28 pág.

Hemorragia e Hiperemia

Disciplina:Patologia Geral2.931 materiais157.342 seguidores
Pré-visualização1 página
*

HEMORRAGIA

*

H E M O R R A G I A
 CONCEITO
 CAUSAS:
	- TRAUMATISMOS
	- INTOXICAÇÕES
	- HIPOVITAMINOSES
	- HEMOFILIAS
	- HEPATOPATIAS
	

*

	- HIPERTENSÃO INTRAVASCULAR

	- DEFICIÊNCIAS DOS FATORES DE COAGULAÇÃO

	- EXCESSO DE ANTICOAGULANTE

	- TOXINAS

	- AGENTES INFECCIOSOS

*

 CLASSIFICAÇÃO

	- EXTERNAS ou INTERNAS
	- REXE
	- RUPTURA, EROSÃO ou DIAPEDESE
	- PETÉQUIAS
	- PÚRPURAS
	- HEMATOMA
	- APOPLEXIA

*

*

NOMENCLATURA DAS HEMORRAGIAS

EPISTAXE = hemorragia nas fossas nasais

EQUIMOSE = sg em pequenos focos

HEMARTROSE = sg nas articulações

HEMATÊMESE = vômito de sangue

*

HEMOPERITÔNIO = sg na cavidade 						 peritoneal

HEMOPTISE = expectoração de sangue

HEMOTÓRAX = sg na cavidade pleural

MELENA	 = sg eliminado nas fezes

*

MENSTRUAÇÃO = sangramento uterino 		 cíclico e fisiológico da mulher

METRORRAGIA = sangramento uterino 		 irregular entre os ciclos

OTORRAGIA = sg pelo conduto auditivo 						 externo

SUFUSÃO = sangramento plano, difuso e 				 externo em mucosas

*

MENORRAGIA = menstruação prolongada 	 				em intervalos regulares
HEMATÚRIA = sg na urina

HEMOPERICÁRDIO = sg na cavidade 						 pericárdica

*

 EVOLUÇÃO lise
				 fagocitose
					 absorção
				 	

 CONSEQÜÊNCIAS

	

*

*

*

*

*

*

HIPEREMIA

*

*

*

H I P E R E M I A

 CONCEITO

 CLASSIFICAÇÃO:

	- HIPEREMIA ATIVA

	- HIPEREMIA PASSIVA

*

HIPEREMIA ATIVA
OCORRE QUANDO A VASODILATAÇÃO ARTERIAL OU ARTERIOLAR CAUSA UM AUMENTO DO FLUXO SG NOS LEITOS CAPILARES

*

HIPEREMIA ATIVA FISIOLÓGICA
 QUANDO HÁ MODIFICAÇÕES CIRCULATÓRIAS ADAPTATIVAS À MAIOR EXIGÊNCIA FUNCIONAL EM DETERMINADOS ÓRGÃOS OU LOCAIS DO ORGANISMO

*

HIPEREMIA ATIVA PATOLÓGICA
AO LONGO DE VÁRIOS PROCESSOS MÓRBIDOS

*

CONSEQUÊNCIAS DA
 HIPEREMIA ATIVA

			 - EDEMA

			 - HEMORRAGIA

*

HIPEREMIA PASSIVA
 DECORRE DA DIMINUIÇÃO
 DA DRENAGEM VENOSA

*

*

HIPEREMIA PASSIVA
LOCALIZADA

CAUSADA POR FATORES QUE DIFICULTAM O RETORNO VENOSO

*

HIPEREMIA PASSIVA
GENERALIZADA
 RESULTA DO AUMENTO SISTÊMICO DA PRESSÃO
 VENOSA

*

CONSEQUÊNCIAS DA
 HIPEREMIA PASSIVA
			 - EDEMA
			 - DEGENERAÇÃO
			 - NECROSE
			 - TROMBOSE
			 - VARIZES
			 - HIPOTROFIAS
			 - HEMORRAGIA