Direito Penal - 2008-Bimestre - 3-4 Bimestres
53 pág.

Direito Penal - 2008-Bimestre - 3-4 Bimestres


DisciplinaDireito Penal I56.806 materiais958.154 seguidores
Pré-visualização24 páginas
Possui 3 estágios:
Sentenciado fica recluso na cela por período determinado.
Passa a trabalhar em comum com os outros sentenciados, em silêncio, ficando isolado à noite.
Fase do Livramento Condicional.
Nosso Código Penal e a Lei de Execução Penal (LEP), adotaram o sistema progressivo com modificações.
Lei de Execução Penal (LEP)
Lei 7.210, de 11 de julho de 1.984, instituiu no Brasil, a Lei da Execução Penal (LEP).
Objetivo: efetivar as disposições de sentença criminal e proporcional condições para a integração social do condenado \u2013 art. 1º - LEP \ufffd.
Regula a Execução das Penas e das Medidas de Segurança.
A LEP trata:
Da classificação das penas;
Da assistência material, à saúde, jurídica, educacional, social e religiosa;
Do trabalho, que será remunerado;
Dos deveres e direitos (alimentação suficiente, atribuição de trabalho e sua remuneração, previdência social e pecúlio);
Da Remição: o condenado que cumpre pena em regime fechado ou semi-aberto poderá reunir, pelo trabalho, parte do tempo de execução da sanção;
Do cumprimento das penas restritivas de direitos;
Da suspensão condicional da pena;
Da sanção pecuniária;
Das medidas de segurança.
\ufffd
PONTO III - DAS PENAS PRIVATIVAS DE LIBERDADE
Art. 33, Caput e §§ 1º e 2º - CP \ufffd
RECLUSÃO
	R
E
C
L
U
S
Ã
0
	Regime fechado
Pena: mais de 8 anos \u2013 art. 34 \u2013 CP \ufffd
	Estabelecimento segurança máxima
Estabelecimento segurança média
	
	Regime semi-aberto
Não reincidente \u2013 art. 35 \u2013 CP \ufffd
Pena: mais de 4 anos e igual ou menor de 8 anos
	Colônia agrícola
Colônia industrial
Estabelecimento similar
	
	Regime aberto
Não reincidente \u2013 art. 36 \u2013 CP \ufffd
Pena: igual ou menos de 4 anos
	Casa de Albergado
Estabelecimento adequado
DETENÇÃO
	Detenção
	Regime semi-aberto (salvo regressão)
Regime aberto
	
