FIB - REVIS- ¦ÃO AV1 2008.1l

FIB - REVIS- ¦ÃO AV1 2008.1l

Disciplina:Refino de Petróleo90 materiais371 seguidores
Pré-visualização4 páginas
Clique para editar o estilo do subtítulo mestre
*
*
*
Clique para editar o estilo do título mestre

GESTÃO PARA A INDÚSTRIA PETROQUÍMICA
Disciplina:

 Industria do Petróleo e Petroquímica

*
*
*

GESTÃO PARA A INDÚSTRIA PETROQUÍMICA
OBJETIVO

Proporcionar aos participantes um embasamento e nivelamento sobre a Indústria do Petróleo e Petroquímica no mundo e no Brasil.

Apresentar o mercado de petroquímicos no mundo e a participação do Brasil.

Trabalhar as noções sobre produção, transporte, refino, comercialização e distribuição de petroquímicos, preparando os discentes para as disciplinas específicas de curso.

*
*
*

GESTÃO PARA A INDÚSTRIA PETROQUÍMICA
EMENTA

A Indústria do Petróleo e Petroquímica no Mundo.

Noções básicas sobre a cadeia de suprimento dessa indústria.

Mercado de petróleo e petroquímicos no mundo.

A Indústria de Petróleo e Petroquímica no Brasil.

Noções básicas sobre produtos e mercados com ênfase aos petroquímicos e seus derivados.

*
*
*

GESTÃO PARA A INDÚSTRIA PETROQUÍMICA
O PETRÓLEO

 O petróleo é considerado uma fonte de energia não renovável, de origem fóssil e é matéria prima da indústria petrolífera e petroquímica.

 O petróleo é um produto de grande importância mundial, principalmente em nossa atualidade. É difícil determinar alguma coisa que não dependa direta ou indiretamente do petróleo.

*
*
*

GESTÃO PARA A INDÚSTRIA PETROQUÍMICA
O PETRÓLEO

 Os solventes, óleos combustíveis, gasolina, óleo diesel, querosene, gasolina de aviação, lubrificantes, asfalto, plástico entre outros são os principais produtos obtidos a partir do petróleo.

 Sendo assim, ao longo dos anos, o petróleo veio ganhando destaque determinante na economia mundial, contribuindo de maneira direta com o desenvolvimento tecnológico, social e humano, sendo o alvo inclusive do surgimento de diversos conflitos.

*
*
*

GESTÃO PARA A INDÚSTRIA PETROQUÍMICA
O PETRÓLEO

Existem relatos da existência e utilização do petróleo que remontam à antiguidade:

Torre da Babel;
Arca de Noé;
Embalsamamento de mortos Egípicios ilustres;
Pavimentação de estradas dos incas;
Aglutinante de tijolos pelos sumérios;
Fins bélicos por gregos e romanos.

*
*
*

GESTÃO PARA A INDÚSTRIA PETROQUÍMICA
O PETRÓLEO

 Em 1850, na Escócia, deu-se início ao desenvolvimento do processo de refinamento, mas o grande marco da história veio mesmo em 1859, onde foi dado início à exploração comercial nos EUA, quando em apenas 05 anos já existiam 543 empresas registradas neste país para exploração e produção do “ouro negro”.

 Esta explosão comercial justifica-se pela enorme demanda. Para começar, as principais matérias primas da época para energia eram óleo de baleia bem como velas de cera, carvão e alcatrão.

*
*
*

GESTÃO PARA A INDÚSTRIA PETROQUÍMICA
O PETRÓLEO

 O uso do querosene obtido com a destilação, bem mais barato, revolucionou a sociedade.

 E em 1887, com a invenção dos motores à gasolina e à diesel, sedimentou de vez o uso de petróleo como matriz energética.

 A necessidade de produzir cada vez mais levou ao rápido desenvolvimento de novas técnicas de produção, quando em 1900 no Texas, chegasse à marca de exploração de petróleo à 354 metros de profundidade.

*
*
*

GESTÃO PARA A INDÚSTRIA PETROQUÍMICA
O PETRÓLEO
 A exploração de poços cada vez mais profundos, conduziram os EUA como maior produtor mundial até 1945, visto que outros países também avançavam em escala no aumento de sua produção.

 Vale ressaltar que a supremacia americana como maior produtor mundial se deveu, em parte, à atuação do empresário John Rockfeller que, de modo arrojado, conduziu os seus negócios tendo sempre em vista a expansão de suas atividades, aperfeiçoando produtos, investindo em tecnologia, construindo novas refinarias e abrindo novos mercados.

