Caderno de FIlosofia e Ética
23 pág.

Caderno de FIlosofia e Ética

Disciplina:Ética e Responsabilidade Social4.296 materiais73.031 seguidores
Pré-visualização7 páginas
JULIO CESAR DE SOUZA
Cabo Frio, 21 de agosto e 2011.

CADERNO DE FILOSOFIA E ÉTICA

Aula 1: O conceito de ética e a definição de Filosofia

Quando pensamos em como nos comportar diante de situações que envolvam e afetem nossos
semelhantes, deparamo-nos, em princípio, com normas que guiam nossas ações para a
realização do que é verdadeiro, digno e correto.

Circunstâncias especiais podem nos levar a rever uma promessa (quando vivemos uma situação
de desespero, por exemplo), ocultar a traição de alguém conhecido (quando ela é o único meio
de sobrevivência de quem a cometeu, por exemplo), ou omitir informações (não revelarmos a um
conhecido seu estado terminal de saúde, por exemplo). A esta reflexão que nos leva a decidir que
juízos ou ponderações devem nos orientar numa situação e a justificarmos a decisão tomada,
chamamos reflexão ética.

Começando a entender o que é ética
Para Aristóteles (384 a.C–322 a.C), “toda ação humana está orientada para a realização de algum
bem, ao qual estão unidos o prazer e a felicidade” (apud BOHADANA, SKLAR:2007,226). Mas
o que Aristóteles tem a ver com ética?

Ética – modo de ser, costumes ou hábitos adquiridos pelo homem.
Aristóteles tornou ética uma disciplina autônoma no domínio da filosofia moral

Ética e moral
Ao longo da História da Filosofia, a Ética, englobando o conceito de realidade moral, chega à
seguinte definição: “ciência que se ocupa dos objetos morais em todas as suas formas, a filosofia
moral” (cf. FERRATER MORA:1965,595). Mas o que é moral?

Moral distingue-se do que é investigado no campo ético, na medida em que “este último domínio
se ocupa de uma moral ligada aos fatos, incorporando valores aceitos pelos homens ao se
interrelacionarem socialmente” (SKLAR:2008). Seguindo este sentido, Sánchez Vázquez (2002,
23) define a ética como “teoria ou ciência do comportamento moral dos homens em sociedade”.

Para Lalande (1999,705), a conceituação de moral abrange:
(a) os costumes, ou “regras de conduta admitidas numa sociedade determinada”, sendo a
observação e constatação de seu conjunto e os juízos sobre os mesmos o que se entende por
“realidade moral”;
(b) o “estudo filosófico do bem e do mal”;
(c) o “conjunto das regras de conduta admitidas numa época ou por um grupo de homens”;
(d) o “conjunto das regras de conduta tidas como incondicionalmente válidas”.

Para Sánchez Vázquez (2002, 84), “a moral é um sistema de normas, princípios e valores,
segundo o qual são regulamentadas as relações mútuas entre os indivíduos ou entre estes e a
comunidade, de tal maneira que estas normas, dotadas de um caráter histórico e social, sejam
acatadas livre e conscientemente, por uma convicção íntima, e não de uma maneira mecânica,
externa ou impessoal”.

- 1 -

JULIO CESAR DE SOUZA
(Continuação do Caderno de Filosofia e Ética.................................................................................)

A filosofia resultou do estabelecimento de uma organização política, econômica e administrativa
que marcou a civilização grega: a pólis (cidade-Estado). Discussões em assembléias, no lugar do
poder em torno da realeza que dominou o período homérico, tornaram-se, então, necessárias,
gerando o ideal de cidadania: a participação pública do cidadão nos destinos da cidade. Em
formas acessíveis à inteligência, uma ordem humana estabelecia seus alicerces.

--------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Forum Temático I
Escolha dois dos tópicos abaixo e elabore, de forma resumida e com suas próprias palavras, dois
comentários, um para cada tópico escolhido. Coloque os dois comentários na mesma postagem.

a. Identificar os conceitos de ética e filosofia;
b. Reconhecer as características que compõem o campo ético, aprofundando o que diferencia a
ética da moral;
c. Identificar o que faz a ética ser concebida como um conhecimento científico sobre a moral.

