A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
30 pág.
Apresentação Survey Simulator

Pré-visualização | Página 1 de 2

SuSi : DNV Survey Simulator 
Educando as Futuras Gerações de Profissionais 
Setembro 2012 
 João Henrique VOLPINI Mattos 
Engenheiro Naval 
Regional Sales Manager - Maritime & Offshore Solutions (South America), DNV Software 
© Det Norske Veritas Ltda. Todos os direitos reservados. 
 
 Slide 2 
O desafio 
© Det Norske Veritas Ltda. Todos os direitos reservados. 
 
Reflexões Sobre a Indústria Naval & Offshore 
 Slide 3 
 Aumento na frota mundial. 
 Elevado número de novas constru-
ções e conversões no Brasil. 
 Novas regras e convenções, bem co-
mo emendas aos regulamentos exis-
tentes. 
 Foco em aspectos relacionados ao 
meio ambiente. 
 Operação ininterrupta. 
 Pouca disponibilidade de pessoal 
treinado e qualificado. 
 Maior número de entidades envolvi-
das. 
World fleet development
Number of vessels
Based upon IHS Fairplay data
0
5 000
10 000
15 000
20 000
25 000
30 000
35 000
40 000
45 000
50 000
55 000
60 000
65 000
70 000
75 000
19
90
19
91
19
92
19
93
19
94
19
95
19
96
19
97
19
98
19
99
20
00
20
01
20
02
20
03
20
04
20
05
20
06
20
07
20
08
20
09
20
10
20
11
20
12
20
13
20
14
20
15
20
16
20
17
20
18
20
19
Nu
m
be
r o
f v
es
se
ls
Tanker Bulker Container Others
© Det Norske Veritas Ltda. Todos os direitos reservados. 
 
Impacto na Educação 
 Os recém-formados devem estar preparados para a nova realidade do tra-
balho. 
 Poucos instrutores com experiência de campo. 
 Novos projetos, tecnologias e materiais requerem atualização constante do 
conhecimento. 
 O treinamento “on-the-job” será essencial. 
 Todos precisarão ganhar competência e experiência mais rapidamente. 
 Slide 4 
© Det Norske Veritas Ltda. Todos os direitos reservados. 
 
Desafios Relacionados à Educação 
 Professores e Instrutores : Sua disponibilidade é problemática se o treina-
mento é feito da maneira tradicional (compartilhamento de experiência). 
 As novas gerações de engenheiros aprendem novas tecnologias muito 
rapidamente, e esperam e querem utilizar estas novas tecnologias. 
 Slide 5 
 Desafios no treinamento prático : 
- Disponibilidade de embarcações ou novas 
construções. 
- Disponibilidade de tempo. 
- Limitação de espaço. 
- Segurança portuária. 
- Segurança industrial. 
- SHE. 
© Det Norske Veritas Ltda. Todos os direitos reservados. 
 
 Slide 6 
A solução 
© Det Norske Veritas Ltda. Todos os direitos reservados. 
 
Treinamento Utilizando Realidade Virtual 
 Traz o navio para a sala de aula. 
 Responde às necessidades de : 
- Transferência de conhecimento e experiência. 
- Conexão entre a teoria e prática. 
- Exposição à diferentes situações. 
- Atendimento às expectativas das novas gerações. 
- Plataforma de comunicação entre gerações. 
- Visualização de complexidade e variedade de situações. 
- Sem consequências para os erros, podemos tentar e tentar novamente. 
 Com a utilização de simuladores como o DNV Survey Simulator 
- Inspetores, vistoriadores, superintendentes, oficiais e tripulação podem ter um 
treinamento melhor e alcançar um maior entendimento de como vistoriar as 
embarcações, resultando em uma manutenção mais adequada e segura. 
 Slide 7 
© Det Norske Veritas Ltda. Todos os direitos reservados. 
 
DNV Academy (Gdynia) 
 Slide 8 
 Todos os anos centenas de profissionais de 
todo o mundo vão à DNV Academy na Po-
lônia, onde diversos cursos dedicados àque-
les envolvidos com as áreas marítima e 
offhore e que trabalham em diferentes áreas 
do conhecimento são treinados : enge-
nheiros de projeto, engenheiros de campo, 
superintendentes, oficiais de marinha, staff 
administrativo, estudantes de escolas técni-
cas e universidades, etc. 
 Desde 2010, o DNV Survey Simulator (SuSi) 
é utilizado como ferramenta base em boa 
parte dos treinamentos oferecidos pela DNV 
Academy. 
© Det Norske Veritas Ltda. Todos os direitos reservados. 
 
