A Existência de Deus
20 pág.

A Existência de Deus


DisciplinaFilosofia da Educação10.807 materiais305.266 seguidores
Pré-visualização1 página
CURSO DE LETRAS 
FILOSOFIA DA EDUCAÇÃO 
SÃO TOMÁS DE AQUINO 
 
 Alessandra Ribeiro Ferreira 
Joyce Kelly Fernandez Pita 
Lutiene Alves Rangel dos Santos Pinheiro 
Maria de Fátima Soares Bezerra 
Mariana Moura Rigues 
Rosemary Moysés Coutinho 
 
AS \u201cCINCO VIAS\u201d 
DA 
EXISTÊNCIA DE 
DEUS 
São Tomás de Aquino foi um importante teólogo, filósofo e 
padre dominicano do século XIII. Foi declarado santo pelo 
Papa João XXII em 18 de julho de 1323. 
Aquino é considerado um dos principais representantes da 
Escolástica - linha filosófica medieval de base cristã que 
realizou a síntese (união) entre a filosofia (razão) e a teologia 
(fé) . Foi o fundador da Escola Tomista de Filosofia e Teologia. 
 
Tomás de Aquino buscou utilizar a filosofia grecolatina 
clássica (principalmente de Aristóteles) para 
compreender a revelação religiosa do cristianismo. 
 
* Sente-se logo a influência de Aristóteles sobre Tomás 
de Aquino pela novidade da valorização do 
conhecimento natural (razão) em face da fé. 
 
PRIMEIRO ARTIGO: 
\u201cSe a existência de Deus é autoevidente\u201d. 
* PRIMEIRO ARGUMENTO: Consiste em entender o 
conhecimento autoevidente como inato, natural ao homem. 
* SEGUNDO ARGUMENTO: A existência de Deus no 
intelecto, seu entendimento, acarreta portanto 
a existência de Deus na realidade. 
* TERCEIRO ARGUMENTO: Baseia-se na noção de que a 
existência da verdade é autoevidente, já que é impossível 
negar a verdade, pois aquele que a nega supõe que sua 
negação seja verdadeira. 
SEGUNDO ARTIGO: 
\u201cSe a existência de Deus pode ser demonstrada\u201d. 
 
PRIMEIRO ARGUMENTO: Afirma que a existência de Deus não 
pode ser demonstrada uma vez que é um artigo de fé. 
 
SEGUNDO ARGUMENTO: A fé pressupõe a razão. Logo, não 
se pode demonstrar que Deus existe, pois sua essência não 
pode ser conhecida sendo pressuposta na demonstração. 
 
TERCEIRO ARGUMENTO: Só se pode demonstrar a existência 
de Deus por seus efeitos, sendo: 
 
a)Demonstrada a partir da causa; 
b)Demonstrada a partir dos efeitos para a causa. 
 
TERCEIRO ARTIGO: 
As \u201ccinco vias\u201d da demonstração da existência de Deus 
Primeira Via 
Argumento do Movimento: 
Deus é entendido como o primeiro motor. 
 
 
 
Segunda Via 
Causa Eficiente: 
Deus é a primeira causa eficiente. 
 
 
 
 
Terceira Via 
 
 Argumento Cosmológico: Deus é o primeiro ser, 
origem de toda a necessidade. 
 
 
Quarta Via 
O Grau Existente nas Coisas: 
Deus é o Ser perfeito, que tem o máximo de realização 
de atributos ou qualidades. 
 
 
Quinta Via 
Argumento Teleológico: 
Deus é a finalidade ou causa final. 
 
 
REFERÊNCIA: 
MARCONDES, Danilo. Iniciação à história da filosofia. Dos pré-
socráticos a Wittgenstein. Rio de Janeiro: Zahar, 2006.