A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
2 pág.
CICLO MENSTRUAL

Pré-visualização | Página 1 de 1

CICLO MENSTRUAL 
 
Dois hormônios produzidos pelos ovários têm forte atuação no ciclo menstrual e 
na ovulação: a progesterona e o estrógeno. Eles têm ação sobre a camada endometrial, 
seja com o seu afinamento ou o seu espessamento. Esse conjunto de ações sobre o 
endométrio possui 28 dias e é dividido em fase menstrual, fase proliferativa e fase 
secretora; 
Dois hormônios produzidos pela hipófise possuem forte atuação no ciclo 
menstrual e na ovulação: o FSH e o LH. Eles têm ação sobre os ovários, através do 
amadurecimento do óvulo para uma eventual fecundação, sendo que esse processo dura 
28 dias e divide-se em fase folicular, fase de ovulação e fase lútea. Todo óvulo tem uma 
película o envolvendo, chamada de folículo (chamado também de folículo de Graaf). O 
ovócito primário, que nada mais é que o óvulo em seu estágio mais imaturo, é coberto 
pelo folículo e o FSH começa a estimular o folículo, transformando-o em um ovócito 
secundário, coberto por líquido em volta dele. Esse processo vai 1-7 dias.; 
Entre 7-13,14 dias, o ovócito secundário vai “encorpando” cada vez mais, 
assumindo a forma de um ovócito terciário. Durante essa fase folicular, a atuação é 
predominantemente do FSH. Concomitamente, o estrógeno tem atuação sobre a camada 
endometrial, atuando no seu espessamento. Ou seja, os 13 primeiros dias são 
caracterizados pela ação dos hormônios FSH e estrógeno. 
Ao chegar no décimo quarto dia, ocorre um pico do hormônio LH, que irá 
fragilizar a camada folicular que envolve o ovócito terciário, liberando o ovólo para as 
tubas uterinas, onde poderá ou não ocorre a fecundação. Depois que o folículo de Graaf 
agora está vazio, ele forma uma estrutura (nos 14 dias restantes) que chamamos de corpo 
lúteo (ou corpo amarelo), que é responsável pelo aumento na produção de progesterona. 
A progesterona vai ser responsável pelo aumento da espessura e vascularização do 
endométrio nesses últimos 14 dias de ciclo. 
Se o óvulo tiver sido fecundado na tuba uterina, ele vai migrar até a parede 
espessada do endométrio e lá irá se fixar, num processo conhecido por nidação. Se de fato 
ocorreu a gravidez, o corpo lúteo é mantido, ou seja, as concentrações não somente de 
progesterona, mas como também de estrógeno, vão se manter altas. Dessa forma, o 
endométrio continuará espessada, formando posteriormente a placenta!! Por essa razão 
inclusive que não ocorre menstruação durante a gravidez. 
 
MAS E SE NÃO OCORRER A GRAVIDEZ??? 
Bom, o corpo lúteo então vai regredir para uma estrutura denominada corpo albicans (ou 
corpo branco), ocorrendo a redução dos hormônios estrógeno e progesterona ➔ parede 
do endométrio que estava espessa a espera de um óvulo fecundado começará a descamar, 
num processo que chamamos de MENSTRUAÇÃO. O endométrio começará a ficar bem 
fininho novamente, onde se preparará para um novo ciclo. 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Autor do resumo: Mário Souza/ Medicina Unime (3º semestre)