*
*
*

GESTÃO PARA A INDÚSTRIA PETROQUÍMICA
O PETRÓLEO

 Entre 1920 e 1930 este empresário americano viu a sua Standard Oil liderar o grupo que ficou conhecido como “as sete irmãs”: Exxon, Móbil, Chevron, Texaco, Gulf, British Petroleum, Shell.

 Em 1928, a Venezuela passou a ocupar o segundo lugar entre os produtores de petróleo, seguida pelo México, Rússia, Irã e Iraque.

 Durante a segunda guerra mundial, a demanda por petróleo e derivados atingiu proporções gigantescas. Contudo, no pós guerra a procura continuou a se intensificar.

*
*
*

GESTÃO PARA A INDÚSTRIA PETROQUÍMICA
O PETRÓLEO

 Em 1950, o Oriente médio tem um desenvolvimento notável em sua produção, seguidos de registros no norte da África, Canadá, e Nigéria, No entanto, os EUA continuam detendo metade da produção mundial, condição ameaçada pelos novos pólos surgentes. Neste
 período começam as experiências de exploração no mar.

 A década de 60 é mercada por dois fatos:
 Consumo desenfreado em virtude do excesso de produção e consequente diminuição de preços;
 Fundação da OPEP, por iniciativa da Arábia Saudita, Irã, Iraque, e Kwuait, os maiores produtores do Oriente Médio (mais tarde outros países aderiram à organização).

*
*
*

GESTÃO PARA A INDÚSTRIA PETROQUÍMICA
O PETRÓLEO

 Em 1972, houve a primeira crise do setor, quando um grupo de cientista de Roma alertou o mundo para um possível déficit que poderia acontecer em uma década e que as reservas de petróleo conhecidas estariam esgotadas em 50 anos caso o consumo continuasse naquela velocidade.

 Isto foi o suficiente para a OPEP reduzir sua produção e triplicar os preços do óleo cru.

*
*
*

GESTÃO PARA A INDÚSTRIA PETROQUÍMICA
O PETRÓLEO

 Neste cenário, grandes descobertas em regiões antes inviáveis economicamente, conduziram outros países à investir neste seguimento, passando a lugar de destaque, ensejado inclusive o aprimoramento de novas técnicas.

*
*
*

GESTÃO PARA A INDÚSTRIA PETROQUÍMICA
O PETRÓLEO

 Em 1979, outra crise mundial abalou o mercado, em detrimento da revolução islâmica no Irã, um dos maiores exportadores de Petróleo. Esta crise política levou o preço do barril de petróleo ao equivalente à U$80,00. Seguindo tendência de baixa até 1986, estabilizando-se entre U$20,00 e U$30,00.

*
*
*

GESTÃO PARA A INDÚSTRIA PETROQUÍMICA
UM POUCO DE HISTÓRIA NO BRASIL

 Modernamente, a história do petróleo no Brasil é dividida em fases distintas, iniciando no século passado (1858), até a flexibilização do monopólio, marcada pelo advento da lei n° 9.478 de 06 de agosto de 1997.

 Sobre este assunto, a turma deverá ser dividida em equipes para realização de debates em sala de aula e entrega e trabalho escrito.

*
*
*

GESTÃO PARA A INDÚSTRIA PETROQUÍMICA
A ORIGEM DO PETRÓLEO

 O petróleo tem origem a partir da decomposição da matéria orgânica resultante de restos de animais e plantas juntamente com rochas sedimentares, que após longo tempo sofrendo ações bacterianas e químicas, ativadas pelo aumento de pressão, acabam por se transformar em hidrocarbonetos.

 M.O. + Rochas sedimentares + pressão + temperatura = Hidrocarbonetos

*
*
*

GESTÃO PARA A INDÚSTRIA PETROQUÍMICA
A ORIGEM DO PETRÓLEO

 Os ambientes que inibem a permeabilidade da água e a quantidade de oxigênio existente, contribuem com as condições ideais para a formação do petróleo.

 A Rocha que permite estas condições é conhecida como “Rocha Geradora”

*
*
*

GESTÃO PARA A INDÚSTRIA PETROQUÍMICA
A ORIGEM DO PETRÓLEO

 Após o processo de formação é necessário que o óleo migre para alguma “armadilha geológica”, que é outra rocha porosa e permeável, chamada de “Rocha Reservatório”, até encontrar uma rocha selante (impermeável), que permita que o óleo ali se confine. (sem este confinamento não seria possível a formação do petróleo)

*
*
*

GESTÃO PARA A INDÚSTRIA PETROQUÍMICA

*
*
*

GESTÃO PARA A INDÚSTRIA PETROQUÍMICA
POÇOS DE PETRÓLEO

 A tecnologia envolvendo a perfuração de poços se desenvolveu bastante nos últimos anos, permitindo o alcance de profundidades antes inimagináveis, acima de 6000 m de profundidade.

 A perfuração