ANTRAQUINONA-2010-PDF
7 pág.

ANTRAQUINONA-2010-PDF

Disciplina:Farmacognosia I421 materiais2.355 seguidores
Pré-visualização2 páginas
com, no mínimo, 60% de
cascarosídeo. Cascarosídeo A e B, Cascarosídeo C e D., aloina, desoxi-aloina, entre
outras.

Folha-de-sene, Cassia senna L., Cesalpinea, folhas.
2%-3,5% de glicosídeos de diantronas (não menos que 2,5%), calculado como senosídeo
B: senosídeos A e B, senidina A e B.

Ruibarbo e falso-ruibarbo, Rheum palmatum L e Rheum rhaponticum
L,respectivamente.
O ruibarbo verdadeiro possui de 1% a 6% de hidroxi-antraquinonas (não menos que 2,5
%): 60% a 80% de mono e diglicosilados de fisciona, crisofanol, emodina.
Enquanto que o falso-ruibarbo possui baixa quantidade de antraquinonas, sendo não
indicado o uso como laxante. No falso-ruibarbo (Rheum palmatum), o teor de
antraquinonas é de 0,3% a 0,5% de derivados antraqunonas na forma livre e glicosídeo.
Há uma presença acentuada de derivados estilbenos (raponticosídeo) que é utilizado
para diferenciar o falso-ruibarbo do verdadeiro, pois este constituinte é somente
encontrado no falso-ruibarbovi.

R1 CH3, R2 OH Rheum-emodina
R1 CH3OH, R2 H Aloe-emodina
R1 COOH, R2 H Rheina
R1 CH3, R2 OCH3 Fisciona

R= β-D-glicose: Raponticosídeo
R= H: Raponticogenina

O

O

OH OH

R1R2

HO

RO

OH

OH

i Falkenberg, M, B., Quiinonas IN Simoes, C. M. O. et al (organizadores) Farmacognosia: da planta ao
medicamento, Ed.UFRGS & UFSC, Porto Alegre, 5o. ed. ,2003.

ii Dewick, P. M., Medicinal Natural Products – a biosynthetic approach, Ed.Wiley, 2a. ed., Oxford, 2001.
iii Robbers & Tyler Las hierbas medicinales de TYLER, ed. Acribia, Zaragoza, 1999.
iv Schulz, V., Hänsel, R., Tyler, V. E., Fitoterapia racional – um guia de fitoterapia para ciencias da saúde. Ed.

Manole, Barueri, 1a. Ediçao Brasileira, 2002.
v Bhattaram, V. A. et al., Pharmacokinetics and bioavailability of herbal medicinal products, Phytomedicine 9,

suplement III, 1-33, 2002.
vi Wagner, H. & Bladt S., Plant Drug Analysis, A thin layer chromatography atlas., Ed. Springer, 2a. Ediçao, Berlin,

2001.
Alana Cintia fez um comentário
  • Muito bom, obrigada!
    0 aprovações
    Carregar mais