aula_7
10 pág.

aula_7


DisciplinaDireito Penal I56.806 materiais958.167 seguidores
Pré-visualização1 página
DIREITO PENAL I
SEMANA 4 AULA 7
 SEMANA 04.
TEORIA DA NORMA JURÍDICO-PENAL
SEMANA 4 AULA 7
\u25baOBJETIVOS DA SEMANA DE AULA.
\u2022 Conhecer o plano de aula.
\u2022 Compreender a relevância da subsunção das normas
 penais aos preceitos constitucionais.
\u2022 Reconhecer e diferenciar a norma jurídico-penal, suas
 características, espécies e interpretação consoante os
 preceitos constitucionais.
SEMANA 4 AULA 7
\u25cf Diferenciar os institutos de interpretação e integração da
 norma penal e, consequente, distinção entre Interpretação
 Analógica e Analogia consoante os princípios norteadores
 de Direito Penal.
\u25cf Identificar a necessidade de criação de normas penais do
 mandato em branco para a tutela de determinados bens
 jurídicos.
\u25cf Solucionar as situações nas quais haja conflito aparente de
 normas, em conformidade com os princípios da
 especialidade, subsidiariedade e consunção aplicáveis para
 fins de responsabilização penal.
SEMANA 4 AULA 7
EMENTA
1. Teoria da Norma Penal.
2. Classificação da Norma Penal.
3. Interpretação da Lei Penal.
4. Interpretação e Integração.
5. Norma Penal do Mandato em Branco \u2013 confronto
 com o Princípio da Legalidade.
6. Conflito aparente de normas
SEMANA 4 AULA 7
CONTEÚDO
1. Teoria da Norma Penal.
1.1. A Norma Jurídico\u2013 Penal.
 Segundo Binding, não há que se
 confundir \u201clei\u201d e \u201cnorma\u201d. A norma
 caracterizaria um imperativo
primário, enquanto a lei contém uma
 mera proposição autorizadora da
 imposição de sanção penal.
SEMANA 4 AULA 7
Deve-se reconhecer que a lei é fonte formal da norma penal,
 sendo esta conteúdo da lei.
Ou seja, a lei penal pode conter uma norma de característica
 proibitiva, permissiva, explicativa ou complementar.
(BITENCOURT, Roberto Bitencourt. Tratado de Direito Penal.
 Parte Geral. 16.ed. São Paulo: Saraiva, 2011, pp.157)
SEMANA 4 AULA 7
1.2. Características da lei penal.
\u25cf Descritiva.
\u25cf Exclusiva e taxativa.
\u25cf Imperativa.
\u25cf Geral e Impessoal.
 \u201c A Lei é descritiva, logo a quem cabe o comando
proibitivo ? \u201d
SEMANA 4 AULA 7
2. Classificação
 2.1 Incriminadoras
 2.2 Não Incriminadoras
Normas permissivas e Normas Explicativas
 Normas permissivas são aquelas que tornam lícito o que,
normalmente é ilícito (BITENCOURT, Roberto Cezar, op.cit. pp.160)
ao passo que, explicativas são aquelas que explicam o conteúdo de
outras.
 Há normas não incriminadoras previstas na Parte
Código Penal e na Legislação Penal Especial.
Especial do
SEMANA 4 AULA 7
3. Interpretação da Lei Penal.
3.1. Finalidade.
 \u201cAtividade que consiste em extrair da norma penal seu exato alcance e real
 significado\u201d (CAPEZ, Fernando. Curso de Direito Penal. Parte Geral. 14 ed.
 São Paulo: Saraiva, 2010. pp.52)
3.2. Espécies.
\u25cf Quanto ao sujeito que a elabora.
\u25cf Quanto aos meios empregados.
\u25cf Quanto ao resultado.
SEMANA 4 AULA 7