- CURSO DELEGADO - Inquérito e provas - PROF. ANDREUCCI

- CURSO DELEGADO - Inquérito e provas - PROF. ANDREUCCI


DisciplinaDireito Processual Penal I17.030 materiais131.021 seguidores
Pré-visualização5 páginas
sobre inquérito policial:
O prazo para a conclusão do inquérito policial é prazo penal ou prazo processual? Será contado de acordo com o art. 10 do Código Penal ou de acordo com o art. 798, § 1º, do Código de Processo Penal?
Prof. Ricardo Andreucci
*
*
*
Questões sobre inquérito policial:
Resposta: A questão é controvertida na doutrina.
	Prevalece o entendimento majoritário de que se trata de prazo processual, contado de acordo com o disposto no art. 798, § 1º, do CPP.
	Há, entretanto, autores que consideram o prazo penal, contando-se de acordo com a regra do art. 10 do CP.
Prof. Ricardo Andreucci
*
*
*
Questões sobre inquérito policial:
Pode o Juiz indeferir o requerimento de novas diligências feito pelo Promotor de Justiça após a conclusão do inquérito policial?
Prof. Ricardo Andreucci
*
*
*
Questões sobre inquérito policial:
Resposta: Não. Caso haja o indeferimento, estará o Juiz sujeito a correição parcial, uma vez que incorre em error in procedendo.
Caso o Juiz entenda que as diligências são desnecessárias, deverá aplicar analogicamente o disposto no art. 28 do CPP.
Nada impede que o MP requisite diretamente as diligências à autoridade policial.
Prof. Ricardo Andreucci
*
*
*
Questões sobre inquérito policial:
O que ocorre com o inquérito policial encaminhado ao fórum, quando o crime apurado for de ação penal privada?
Prof. Ricardo Andreucci
*
*
*
Questões sobre inquérito policial:
Resposta: o inquérito policial deve ser distribuído e, nos termos do art. 19 do CPP, ficar aguardando a iniciativa do ofendido ou de seu representante legal, ou será entregue ao requerente, se o pedir, mediante traslado.
Prof. Ricardo Andreucci
*
*
*
Questões sobre inquérito policial:
Pode o ofendido, no caso de crime de ação penal privada, pedir o arquivamento do inquérito policial?
Prof. Ricardo Andreucci
*
*
*
Questões sobre inquérito policial:
Resposta: Sim. Neste caso, o pedido de arquivamento do ofendido equivale à renúncia tácita ao direito de queixa.
Prof. Ricardo Andreucci
*
*
*
Questões sobre inquérito policial:
Em que consiste o Princípio da Devolução?
Prof. Ricardo Andreucci
*
*
*
Questões sobre inquérito policial:
Resposta: Consiste na possibilidade conferida ao Juiz de Direito de, discordando do requerimento de arquivamento do inquérito policial feito pelo Promotor de Justiça, transferir (devolver) a análise do caso ao Procurador-Geral de Justiça, chefe do Ministério Público
Prof. Ricardo Andreucci
*
*
*
Questões sobre inquérito policial:
O membro do Ministério Público designado pelo Procurador-Geral de Justiça para oferecer denúncia, nos termos do art. 28 do CPP, é obrigado a propor a ação penal?
Prof. Ricardo Andreucci
*
*
*
Questões sobre inquérito policial:
Resposta: Sim. Neste caso o Promotor de Justiça designado não age em nome próprio e sim no do chefe do Ministério Público, do qual é longa manus, por delegação interna de atribuições. 
Prof. Ricardo Andreucci
*
*
*
Questões sobre inquérito policial:
Cabe recurso do despacho do Juiz que ordena o arquivamento do inquérito policial ou peças de informação?
Prof. Ricardo Andreucci
*
*
*
Questões sobre inquérito policial:
Resposta: Não. Esse despacho é irrecorrível.
	
Prof. Ricardo Andreucci
*
*
*
RECURSO DE OFÍCIO
Entretanto, deve o Juiz recorrer de ofício sempre que ordenar o arquivamento de inquérito policial referente a crime contra a economia popular ou contra a saúde pública (art. 7º da Lei nº 1.521/51).
	