R - A) Ética – modo de ser, costumes ou hábitos adquiridos pelo homem, Aristóteles a tornou
uma disciplina autônoma no domínio da filosofia moral. Filosofia - modo de pensar racional
sobre os fatos e vai além das suas aparências.

 B) Moral distingue-se do que é investigado no campo ético, na medida em que “este último
domínio se ocupa de uma moral ligada aos fatos, incorporando valores aceitos pelos homens ao
se interrelacionarem socialmente” (SKLAR:2008)

Fórum de Integração.
--------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
Cabo Frio, 22 de agosto de 2011.

Aula 2: Ética: a ciência da moral

Antigamente, os comercias de cigarro, associavam a imagem do produto aos sentimentos de
liberdade, sucesso, riqueza, beleza etc. Hoje você já sabe que é proibida a veiculação de anúncios
de cigarro na televisão. Tal decisão corresponde a uma reflexão ética colocada em prática.

O estabelecimento de valores e princípios para um comportamento, ou normas gerais de ação,
sugere a reflexão sobre as características do campo ético. Seu sentido não se reduz, no entanto, à
idéia de que toda ação moral contenha princípios e valores, orientando-nos a agir de uma certa
maneira.

Ética e moral: quem é quem?
A posição da mulher em algumas sociedades ainda é tratada de acordo com normas e costumes
ditos “ultrapassados”, e sua posição é de inferioridade em relação ao homem. Mas por que isso
acontece? Por que ainda existe esse comportamento se hoje em dia já sabemos que as mulheres
estão em condições de igualdade em relação ao homem? Por que o Brasil é tão diferente de
outros países em relação à mulher na sociedade?

A ética não é localizada em um determinado momento da história e da humanidade, mas sim é

- 2 -

JULIO CESAR DE SOUZA
(Continuação do Caderno de Filosofia e Ética.................................................................................)

atemporal, considerada na sua totalidade, diversidade e variedade: “A ética (...) toma como ponto
de partida a diversidade de morais no tempo, com seus respectivos valores, princípios e
normas. Como teoria, não se identifica com os princípios e normas de nenhuma moral em
particular e tampouco pode adotar uma atitude indiferente (...) diante delas. Juntamente
com a explicação de suas diferenças, deve investigar o princípio que permita compreendê-las
no seu movimento e (...) desenvolvimento” (Sánchez Vázquez, 2002:21-2).

Ética: a ciência da moral
Não se identificando com princípios morais, mas não sendo indiferente a eles, o campo ético,
conduzindo à compreensão racional de aspectos efetivos, reais, das atitudes humanas, não se
confunde com a moral propriamente dita. Esta compõe-se de normas ou regras de
comportamento, não sendo a ética responsável pelo estabelecimento das mesmas em sociedade.

Reação moral e comportamento ético... Encerrando o caso

MORAL - sistema de normas, princípios e valores que regula o comportamento individual e
social dos homens. O domínio moral abrange valores que têm o poder de regular, em qualquer
momento da história, as ações dos homens em sociedade.

ÉTICA - explica e investiga uma determinada realidade ao formular conceitos sobre a mesma,
para que possamos decidir como devemos nos orientar numa situação e justificarmos a decisão
tomada

O sujeito moral age bem ou mal na medida em que acata ou transgride a fixidez de normas,
princípios ou valores morais. Já a ética, em síntese, ocupa-se com a reflexão social
(circunstancial) desencadeada pelos seres humanos, a respeito das noções e princípios que
fundamentam a vida moral.

E é justo este poder reflexivo que transforma a ética em conhecimento científico sobre a moral,
por abranger as seguintes dimensões:

a) psicológica (referida à Psicologia, ciência do comportamento);
b) sociológica (ligada à Sociologia, ciência das leis que regem o desenvolvimento e

estrutura das sociedades humanas);
c)