prova_p1_ElePot_2012_2
5 pág.

prova_p1_ElePot_2012_2

Disciplina:eletrÔnica de potÊncia305 materiais23.912 seguidores
Pré-visualização1 página
1ª Prova - Eletrônica de Potência 1
Prof. Luís Fernando C. Monteiro

Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (PUC-Rio)
Centro Técnico Científico
Departamento de Engenharia Elétrica

1ª Prova - Eletrônica de Potência
Questão 1

Com base no circuito abaixo, determine o valor do indutor (L) de modo que a corrente iS
tenha valor máximo de 300 A. Para esta questão, considere a tensão da alimentação
vS = 180∙sin(t), com freqüência de 50 Hz, tensão do lado CC (vCC) igual a 75 V e o tiristor T1
dispara em t = 30º.

iS

vS vCCT1 L
+

-

Questão 2

Considere um retificador parcialmente controlador, com o tiristor T2 disparado em
t = 210º, alimentando uma resistência (Rcarga) com valor igual a 10 . Com base neste
circuito, descreva o seu funcionamento e determine as potências tanto do lado CA quanto do
lado CC. A tensão de alimentação (vS) tem a sua forma de onda ilustrada ao lado do circuito.

iS

vS
vCC

D1 T2

D3D4

Rcarga

iCC

100

-100
2

t

vs(t)



Questão 3

Para o conversor CA/CC monofásico, parcialmente controlado, esboce as formas de onda
tanto da corrente iS quanto da tensão vCC. Esta análise é feita para duas condições diferentes,
onde na primeira o ângulo de disparo () é igual a 30º e, na segunda,  é igual a 120º.
Considere ainda que estes ângulos estão referenciados para o tiristor T1, com os tiristores T2 e
T4 operando com ângulos de disparo defasados em 180º. Para cada uma das condições esboce
as formas de onda tanto da corrente iS quanto da tensão vCC, considerando o efeito da
comutação. Na seqüência, apenas a segunda condição, demonstre como os ângulos de
comutação podem ser determinados.

1ª Prova - Eletrônica de Potência 2
Prof. Luís Fernando C. Monteiro

iS

vS
vCC

ICC

T1 T2

D3T4

LS

Questão 4

Considere o retificador trifásico com o lado CC composto por uma fonte de corrente
constante. Considere a tensão do lado CA va (t) sendo v(t) = 180∙sin(t), com as tensões
vbn (t) e vcn (t) defasadas de 120º e 240º, respectivamente. O conversor opera com ângulo
de disparo igual a 130 , referenciado para o tiristor T1. Nestas condições esboce as formas de
onda tanto da corrente ia quanto da tensão vCC, faça a decomposição harmônica da corrente ia
e calcule o seu THD (desconsidere o efeito o indutor LS). Na seqüência, considere a indutância
do lado CA (LS = 0.002 H) e a corrente do lado CC (ICC) igual a 20 A. Neste caso descreva o
circuito equivalente durante a comutação envolvendo os tiristores T2, T3, T4, determine o
ângulo de comutação e calcule o valor médio da tensão do lado CC (vCC).

T1

T2

T3 T5

T6T4

ia
van

vbn

vcn

ib

ic

a LS

LS

LS

b

c

a’

b’

c’

vcc
Icc

1ª Prova - Eletrônica de Potência 3
Prof. Luís Fernando C. Monteiro

Anexo I – Formas de Onda das Tensões Simples e
Compostas

1ª Prova - Eletrônica de Potência 4
Prof. Luís Fernando C. Monteiro

1ª Prova - Eletrônica de Potência 5
Prof. Luís Fernando C. Monteiro

BOA PROVA!!!