Aula_4
37 pág.

Aula_4

Disciplina:A Indústria do Petróleo e Gás130 materiais1.225 seguidores
Pré-visualização3 páginas
e empresarial
 Estrutura complexa;

 As empresas possuem diversos graus de integração
vertical e horizontal;

 As empresas possuem diferentes padrões de
especialização;

 A estratégia é de perseguir a liderança em cada
negócio ou produto.

 Grande movimentação dos principais players:
integração a jusante e a montante – alianças
estratégicas com a indústria do petróleo formando
empresas globais.

 Alianças estratégicas no mercado e na tecnologia
(EX. Basf e Shell).

Curso de Especialização em Engenharia de Petróleo e Gás – TEQ / UFF

Curso de Petroquímica – Parte 1/ Profa. Rosenir32

Ciclo de Vida

 Os produtos “nascem”, “crescem”, “amadurecem” e
“morrem”

 A duração dessas fases é a mais diversa possível
 Ciclo da demanda (necessidade) “envolve” ciclos

de tecnologias e de produtos
 Produtos mais “próximos” do consumidor final

apresentam menores ciclos de vida
 Produtos básicos são mais “perenes”

Tempo

De
m

an
da

Curso de Especialização em Engenharia de Petróleo e Gás – TEQ / UFF

Curso de Petroquímica – Parte 1/ Profa. Rosenir33

ROI

ano

 A defasagem entre a evolução da demanda e da oferta da maioria dos produtos
petroquímicos explica a natureza cíclica de seus preços. Os ciclos econômicos são
causados pela estabilidade dos preços vigentes no mercado acarretados pela lei da
oferta e procura.

 Na petroquímica esta lei se traduz na evolução dos preços com a ocupação da
capaciadade instalada, o que equivale dizer evolução da rentabilidae com ocupação
da capacidade instalada.

Ciclicidade

Curso de Especialização em Engenharia de Petróleo e Gás – TEQ / UFF

Curso de Petroquímica – Parte 1/ Profa. Rosenir34

Curso de Petroquímica – Parte 1/ Profa. Rosenir35

Curso de Petroquímica – Parte 1/ Profa. Rosenir36

Próxima aula

Objetivos da
Indústria

Petroquímica

Curso de Especialização em Engenharia de Petróleo e Gás – TEQ / UFF

Curso de Petroquímica – Parte 1/ Profa. Rosenir37

Novos Investimentos

Curso de Especialização em Engenharia de Petróleo e Gás – TEQ / UFF

	Aula 4 �Configuração dos pólos Petroquímicos Brasileiros
	Cadeia de transformação dos principais produtos petroquímicos
	Slide Number 3
	Slide Number 4
	Slide Number 5
	Slide Number 6
	Slide Number 7
	Slide Number 8
	COPESUL
	COPESUL
	Slide Number 11
	Riopol – Rio Polímeros
	RIOPOL – Rio Polímeros
	Slide Number 14
	Localização do novo Pólo Petroquímico de Itaboraí - COMPERJ
	Produção do Pólo Petroquímico de Itaboraí
	Projeto
	Em construção o Pólo Petroquímico do Nordeste – Refinaria Abreu e Lima – RENEST, PetroquímicaSuape e CITEPE
	Em construção o Pólo Petroquímico do Nordeste – Refinaria Abreu e Lima – RENEST, PetroquímicaSuape e CITEPE
	Complexo Petroquímico de Suape
	Slide Number 21
	Slide Number 22
	Slide Number 23
	MAIORES GRUPOS EMPRESARIAIS DA PETROQUÍMICA BRASILEIRA
	PRINCIPAIS INDÚSTRIAS PETROQUÍMICAS DO MUNDO�Capacidade instalada de produção (2003)
	Aula 5 �Características da Indústria Petroquímica
	Características marcantes
	Características marcantes
	Características de mercado
	Tecnologia
	Estrutura produtiva e empresarial
	Ciclo de Vida
	Slide Number 33
	Slide Number 34
	Slide Number 35
	Próxima aula
	Slide Number 37