\ufffd
Determinação da espécie do regime (Art. 33, § 3º \ufffd, cc Art. 59, III, CP + Art. 111 \u2013 LEP \ufffd - condenação por mais de um crime)
Juiz na sentença condenatória \u2013 observada a regra do Art. 59, III \u2013 CP \ufffd. 
Forma progressiva de execução da pena.
Art. 33, §2º - CP 49 \u2013 Mérito do condenado.
Critérios para início de cumprimento: Pena de Reclusão e Pena de Detenção
	Pena
	+ 8 anos ( regime fechado
+ 4 anos até 8 anos e não reincidente ( regime semi-aberto
= ou menos de 4 anos e não reincidente ( regime aberto
Observação: Pena de sentença ( + 4 anos ( sempre regime semi-aberto
Detração Penal \u2013 Art. 42 \u2013 CP \ufffd.
Ex.: Condenado 4 anos e 2 meses de reclusão, já esteve preso provisoriamente 3 meses ( descontados das penas, ficam 3 a 11 meses: regime inicial = aberto.
Reincidente \u2013 (alíneas \u201cb\u201d e \u201cc\u201d do § 2º do Art. 33 \u2013 CP 49).
Art. 63 e 64 \u2013 CP \ufffd.
Reincidente ( regime fechado.
Regime fechado para crimes de detenção.
Pode o regime de cumprimento da pena de detenção ser no regime fechado?
Art. 118, I \u2013 LEP \ufffd \u2013 inicia no regime semi-aberto e comete falta grave (Art. 50 \u2013 LEP \ufffd) \u2013 regride para fechado.
Formas de progressão - Art. 33, § 2º - CP \ufffd - forma progressiva c.c. o Art. 112, Caput e § 1º - LEP \ufffd (exceção Art. 33, § 4º - CP 56)
Requisitos: Art. 112, caput e §1° - LEP 61
Parecer do Ministério Público.
O juiz está vinculado a estes pareceres para a progressão? Obviamente, não.
Cumprimento 1/6 da pena no regime anterior.
Lei nº 11.464, de 28 de março de 2007 ( nova regra da progressão nos crimes da Lei 8.082/90 ( anotar no código, caso hipotético de progressão.
Ex.: Réu condenado: 12 anos de reclusão \u2013 início ( regime fechado. Cumpre 1/6 (2 anos) \u2013 progride no regime. Para progredir ao regime aberto, deverá cumprir mais 2 anos ou 1/6 da pena restante (10 anos?) \u2013 cumprimento da pena extingue a punibilidade.
Progressão por salto: saída do regime fechado para o regime aberto, sem passar pelo regime semi-aberto. Decisões contrárias STJ x decisões favoráveis STF.
Regimes Penitenciários (Art. 33, \u201cCaput\u201d \u2013 CP 56)
Os regimes penitenciários são: fechado, semi-aberto e aberto.
Regime fechado: Art. 34 - CP \ufffd
Local - Art. 33, § 1º, \u201ca\u201d 56- está em segurança máxima ou média.
Requisitos da Penitenciária \u2013 Arts. 87/90 \u2013 LEP \ufffd.
Trabalho no período diurno e isolamento no período noturno (Art. 34, §§ 1º e 2º - CP 61 e Art. 31 \u2013 LEP \ufffd).
Trabalho externo \u2013 Art. 34, § 3º - CP 61 e Art. 36 \u2013 LEP \ufffd.
Trabalho obrigatório \u2013 Art. 31 \u2013 LEP 63.
Recusa ao trabalho \u2013 art. 50, VI \u2013 LEP \ufffd\u2013 falta grave.
Regime fechado não regride \u2013 outras sanções \u2013 Art. 53 \u2013 LEP \ufffd.
Regime semi-aberto: Art. 33, § 1º, \u201cs\u201d - CP \ufffd
Trabalho - Art. 35, §§ 1º e 2º \ufffd.
§ 2º - Curso Primário?
§ 1º - Estabelecimento adequado \u2013 se não houver?
STJ \u2013 HC 178/90; RHC 3.304/94 \u2013 Prisão domiciliar.
Regressão ( Art. 118 \u2013 LEP \ufffd.
Regime aberto: Art. 33, § 1º - CP 64
Regras - Art. 36 - CP \ufffd.
Requisitos - Art. 114 - LEP \ufffd.
Local de cumprimento \u2013 Casa do Albergado - Art. 33, § 1º, \u201cc\u201d - CP 64.
Art. 117 - LEP \ufffd - proíbe recolhimento em residência particular, exceto os incisos I, II e III. Solução? Corrente majoritária recolhimento em casa. Outras: recolhimento em cela especial, sala especial em delegacia de polícia.
Perda do regime aberto - Art. 118 - LEP 66 e Art. 36 \u2013 CP 67.
Regime especial - Art. 37 - CP \ufffd.
Direitos e Trabalho do Preso (Arts. 38/39 - CP \ufffd e Art. 41, I \ufffd a Art. 43 - LEP \ufffd)
Inciso X, Art. 41 - LEP 72 \u2013 visita íntima.
Resolução nº 1, 30/3/99 \u2013 Conselho Nacional de Política Criminal e Penitenciária.
Remição = resgate \u2013 através do trabalho o preso pode remir parte da pena. A cada três dias de trabalho pode remir um dia de pena.
Arts. 126 e 130 - LEP \ufffd
Fechado e semi-aberto.
Falta grave \u2013 Art. 50 - LEP \ufffd - perde o tempo remido - Art. 127 - LEP \ufffd
Superveniência de Doença Mental - (Art. 41 - CP 72 e Art. 183 - LEP \ufffd)
Art. 41 \u2013 CP 72 e Art. 183 \u2013 LEP 77.
Não se confunde com Medida de Segurança (esta se aplica aos inimputáveis e semi-imputáveis).
A superveniência significa que o sujeito comete o crime em estado de consciência perfeita, e após entrar no regime penitenciário desenvolve a doença mental. Deve ser internado e após alta, volta a cumprir a pena. 
O tempo de internação conta como pena cumprida.
Regime Disciplinar Diferenciado (RDD) - (Art. 52, Caput e § 2º - LEP \ufffd)
Art. 52 e §§ 78: Preso provisório ou condenado \u2013 \u201cCaput, § 2º - hipóteses de ida para RDD\u201d.
Detração Penal \u2013 \u201cabater o crédito de\u201d - (Art. 42. 1ª parte - CP \ufffd)
Art. 42, 1ª parte \u2013 CP 95: Prisão provisória: flagrante; preventiva, temporária, administrativa etc..
Administrativa - Art. 319 \u2013 CPP \ufffd (revogada).
O tempo de prisão provisória é abatida do tempo imposto pela juiz do processo, cumprindo o sentenciado, o que restar do abatimento.
\ufffd
PONTO IV - DAS PENAS RESTRITIVAS DE DIREITO
Generalidades
Autônomas e Substitutivas.
Espécies - Art. 43 \u2013 CP \ufffd e Art. 44, incisos I a III \u2013 CP \ufffd
Tempo de duração: Art. 45 \u2013 CP \ufffd
Exceção: Art. 46, §4º - CP 99.
 Impossibilidade de Conversão: reincidente em crime doloso - Art. 44, II \u2013 CP 98 (reincidência específica \u2013 Ex.: roubo e roubo; não específico: roubo e furto).
Não há impedimento para conversão:
Dois delitos culposos,
Anterioridade culposo e posterior doloso,
Anterior doloso e posterior culposo,
Art. 44, §3º - CP 98\u2013 o contrário senso.
Portanto, para a substituição a pena não pode ser superior a quatro anos.
Não pode ser o crime cometido com violência ou grave ameaça e não pode ser reincidente em crime doloso específico.
Substituição em Espécies - Art. 45, § 1º e 2º \u2013 CP 99
Prestação Pecuniária
Não é pena de multa \u2013 Art. 49 \u2013 CP \ufffd.
Falecimento do condenado \u2013 Art. 5º, XLV \u2013 CF \ufffd?
Execução da pena \u2013 Art. 164 \u2013 LEP \ufffd.
Prestação inominada: §2º, Art. 45 \u2013 CP 99. O sujeito tem a pena privativa de liberdade substituída por uma restritiva de direito na modalidade prestação pecuniária. Ocorrendo acordo com a vítima, ao invés de efetuar o pagamento em dinheiro, pode fazer por outra espécie. Ex.: a prestação pecuniária é fixada em R$ 500,00 (quinhentos reais). Não querendo pagar, propõe um acordo com a vítima, por exemplo, em fazer um serviço de encanador, ou de pedreiro na casa da vítima. Se a vítima aceitar, estará fechada a prestação inominada.