Programa_EAE120_Ciências Sociais
5 pág.

Programa_EAE120_Ciências Sociais


DisciplinaIntrodução Às Ciências Sociais415 materiais1.661 seguidores
Pré-visualização1 página
\ufffdPAGE \ufffd
\ufffdPAGE \ufffd2\ufffd
UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO
FACULDADE DE ECONOMIA, ADMINISTRAÇÃO E CONTABILIDADE
DEPARTAMENTO DE ECONOMIA
EAE-120
INTRODUÇÃO ÀS CIÊNCIAS SOCIAIS
Ricardo Abramovay
Professor Titular
2º Semestre de 2010. Turma 22, noturno
http://abramovay.pro.br/ - abramov@usp.br 
Secretária: Adriana \u2013 30 91 58 70/5823 \u2013 amiranda@fipe.com.br
Pasta: 139
I. Objetivos
O curso pretende colocar o estudante em contato com alguns dos mais importantes fundamentos das ciências sociais. A pergunta central que norteia o trabalho é: de que maneira os diferentes pensadores encaram o tema básico da coesão social ? A resposta a esta questão se organiza em torno de dois eixos básicos:
Como se organiza a inserção da economia na sociedade? O curso aborda as três vertentes mais importantes neste sentido: i) a sociedade mantém-se coesa pelo poder e pelo contrato; ii) a coesão origina-se nas relações de mercado; iii) a coesão deriva da cultura.
Como se organiza a inserção da sociedade nos ecossistemas? Este é um tema cada vez mais importante para as ciências sociais contemporâneas. Ele será abordado ao final do curso.
Estas duas dimensões (a inserção da economia na sociedade e a inserção da sociedade nos ecossistemas) serão abordadas à luz da história do pensamento social e, sobretudo da relação entre a economia e as outras ciências do homem e da sociedade.
II. Método de trabalho
Cada semana do curso é dedicada a um item que se apóia sobre um texto. Serão colocadas na página do curso, antecipadamente, questões que servem como auxílio para as leituras. Os alunos devem trazer estas questões respondidas para a sala de aula (não necessariamente por escrito) e serão escolhidos aleatoriamente aqueles que vão responder às perguntas distribuídas com antecedência. As respostas são dadas oralmente e com base nelas tem lugar uma discussão na classe. Metade da aula é dedicada a discutir as perguntas formuladas e a outra metade à exposição preparada pelo professor. Serão chamados ao curso alguns conferencistas abordando temas contemporâneos que vão enriquecer a visão a respeito do alcance e dos limites das ciências sociais na formulação dos problemas atuais e no desenho de suas soluções.
III. Avaliação: 
a) A avaliação será feita com base em três provas, de peso igual.
b) O aluno sorteado para responder às perguntas previamente distribuídas e que não o fizer perderá meio ponto na prova correspondente àquela parte da matéria. Cada aluno poderá ser escolhido para responder às perguntas mais de uma vez.
IV. Atendimento aos alunos:
Pode ser marcado com antecedência por e-mail.
V. Programa
Aula 1: 2ª feira, dia 2/08
Apresentação do curso.
A. A COESÃO PELO PODER
Maquiavel
Aula 2: 4ª feira 4/08
SADEK, Maria Tereza (1989) \u2013 \u201cNicolau Maquiavel: o cidadão sem fortuna, o intelectual de virtù\u201d \u2013 in \u2013 WEFFORT, Francisco C., org. (1989) - Os clássicos da política - vol. 1 \u2013 pp. 11-50 Ed. Ática, São Paulo \u2013 TEXTO 1
Aula 3: 2ª feira 9/08
BERLIN, Isahiah (1972/2002) \u2014 \u201cA originalidade de Maquiavel\u201d in Estudos sobre a humanidade \u2013 Cia. das Letras, São Paulo \u2013 TEXTO 2
Anexos (Erudito) textos de José Arthur Giannotti e Renato Janine Ribeiro
Aula 4: 4ª feira 11/08 
Maquiavel Continuação
Hobbes
Aula 5: 2ª feira 16/08 
RIBEIRO, Renato Janine (1989) \u2013 \u201cHobbes: o medo e a esperança\u201d - in - WEFFORT, Francisco C., org. (1989) - Os clássicos da política - vol. 1 \u2013 pp. 51- 78 Ed. Ática, São Paulo \u2013 TEXTO 3
LEVINE, Donald N. (1997), Visões da tradição sociológica. Rio de Janeiro, Jorge Zahar.\u2011 TEXTO 4
Aula 6: 4ª feira 18/08 
Aula especial com Maurício Voivodic, do IMAFLORA: Mercados e certificação socioambiental.
Aulas 7: 2ª feira 23/08
Hobbes, conclusão.
