conjunto de todas as aulas até o dia 17.09.2012

conjunto de todas as aulas até o dia 17.09.2012


DisciplinaHistória da Educação no Brasil1.918 materiais32.084 seguidores
Pré-visualização9 páginas
índios e Anhangá o demônio ou feiticeiro.
O canto do pajé Ó manhã de sol,de sol!
	 Anhangá fugiu!
	Anhangá, hê,hê!
	Ah, ah foi você, que me fez sonhar. Ó Tupã, Deus do Brasil, que o céu enche de sol De sol e de esperanças. Ò Tupã, tira de mim esta saudade Anhangá me fez sonhar a terra que perdi.
Composição Heitor Villa-Lobos
 
*
*
*
*
*
Dualismo ontológico: Tupã-Deus x Anhangá-Demônio, estranho à visão do índio. São alegorias do bem contra o mal, que condenam gestos, ritmos, a liturgia tupi.
Esse dualismo atravessa o teatro de Anchieta, que escreveu 20 autos que corresponde à quase totalidade das peças jesuíticas do período.
Para os jesuítas, a religião era obra de Deus enquanto a religião dos índios e dos escravos africanos eram obra do demônio:
Aculturação, pela catequese e pela instrução, da população colonial nas tradições e costumes do colonizador.
*
Tema da Apresentação
*
*
*
*
PEDAGOGIA BRASÍLICA
Pedagogia formulada e praticada sob medida para as condições encontradas pelos jesuítas nas terras descobertas pelos portugueses.
*
Tema da Apresentação
*
*
*
*
Dicas:
Boris Fausto: possui graduação pela Universidade de São Paulo (1966) e doutorado pela Universidade de São Paulo (1969). Atualmente é pesquisador senior da Universidade de São Paulo (USP) e da Rockefeller Foundation, Coordenador de Ciências Humanas da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP), e professor visitante da Brown University
Currículo lattes disponível em https://uspdigital.usp.br/tycho/CurriculoLattesMostrar?codpub=07A0A7378680
*
Tema da Apresentação
*
*
*
*
Filme: O descobrimento do Brasil, de Humberto Mauro, 1936. Disponível em http://www.youtube.com/watch?v=irKKHDQz6Gk
Filme: Amistad, de Steven Spilberg, 1998. Disponível em
http://www.youtube.com/watch?v=CgjQXy8aHcc
Os lusíadas, de Luís Vaz de Camões. Disponível em http://www.oslusiadas.com/content/view/18/41/
*
Tema da Apresentação
*
*
*
*
Atividade
Faça um resumo do texto:
Origens da escola moderna no Brasil: a contribuição jesuítica, de Gilberto Luiz Alves.
Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/es/v26n91/a16v2691.pdf
Normas:
Folha A4
Tipo de letra: New times roman
Tamanho da letra: 12
Espaço entre linhas: 1,5
2000 caracteres com espaço 
*
Tema da Apresentação
*
*
*
*
13 de Agosto: Aula 4 - A Educação Jesuítica: A Catequese dos Índios
*
*
*
Circulação de conhecimento e práticas de educação no Brasil colonial (séc. XVI-XVIII) - Cynthia Greive Veiga, 2007
*
*
*
*
Tema da Apresentação
*
Características que marcaram o processo civilizatório brasileiro no período colonial:
Pluralismo etnico-cultural (índios, negros, portugueses, franceses, holandeses, espanhóis, alemães)
Ocupação demográfica
Método educacional: modelo lusitano, continuidade portuguesa
 
			Religiosidade
		Conversão do gentio (= não civilizado)
			Educação das mulheres
	Manutenção do latim para filhos dos colonizadores
 
