Gabarito da Lista de Exercícios 03
12 pág.

Gabarito da Lista de Exercícios 03

Disciplina:Teoria Microeconomica III101 materiais287 seguidores
Pré-visualização3 páginas
o resultado do jogo naquele
instante for (s1,t1) então continuaremos em um estado de cooperação ao iniciar o
período seguinte. Se, ao iniciar um período o estado é de punição e o resultado do
jogo naquele instante for (s2,t2) então passaremos para um estado de cooperação ao
iniciar o período seguinte.
Assim, o jogador 1 deve jogar s1 no estado de cooperação e jogar s2 no estado de
punição.
A caracterização de um estado para um período t fica definida pelo estado no
período anterior e pelo resultado no jogo para um período t.
Precisamos avaliar 4 possibilidades:
s1 é a melhor resposta do jog. 1 se ao iniciar um período o estado é de cooperação
s2 é a melhor resposta do jog. 1 se ao iniciar um período o estado é de punição
t1 é a melhor resposta do jog. 2 se ao iniciar um período o estado é de cooperação
t2 é a melhor resposta do jog. 2 se ao iniciar um período o estado é de punição
Vamos fixar a estratégia do jogador 2 e verificar se 1 tem interesse em se desviar

Estado cooperação
Manter a estratégia assegura => 5/(1-q)
Desviar uma única vez => 6 +q.0+5q2+5q3+5q4+5q5+5q6 = 6 + 5q2/(1-q )
Manter estratégia é melhor que desviar uma única vez se
=>5/(1-q) ≥ 6 + 5q2/(1-q) => q ≥ 1/5=> EN

Nesse caso (iii) desviar uma única vez é de fato o “melhor” desvio. Mas para fixar
conceitos vamos comparar o que se ganha seguindo a estratégia e o que se ganha
desviando sempre:
Desviar sempre (s2) => 6 +q.0+6q2+0q3+6q4+0q5+6q6 = 6/(1-q2 ) +0.q/(1-q2 )
Manter estratégia é melhor que jogar sempre s2 se
=>5/(1-q ) ≥ 6/(1-q2 ) +0.q/(1-q2) => q ≥ 1/5 => EN

Estado punição
Manter a estratégia assegura => 0 + 5q+5q2+5q3+5q4+5q5=5q/(1-q)
 Desviar uma única vez => -1 +q.0+5q2+5q3+5q4+5q5+5q6 = -1 + 5q/(1-q)
Manter estratégia é melhor que desviar 1 única vez => q ≥0
OBS: Desviar sempre ( s1) => -1 -1q-1q2-1q3-1q4-1q5-1q6 = -1/(1-q)
Manter estratégia é melhor que jogar sempre s1=> q ≥0

Vamos fixar a estratégia do jogador 1 e verificar se 2 tem interesse em se desviar

Estado cooperação
Manter a estratégia assegura => 5/(1-q)
 Desviar uma única vez => -2 -q.3+5q2+5q3+5q4+5q5+5q6 = -2- 2q + 5q2/(1-q )
Manter estratégia é melhor que desviar uma única vez se
q ≥ 0 => EN

Estado punição
Manter a estratégia assegura => -3 + 5q+5q2+5q3+5q4+5q5=5q/(1-q)
Desviar 1 única vez => -1 -q.3+5q2+5q3+5q4+5q5+5q6 = -1 –3q + 5q2/(1-q)
Manter estratégia é melhor que desviar 1 única vez => q ≥1/4
OBS: Desviar sempre ( t1) => -1 -1q-1q2-1q3-1q4-1q5-1q6 = -1/(1-q)
Manter estratégia é melhor que jogar sempre s1=> q ≥1/4
Note que nesse caso os jogadores não desviam em nenhuma circunstância desde que
a taxa de desconto seja maior que as taxas de desconto que garantem que os

jogadores queiram seguir suas estratégias, ou seja, se q ≥1/4 temos de fato um
ENPS.

12) Na verdade, o interessante em relação a esse estudo de caso é que após a introdução da
nova política de preços por parte das empresas se constatou um aumento de preços nesse
mercado. Como políticas que aparentemente beneficiavam os compradores levaram a tal
situação? O ponto é que essas políticas de fato favoreceram a formação de um acordo
implícito (situação de cartel) entre as empresas: com preços públicos se torna mais fácil
observar desvios do acordo implícito, viabilizando assim possíveis punições (lembre da
teoria de jogos repetidos que sustentar conluio requer ameaça de punição e para punir o
desviante é preciso algum grau de observação sobre o desvio); da mesma forma, estender
descontos a outros compradores é simplesmente uma forma de aumentar o custo da
concessão de qualquer desconto, o que contribui para sustentar preços mais elevados.
Percebendo essa situação de conluio, o governo norte-americano interviu sobre a política de
preços dessas empresas.