Prof. Ricardo Andreucci
*
*
*
RESE
Cabe recurso em sentido estrito no caso das contravenções de jogo do bicho e aposta em corrida de cavalo (arts. 58 e 60 do Dec.lei nº 6.259/44).
Prof. Ricardo Andreucci
*
*
*
Questões sobre inquérito policial:
Anulado o processo a partir da denúncia, inclusive, pode o Promotor de Justiça decidir-se, agora, pelo arquivamento do inquérito policial?
Prof. Ricardo Andreucci
*
*
*
Questões sobre inquérito policial:
Resposta: Pode. Anulado o processo a partir da denúncia, inclusive, surge para o Ministério Público o ensejo de reanálise do caso, nada impedindo que requeira o arquivamento do inquérito policial.
Prof. Ricardo Andreucci
*
*
*
Questões para análise em casa:
Pode o ofendido, depois de pedido e ordenado o arquivamento do inquérito policial versando sobre crime de ação penal privada, propor, dentro do prazo decadencial, queixa-crime com base em novas provas?
Prof. Ricardo Andreucci
*
*
*
Questões para análise em casa:
O pedido de arquivamento formulado por um representante do Ministério Público, impede que outro, que o suceda, ofereça denúncia, ainda não proferido o despacho de arquivamento pelo Juiz?
Prof. Ricardo Andreucci
Clique para editar o estilo do título mestre
Clique para editar o estilo do subtítulo mestre
*
*
*
		PROVAS
Prof. Ricardo Andreucci
Prof. Ricardo Andreucci
*
*
*
CONCEITO DE PROVA
Prova é todo elemento trazido ao processo, pelo Juiz ou pelas partes, destinado a comprovar a realidade de um fato, a existência de algo ou a veracidade de uma afirmação. 
Prof. Ricardo Andreucci
*
*
*
FINALIDADE
Sua finalidade é fornecer subsídios para comprovar a verdade dos fatos que foram alegados pelas partes na formação da convicção do julgador.
Prof. Ricardo Andreucci
*
*
*
OBJETO DA PROVA
É aquilo que se quer demonstrar (fatos capazes de influir no julgamento da causa).
Prof. Ricardo Andreucci
*
*
*
FATOS QUE NÃO NECESSITAM SER PROVADOS
a) fatos axiomáticos (intuitivos): são evidentes. A evidência afasta a dúvida e se não há dúvida o fato não precisa ser provado.
Prof. Ricardo Andreucci
*
*
*
FATOS QUE NÃO NECESSITAM SER PROVADOS
b) fatos notórios: são os fatos cujo conhecimento faz parte da cultura do povo.
Prof. Ricardo Andreucci
*
*
*
FATOS QUE NÃO NECESSITAM SER PROVADOS
c) fatos inúteis: são os fatos que não tem qualquer relação com o crime.
Prof. Ricardo Andreucci
*
*
*
FATOS QUE NÃO NECESSITAM SER PROVADOS
d) fatos que decorrem de presunções legais: pois as conclusões decorrem da lei.
Prof. Ricardo Andreucci
*
*
*
FATOS QUE DEPENDEM DE PROVA
Todos os fatos restantes, não mencionados anteriormente, precisam ser provados.
Precisam ser provados, inclusive, a critério do juiz, os fatos admitidos ou aceitos, denominados fatos incontroversos.
Prof. Ricardo Andreucci
*
*
*
FATOS INCONTROVERSOS
São aqueles que foram aceitos pela parte como verdadeiros. 
No processo penal, ao contrário do que ocorre no processo civil, os fatos incontroversos precisam ser provados, pois em razão do princípio da verdade real, o juiz não está obrigado a aceitar como verdadeiro aquilo que as partes admitem.
Prof. Ricardo Andreucci
*
*
*
PROVA DO DIREITO
Em regra, o direito não precisa ser provado, pois vale o brocardo latino iure novit curia, ou seja, o juiz conhece o direito.
Prof. Ricardo Andreucci
*
*
*
PRECISAM SER PROVADOS
Direito Estadual.
Direito Municipal.
Direito alienígena.
Direito Consuetudinário.
Prof. Ricardo Andreucci
*
*
*
PERGUNTA:
A previsão legal das provas, nos arts. 158 a 250 do CPP, é taxativa ou exemplificativa?
Prof. Ricardo Andreucci
*
*
*
RESPOSTA
O rol é EXEMPLIFICATIVO, uma vez que são admitidas as provas inominadas, que são aquelas não previstas expressamente na legislação.
Prof. Ricardo Andreucci
*
*
*
CLASSIFICAÇÃO DAS PROVAS
As provas podem ser classificadas:
Em razão do objeto.
Em razão o efeito ou do valor.
Em razão do sujeito ou causa.
Em razão da forma ou aparência.
Prof. Ricardo Andreucci
*
*
*
EM RAZÃO DO OBJETO
Diretas: quando se referem diretamente ao fato cuja prova é desejada (fato probando).
Prof. Ricardo Andreucci
*
*
*
EM RAZÃO DO OBJETO
Indiretas: quando se referem a um outro fato que não aquele que se quer provar, mas que, por via do raciocínio, permite chegar àquele que se quer provar (Ex.: álibi).
Prof. Ricardo Andreucci
*
*
*
EM RAZÃO DO EFEITO
Plenas: são as provas concludentes, convincentes, que produzem um estado de certeza no julgador. São as provas exigidas para a condenação.
Prof. Ricardo Andreucci
*
*
*
EM RAZÃO DO EFEITO
Não plenas: são as provas que
Iliane
Iliane fez um comentário
muito obrigada!
1 aprovações
Iliane
Iliane fez um comentário
muito obrigada!
0 aprovações
Iliane
Iliane fez um comentário
muito obrigada!
0 aprovações
Carregar mais