nos níveis mais baixos.
	d) Decisões são mais consistentes com os objetivos empresariais.

AULA 2 - DESENHO ORGANIZACIONAL

	1) Um dos requisitos que o desenho organizacional atende é o de desenvolver uma estrutura básica. O que é definido em um desenho organizacional como estrutura básica?
	
	a) O valor da remuneração dos cargos.
	b) Como será dividida a tarefa da empresa.
	c) A distribuição do espaço físico da empresa.
	d) As regras e regulamentos da empresa.

AULA 2 - DESENHO ORGANIZACIONAL
	2) A amplitude de controle ou amplitude administrativa em uma organização é influenciada por diversos fatores e está relacionada à unidade de comando. O que caracteriza a amplitude de controle da organização?
	a) O espaço físico necessário para as instalações da organização.
	b) A definição dos recursos tecnológicos necessários para cada área da organização.
	c) O numero de subordinados que cada administrador poderá supervisionar e conduzir.
	d) O estabelecimento das normas e procedimentos que os subordinados devem se submeter.

AULA 2 - DESENHO ORGANIZACIONAL
	3) O desenho Organizacional deve reunir quatro características principais: diferenciação, formalização, centralização e integração. A formalização pode ser elaborada por meio:
	a) da descentralização
	b) da centralização
	c) da diferenciação vertical
	d) de regras e regulamentos

AULAS 3 e 4 - TIPOS TRADICIONAIS DE ORGANIZAÇÕES
	1) A organização linear é a estrutura organizacional mais simples e antiga, baseia-se na autoridade linear que é uma decorrência do princípio da unidade de comando, entre as alternativas abaixo marque a que NÃO se refere a este tipo de autoridade:
	a) Baseia-se na unidade de comando pelo qual o superior tem autoridade única e exclusiva de seus subordinados.
	b) Na autoridade linear há uma dependência total do subordinado em relação ao chefe.
	c) A unidade de comando pertence a cada chefe na hierarquia da organização.
	d) Os subordinados na autoridade linear possuem autonomia por deterem conhecimento especializado.

	

AULAS 3 e 4 - TIPOS TRADICIONAIS DE ORGANIZAÇÕES
	2) A estrutura funcional é fundamentada na técnica da supervisão funcional, tendo sido planejada para implantar as idéias de Taylor e tem larga aplicação na base da organização, em que prevalece a especialização. A organização funcional traz vantagens, entre elas é possível apontar:
	a) Permite a melhor supervisão técnica possível com especialização em todos os níveis.
	b) A subordinação é direta, logo, os subordinados sabem a quem recorrer.
	c) Incentivo ao generalismo nos diversos órgãos e cargos da organização.
	d) Estabelece uma hierarquia de objetivos organizacionais, distinguindo aqueles que são prioritários.

AULAS 3 e 4 - TIPOS TRADICIONAIS DE ORGANIZAÇÕES
	3) A Organização Linear é a estrutura mais simples	 e antiga, baseada na autoridade linear. As desvantagens dessa estrutura são:
	I – a unidade de comando torna os chefes generalistas, o que pressupões a existência de chefes capazes de saber tudo;
	II – as comunicações entre as pessoas ou unidades são feitas unicamente por meio das linhas existentes no organograma, denominadas canais de comunicação;
	III – pode tornar autocrática pela centralização do poder.
	Com base nas afirmações acima, podemos concluir:
	a) somente as afirmações I e II são verdadeiras
	b) somente as afirmações I e III são verdadeiras
	c) somente as afirmações II e III são verdadeiras
	d) somente a afirmativa I é verdadeira.

AULAS 3 e 4 - TIPOS TRADICIONAIS DE ORGANIZAÇÕES
	4) A estrutura linha e assessoria, segue as características básicas da estrutura linear, distinguindo-se desta pela existência de órgão de staff junto aos gerentes de linha. Entre as alternativas apresentadas qual pode ser apontada como característica da organização linha-staff:
	a) Fusão da estrutura linear com a estrutura funcional.
	b) Linhas formais de comunicação.
	c) Centralização das decisões.
	d) Autoridade linear, baseada em comando único.

AULAS 3 e 4 - TIPOS TRADICIONAIS DE ORGANIZAÇÕES
	5) Na estrutura linear ou militar, prevalece a hierarquia e a subordinação do indivíduo a um único chefe. Esse tipo de subordinação chama-se:
	
	a) supervisão funcional.
	b) unidade de comando.
	c) unidade de direção.
	d) divisão do trabalho.

AULAS 3 e 4 - TIPOS TRADICIONAIS DE ORGANIZAÇÕES
	6) Uma das críticas mais comuns à adoção do tipo de estrutura funcional é que esta afeta negativamente o principio da:
	
	a) divisão do trabalho.
	b) coordenação.
	c) unidade de comando.
	d) amplitude de controle.

AULAS 3 e 4 - TIPOS TRADICIONAIS DE ORGANIZAÇÕES
	7) A Estrutura matricial é uma estrutura dual funcional e de produto ou projeto que combina esforços de especialização e coordenação e é utilizada com sucesso em situações de complexidade. Ainda que aglutine vantagens e neutralize desvantagens ela apresenta limitações.
	Seriam limitações da estrutura matricial, exceto:
	a) Capacidade de responder a complexidade dos negócios e lidar com as novas tecnologias disponíveis.
	b) Violação da unidade de comando introduzindo conflitos por duplicidade de supervisão.
	c) Alteração de cadeia de comando para garantir a coordenação entre os órgãos.
	d) Enfraquecimento de coordenação vertical e fortalecimento de coordenação lateral.

AULAS 5, 6 e 7 – DESENHO DEPARTAMENTAL
	1) Geralmente, é um critério utilizado na estruturação de uma empresa, quando esta tem a divisão do seu trabalho baseada num tipo ou uma sequência de operações. Estamos nos referindo ao critério de departamentalização por:
	a) função
	b) território
	c) produto
	d) processo

AULAS 5, 6 e 7 – DESENHO DEPARTAMENTAL
	2) Qual o tipo de departamentalização mais indicado para circunstâncias estáveis e de pouca mudança e que requeiram desempenho constantes de tarefas rotineiras?

	a) por produtos
	b) por projetos
	c) por funções
	d) por processos

AULAS 5, 6 e 7 – DESENHO DEPARTAMENTAL
	3) Para que os empregados de sua empresa colaborem e trabalhem juntos em diversos projetos,