WL-P & R-04-Direito Constitucional-08-O Poder Judiciário - O Ministério Público-003
2 pág.

WL-P & R-04-Direito Constitucional-08-O Poder Judiciário - O Ministério Público-003

Disciplina:Direito Constitucional I5.159 materiais356.249 seguidores
Pré-visualização2 páginas
Wa ldec k Le mos
Pergunt as & Res posta s
Discip lina:
Direito Cons titucional
Fo lha:
1 d e 2
Perg untas & Respostas/WLAJ/DP
QUESTÕE S
Fonte: CRETELLA JUNIOR, J . e CRET ELLA NETO, J. - 1.000 Pergun tas e Resp ostas de Di rei to
Consti tucion al – Edit ora Forense Jurídica (Grupo GEN).
CAPÍTUL O 08 - O PODER JUDICIÁRIO - O MINISTÉRIO PÚBLICO
01) Qual a dif erença ent re "juiz substi tuto" e "substitut o de jui z"?
R.: Jui z substituto é aquele que es se inici ando na Magistratura, e que não goza, ainda, da garant i a da
v i talici edade (art. 95, I) , isto é, poderá perder o cargo por deci são do Trib unal ao qual estiv er v i nculado; substitut o
de jui z é j uiz titul ar, que substitui outro j uiz, na me sma ou em outra Com arca, ao qual é assegurada a garantia da
v i talici edade, i sto é, some nt e perderá o cargo após sentença judicial condenatóri a transit ada em julgado.
02) Quando poderá ser criado Órgão Especial em qualquer trib unal?
R.: A CF dispõe que, nos tribu nais com número superior a 25 julgadores, será permiti da (e não obrigat ória) a
criação de Órgão Especial , com o míni mo de 11 e o máxim o de 25 mem bros, para o ex ercíc io das at ribuições
administrati v as e jurisdicionais da com petência do tribunal pleno.
03) Quais as v edações im postas aos juízes, como f orm a de garantir a i mp ar cialidade dos órgãos judiciários?
R.: As v edações i m postas aos juí zes são: a) o ex er cício, ainda que em disponibili dade, de outro cargo ou f unção,
sal v o uma de m agistério; b) o recebim ento, a qualquer tít ulo ou pretexto, de c ustas ou partici pação e m processo; e
c) a dedicação à ativ i dade polít ico-partidária (ar t. 95, parágrafo único).
04) Quais as garant ias instit ucionai s asseguradas ao Poder Judici ário?
R.: As garanti as institucionais asseguradas ao Poder Judiciári o são de 2 ti pos: a) aut onomi a orgâni co-
administrati v a (por exem plo, os t ribunais podem eleger seus órgãos di retiv os e el aborar seu s regim entos internos,
art. 96, I, a); e b) autonom i a f inanceira (os tribunais podem elaborar propostas para seu próprio orçame nto, art. 99,
§ 1.º).
05) Quais são os órgãos do Poder Judici ário encarregados de ex ercer a função jurisdicion al ?
R.: Compõem a ordem judic iária do Brasil , segundo o art. 92 da C F, os seguintes ór gãos do P oder Judi ciário,
encarregados de exercer a fu nção jurisdicional: a) S upremo T ribunal Federal - STF; b) Superior Tribunal de Justiça
- ST J; c) Tribunais Regionais F ederai s - T RF's e Juízes Federais; d) T ribunais e Juízes do Trabalho; e) Tri buna is e
Juízes Eleitorais; f ) T ribunais e Juízes Mil itares; e g) Tri bunais de Justiça - TJ's e Juízes dos Estados e do Di st rit o
Federal (Justiça Comum).
06) Quais as atribuições do STF?
R.: Ao S TF cabe, preci puamente, a guarda da Constitui ção, isto é, de m anter o respei to à Carta Magna e sua
unidade substancial em todo o país, além de encabeçar o Poder Judiciá rio, i nclusiv e em causas sem conot ação
const itucional; o art. 102 da CF esti pula sua competência para: a) processar e julgar originari ament e (isto é, com o
fo ro único e def i niti v o) as questões relac ionada s no i nciso I, letras a até q; b) julgar, em recu rso ordi nári o
const itucional, em única ou últim a inst ância, as causas relac ionadas no inciso II, letr as a e b; e c) ju lgar, em
recurso ex traordi nário, as causas decididas em única ou últ im a inst ânci a, nas h ipótese s rel acionadas no i nciso II I,
a, b e c.
07) Qual a estrutura funcional do STF ?
R.: Os órgãos do STF o o Pl enário, as Turm as, e o President e; a com petênci a de seu s órgãos, o ano judic iário,
o regulame nto dos proc essos, o j ulgamento dos f eit os que l he são atrib uí dos pela CF e a disciplina de seus
serv os, estabelecidos pelo Regim ento Interno do S upremo Tri bunal Federal - RISTF que contém 369 arti gos, e
entrou em v i gor em 01.12.1980.
08) Qual a composi ção do STF?
R.: De acordo c om a CF, art. 101 e seu parágraf o único, compõe-se o STF de 11 Ministros, escolhidos dentre os
cidadãos brasil eiros nat os (art. 12, § 3.º, IV) com m ais de 35 e m enos de 6 5 anos de i dade, de notáv el saber
jurídico e reputação ili bada; as Turm as são c ompostas por 5 Mini stros, e o Ministro m ais anti go, integ rante d a
Turm a, é seu Presidente (art. 4.º, caput e § 1.º do RI STF). São nomeados pel o Presidente da Repúbl ic a, depoi s de
aprovada a escol ha pel a mai oria absol uta do Senado Federal.
Wa ldec k Le mos
Pergunt as & Res posta s
Discip lina:
Direito Con stitucional
Fo lha:
2 d e 2
Perg untas & Respostas/WLAJ /DP
09) O STF é o único órgão comp etente para apreci ar m atéria const ituci onal?
R.: Não. O sistema de co ntr ol e da const ituc ionalidade n o Brasil é di f uso, i sto é, pode ser ex ercido por v ia d ireta,
junto ao STF, ou por v i a indireta, m ediante exceção, perante qualquer j uiz competente, desde que o j ulgam ento da
causa dependa de norma que contrarie a Const itui ção.
10) Todas as atrib ui ções do STF env ol v em m atéria de j urisdi ção const itucional?
Não. Dentre a s com petênci as outorgadas ao S TF, nas seguintes situações (art. 102, I, h e n), não ocorre m atéri a
env olv endo jurisdição constitucional: a) homol ogação d e sentenças estrangei ras; b) concessão de exequatur às
cartas rogatóri as; e c ) ação em que t odos os m embros da Magistratura sejam diretament e i nter essados, e aquel a
em que m ais da metade dos mem bros d o trib unal de ori gem estejam im pedidos ou sej am direta o u i ndi ret amente
interessados, quandoo susci tar probl emas const itucionais (quando i sso ocorrer, ex ercerá o STF jurisdição
const ituc ional).
==XXX==