 Slide 9 
DNV Survey Simulator 
Treinamento prático em vistoria utilizando realidade virtual 
© Det Norske Veritas Ltda. Todos os direitos reservados. 
 
Histórico 
 Desenvolvido desde 2008 e exaus-
tivamente testado tanto no treinamento 
interno de vistoriadores como no treina-
mento externo para outras empresas, 
SuSi é agora disponível para licencia-
mento para terceiros. 
 Elaborado em C# com o auxílio da 
biblioteca gráfica HOOPS (para rende-
rização de modelos sólidos em tempo 
real), pela equipe da DNV Software / 
Polônia. 
 SuSi conjuga os princípios utilizados 
nos jogos de computador com a base 
de conhecimentos e expertise da DNV 
sobre as deficiências encontráveis na 
inspeção visual de uma estrutura ou 
equipamento. 
 Slide 10 
Presenter
Presentation Notes
The HOOPS 3D Graphics System was originally developed in the mid 1980s, in the CAD Lab at Cornell University. Now  it continue to be developed and marketed by Tech Soft 3D.
© Det Norske Veritas Ltda. Todos os direitos reservados. 
 
Principais Recursos 
 Slide 11 
 Simulação de vistoria passo a passo, 
essencial no treinamento de pessoal, 
ensinando-lhes “onde procurar” durante 
as vistorias reais. 
 Conjunto de ferramentas utilizadas na 
vida real, relevante para ensinar ao 
pessoal a como documentar e reportar 
resultados de vistorias. 
 Exemplos de fotos, documentos, ma-
nuais e gabaritos de relatórios. 
 Vários tipos de embarcações disponí-
veis para a vistoria virtual, com áreas e 
espaços específicos para cada um dos 
tipos (porões de carga, tanques, conve-
ses, praça de máquinas, etc.) 
 Texturas foto-realísticas aplicadas 
sobre modelos tridimensionais excep-
cionalmente detalhados, 
 Milhares de deficiências encontradas 
na vida real. 
 Degradação da pintura e corrosão. 
 Condições ajustáveis de vistoria, deter-
minando o nível de dificuldade da ins-
peção. 
 Acidentes possíveis e segurança no 
trabalho. 
 Tutoriais em vídeo descrevendo as 
características chave e possíveis cená-
rios de aprendizado. 
© Det Norske Veritas Ltda. Todos os direitos reservados. 
 
Ferramentas de Inspeção 
 PDA : Permite o acesso à informações essenciais 
acerca da nomenclatura, requisitos de inspeção e 
encontro das deficiências. 
 Lanterna : Necessária em áreas escuras. 
 Câmera : Importante na preparação da documen-
tação das deficiências durante a inspeção virtual. 
 Spray : Indispensável para assinalar as deficiên-
cias encontradas. 
 Lança telescópica : Útil quando verificando as 
partes mais elevadas da estrutura do navio. 
 Bote inflável : Modo comum de inspecionar as 
partes superiores da estrutura interna de tanques 
quando eles estão cheios d’água. 
 Slide 12 
© Det Norske Veritas Ltda. Todos os direitos reservados. 
 
Modos de Operação 
SuSi oferece quatro modos de operação, projetados para expandir o 
conhecimento dos profissionais de todos os níveis de experiência : 
 
 Slide 13 
Ship 
knowledge 
mode 
 
Nomenclatura 
naval e 
requisitos para 
certificações. 
Areas of 
attention 
mode 
 
Locais onde as 
deficiências 
estruturais do 
casco ocorrem 
com maior 
frequência. 
. 
 
Survey 
requirements 
mode 
 
Visualização 
dos requisitos 
de classe e 
estatutários. 
Findings 
mode 
 
As deficiências 
são apresenta-
das randomica-
mente, suporta-
das por fotos e 
descrições. 
© Det Norske Veritas Ltda. Todos os direitos reservados. 
 
Ship Knowledge Mode 
 Apontando a mira do PDA 
virtual para qualquer parte da 
estrutura da embarcação ou 
equipamento, seu nome (de 
acordo com a IACS), certifica-
dos relevantes e documentos 
relacionados são apresenta-
dos. 
 Slide 14 
© Det Norske Veritas Ltda. Todos os direitos reservados. 
 
Areas of Attention Mode 
 O destaque de áreas críticas 
específicas para cada projeto 
oferece um melhor entendi-
mento da resposta da estrutura 
aos vários carregamentos. Seu 
conhecimento é crucial para 
uma vistoria eficiente e de 
qualidade. 
 Slide 15 
© Det Norske Veritas Ltda. Todos os direitos reservados. 
 
Survey Requirements Mode

Crie agora seu perfil grátis para visualizar sem restrições.