B. A COESÃO PELO MERCADO
Locke
Aulas 8 e 9: 4ª feira 25/08 e 2ª feira 30/08
MELLO, Leonel Itaussu Almeida (1989) \u2013 \u201cJohn Locke e o individualismo liberal\u201d \u2013 in - WEFFORT, Francisco C., org. (1989) - Os clássicos da política - vol. 1 \u2013 pp. 79-110Ed. Ática, São Paulo \u2011 TEXTO 5
DUMONT, Louis (1977) \u2013 Homo Aequalis \u2013 Edusc \u2013 TEXTO 6
LEVINE, Donald N. (1997), Visões da tradição sociológica. Rio de Janeiro, Jorge Zahar.\u2011 TEXTO 4
Mill
Aulas 10 e 11 : 4ª feira 1º/09 e 2ª feira 13/09
BALBACHEVSKY, Elizabeth \u2011 \u201cStuart Mill: liberdade e representação\u201d in \u2011 in - WEFFORT, Francisco C., org. (1989) - Os clássicos da política - vol. 2 Ed. Ática, São Paulo \u2013 TEXTO 7
VALADÃO DE MATTOS, Laura (1998) Economia Política e Mudança Social. A filosofia econômica de John Stuart Mill. Edusp/FAPESP \u2013 pp,. 69-86 \u2013 TEXTO 8
Marx
Aulas 12, 13, 14 e 15: 4ª feira 15/09, 2ª feira 20/09 e 4ª feira 22/09 e 2ª feira 27/09
MARX, Karl (1863/1989) \u2013 O Capital \u2013 Crítica da Economia Política \u2013 Ed. Abril Cultural \u2013 Os Economistas \u2013 pp. 45 a 54 (Capítulo I A mercadoria. Itens 1, 2 e duas páginas do item 3); pp. 70 a 85 (capítulo I: O caráter fetichista da mercadoria e seu segredo e capítulo II, O Processo de Troca); e pp. 125 a 145 (Transformação do dinheiro em capital, capítulo IV). TEXTO 9.
Aula 16: 4ª feira 29/09 \u2013 
1ª Prova
C. A COESÃO PELA CULTURA
WEBER
Aulas 17, 18 e 19: 2ª feira 4/10, 4ª feira 6/10 e 4ª feira 13/10
WEBER, Max (1927/1989) A ética protestante e o espírito do capitalismo Biblioteca Pioneira de Ciências Sociais. Pp. 1 a 51 (Introdução à sociologia da religião; capítulos 1 e 2) e pp.110-132 (capítulo V) TEXTO 10 
Aula 20: 2ª feira 18/10 
Aula com o Dr. Reginaldo Magalhães
MAGALHÃES Reginaldo e Ricardo Abramovay - \u201cA formação de um mercado de microfinanças no sertão da Bahia\u201d. Revista Brasileira de Ciências Sociais. 22 nº. 63 fevereiro. Pp. 107-119. http://www.econ.fea.usp.br/abramovay/artigos_cientificos/2007/a_formacao_de_um_mercado_microfinancas_ba.pdf
DURKHEIM
Aulas 21 e 22: 4ª feira 20/10 e 2ª feira 25/10
DURKHEIM, Émile (1895/1987) As regras do método sociológico Cia Ed. Nacional até p. 40 (Prefácio às duas primeiras edições, capítulos 1 e 2). TEXTO 11
ABRAMOVAY, Ricardo (2002) \u201cDesenvolvimento e instituições: a importância da explicação histórica\u201d in - ARBIX, Glauco, ZILBOVICIUS, Mauro e ABRAMOVAY, Ricardo \u2013 Razões e ficções do desenvolvimento \u2013 UNESP/EDUSP - http://www.abramovay.pro.br/artigos_cientificos.htm
CULTURA E DESENVOLVIMENTO
Aulas 23 e 24: 4ª feira dia 27/10 e 4ª feira 3/11
SEN, Amartya (2001) \u201cCulture and Development\u201d http://www.gdnet.org/pdf2/gdn_library/annual_conferences/second_annual_conference/sen.pdf
SEN, Amartya (1987/1999) \u2014 \u201cComportamento econômico e sentimentos morais\u201d, in Sobre Ética e Economia \u2014 Companhia das Letras, São Paulo. TEXTO 12.
ABRAMOVAY, Ricardo (2009) Uma crítica ao individualismo dominante na economia. Valor Econômico - http://www.abramovay.pro.br/artigos_jornal/2010/Abramovay_Sen_The%20Idea%20of%20Justice%20Valor%2023_03_2010.pdf
SOCIEDADE E NATUREZA: EM TORNO DA RIQUEZA E DO BEM-ESTAR
Aulas 25, 26: 2ª feira 8/11 e 4ª feira 10/11
BRUNI, Luigino e Stefano Zamagni (2007) Civil Economy Efficiency, Equity, Public Hapiness. Oxford. Peter Lang. TEXTO 13
Aulas 27 e 28: 4ª feira 17/11 e 2ª feira 22/11
World Watch Institute - State of the World 2008 (texto em meio eletrônico).
Aula 29: 4ª feira 24/11 
2ª Prova
Aula 30: 2ª feira 29/11
Devolução das provas
Aula 31: 2ª feira 6/21
3ª Prova (unificada)