*
*
*
Educação no período colonial: expressava valores e conteúdos vigentes em Portugal.
Duas questões:
Diversidade das atividades educacionais;
Relação entre educação colonial e expansão ultramarina.
*
Tema da Apresentação
*
*
*
*
 Diversidade das atividades educacionais jesuíticas:
Ação missionária da conversão dos índios;
Formação teológica para religiosos e pessoas com vocação;
Preocupação em educar os filhos dos colonizadores.
Ação dos jesuítas:
Pregação
Ensino de orações, cantos e ofícios
Alfabetização
Ensino formal do latim
*
Tema da Apresentação
*
*
*
*
(2) Relação entre educação e expansão marítima
Ação expedicionária portuguesa e colonizadora dos portugueses
Fortalecimento da Cia de Jesus no Brasil, por D. João IV.
*
Tema da Apresentação
*
*
*
*
*
Tema da Apresentação
*
Companhia de Jesus, ordem fundada em 1534, no contexto da reforma católica, e reconhecida em 1540 pelo Papa Paulo III.
 Sua regra de excelência era a total obediência aos mandamentos cristãos e, em nome de Deus e da fé, os jesuítas se espalharam pelo mundo. Ao mesmo tempo serviam aos propósitos da Coroa Portuguesa.
Os jesuítas foram o mais importante grupo religioso na manutenção dos princípios da reação católica ao protestantismo.
*
*
*
Interesses complementares:
A expansão comercial que era objetivo da monarquia se sintonizava com a expansão religiosa e controle da fé buscados pela Igreja.
Muitos navegadores integravam a
Ordem dos Cavaleiros de Cristo, como
Pedro Alvares Cabral que usava a cruz
da ordem como símbolo de sua frota.
*
Tema da Apresentação
*
*
*
*
Em síntese:
A socialização nesse período se caracterizou pelo estranhamento entre grupos étnicos com costumes e hábitos diferentes e que passaram a conviver de forma interdependente.
*
Tema da Apresentação
*
*
*
*
Estratégia pedagógica dos jesuítas:
IR e ENSINAR PARA CRISTIANIZAR
*
Tema da Apresentação
*
*
*
*
Ação civilizadora dos jesuítas:
IR
*
Tema da Apresentação
*
*
*
*
IR Triunfar das distâncias físicas e culturais
(fazer vir pela aglutinação dos grupos indígenas em vilas e aldeamentos)
ENSINAR Triunfo da inteligência
Objetivo final
Cristianizar = triunfo da vontade
*
Tema da Apresentação
*
*
*
*
Método educacional: educação estética de inspiração cristã
Práticas pedagógicas cristãs, nada usuais para a época com a intenção de:
Conhecer o outro (o índio) para converter
Educar as vontades
combinando escrita, expressão corporal e
oralidade cantada (aprenderam a língua mais falada na costa: tupi-guarani = língua brasílica).
*
Tema da Apresentação
*
*
*
*
ARTE DE GRAMÁTICA DA LÍNGUA MAIS USADA NA COSTA DO BRASIL - José de Anchieta
*
Tema da Apresentação
*
*
*
*
Fundamentação da moderna pedagogia católica:
VONTADE
 MEMÓRIA INTELECTO
tripé 
*
Tema da Apresentação
*
*
*
*
	Paralelo entre a prescrição jesuítica de Educar a VONTADE (caráter) pela reatualização permanente da doutrina (cultivo da MEMÓRIA) e pela razão (cultivo do INTELECTO) de um lado e o tripé do outro.
*
Tema da Apresentação
*
*
*
*
Ação civilizadora dos jesuítas:
ENSINAR
*
Tema da Apresentação
*
*
*
*
Objetivo da Educação, de acordo com o RATIO STUDIORUM:
Promover integração harmoniosa dos súditos de Deus e do reino para com seus legítimos superiores.
Temperar o caráter pela educação.
Orientar o progresso pela civilização dos costumes.
EDUCAR OS INDÍGENAS NA E PARA A CIVILIZAÇÃO
*
Tema da Apresentação
*
*
*
*
Conjunto de ações pedagógicas para a conversão dos indígenas incluía:
Aldamento
Trabalho regular
Ensino de ofício
Objetivo: invenção de uma outra memória para o índio
*
Tema da Apresentação
*
*
*
*
COLÉGIOS COLONIAIS JESUÍTICOS:
Práticas educacionais diferentes das aplicadas na Europa.
De modo geral:
Alfabetização na língua portuguesa por meio do tupi-guarani (para os índios)
Artes e ofícios (para os índios e escravos)
Gramática latina e retórica (para colonos e clero)
Canto
Instrumentos musicais
Cultivo de hortas e pomares
Criação de animais
Letras e culturas não eram meios de ascensão social
*
Tema da Apresentação
*
*
*
*
RATIO STUDIORUM
(PUBLICADO EM 1599)
Estudos Superiores Estudos Inferiores
 Trivium
Teologia moral Gramática latina
Teologia dogmática Humanidades (lógica)
Filosofia Retórica
Matemática Complemento: (H, G)
 Quadrivium
 Aritmética 
 Geometria