_CANCER DE MAMA

_CANCER DE MAMA


DisciplinaFisioterapia10.190 materiais33.290 seguidores
Pré-visualização2 páginas
Massagem no tratamento da paciente mastectomizada
		A atuação fisioterapêutica no linfedema pós tratamento cirúrgico de câncer de mama, consiste de drenagem linfática manual, seguida de compressão seqüencial com equipamentos, enfaixamento compressivo, malhas de compressão e exercícios.
		A massagem faz dilatar os canais tissulares, favorece a formação de neoanastomoses linfáticas, estimula o trabalho dos capilares linfáticos, estimula o trabalho dos capilares linfáticos e a motricidade do linfagion, além de promover o relaxamento e/ou diminuição da densidade do tecido conjuntivo alterado.
*
*
*
		Guirro et al, 2002, concluíram que a drenagem linfática manual isolada não é eficaz em linfedemas. Os melhores resultados foram observados com a associação da massagem á bandagem compressiva.
		A abordagem compressiva é parte essencial da terapia física do linfedema, sempre associada à massagem de drenagem linfática, cuja a finalidade é manter o membro superior com o menor volume possível.
*
*
*
Reconstrução mamária
		Sabe-se que a mastectomia acarreta conseqüências funcionais, cosméticas e psicológicas. A utilização de próteses após a cirurgia se faz necessária na medida em que a retirada completa da mama acarreta desvios posturais por alterara a simetria corpórea.
		Da mesma forma, o tipo de reconstrução varia de acordo com as estruturas envolvidas, sendo que as diferentes técnicas visam a reparação do cone mamário isolado ou associado às demais estruturas torácicas.
*
*
*
A reconstrução mamária pode ser considerada desde que a probabilidade de recorrência seja desprezível, sendo desaconselhável nos seguintes casos:
Se a paciente estiver em tratamento quimioterápico ou radioterápico
Possibilidade de distúrbios cicatriciais;
O cãncer for progressivo, possibilidade de metástases;
Patologias associadas (hipertensão, obesidade, diabetes, etc.);
*
*
*
		A cirurgia plástica reconstrutora atua de forma complementar na deformidade produzida pelo tratamento do Câncer.
*
*
*
		O objetivo do tratamento na doença avançada é atingir a remissão (fazer com que não se detecte mais doença novamente) ou reduzir a velocidade de crescimento do tumor. O câncer de mama metastático não é considerado curável e o paciente e a equipe multidisciplinar devem procurar um equilíbrio para o tratamento da doença e uma boa qualidade de vida. Deve ser ressaltado que algumas mulheres vivem vários anos após a recorrência e podem ser submetidas a muitos tipos de tratamentos diferentes, mantendo a qualidade de vida.