WL-P & R-04-Direito Constitucional-09-Os Princípios do Estado de Direito-001
2 pág.

WL-P & R-04-Direito Constitucional-09-Os Princípios do Estado de Direito-001


DisciplinaDireito Constitucional I48.593 materiais1.346.083 seguidores
Pré-visualização1 página
Waldeck Lemos 
Perguntas & Respostas 
 
Disciplina: 
Direito Constitucional 
Folha: 
1 de 2 
 
Perguntas & Respostas/WLAJ/DP 
QUESTÕES 
 
Fonte: CRETELLA JUNIOR, J. e CRETELLA NETO, J. - 1.000 Perguntas e Respostas de Direito 
Constitucional \u2013 Editora Forense Jurídica (Grupo GEN). 
 
CAPÍTULO 09 - OS PRINCÍPIOS DO ESTADO DE DIREITO 
 
01) O que significa Estado de Direito? 
R.: Estado de Direito ou Estado Liberal de Direito (que se contrapõe ao Polizeistaat) é aquele em que a 
Administração está subordinada à lei, que ela própria editou, ou seja, é um Estado em que vigora o princípio da 
legalidade ("suporta a lei que fizeste"); a expressão foi cunhada pelo liberalismo, no século XIX, e reflete, no plano 
jurídico, a concepção de democracia liberal. 
 
02) Quais as características do Estado Liberal de Direito? 
R.: O Estado Liberal de Direito apresenta as seguintes características: a) submissão absoluta à lei formal, 
elaborada pelo Poder Legislativo; b) separação ou divisão de Poderes; e c) garantia aos direitos individuais 
assegurados em lei. 
 
03) Qual o significado moderno do vocábulo "democracia"? 
R.: Atualmente, entende-se por democracia o sistema jurídico social em que as leis são legítimas e respeitadas, e 
em que são preservados os valores e direitos fundamentais da pessoa humana, tais como o da igualdade, o da 
liberdade e o da dignidade, respeitadas as minorias, e em que as instituições são sólidas, garantindo a existência e 
o funcionamento do sistema. 
 
04) Democracia e Estado de Direito são expressões equivalentes? 
R.: Não. A doutrina considera que democracia é vocábulo mais abrangente do que a expressão "Estado de 
Direito". 
 
05) Quais os princípios sobre os quais se baseia a democracia, segundo a doutrina clássica? 
R.: A doutrina clássica indica que a democracia se baseia nos seguintes princípios: a) o da maioria; b) o da 
igualdade; e c) o da liberdade. 
 
06) Por que o princípio da maioria não é mais considerado princípio da democracia? 
R.: A doutrina moderna considera que maioria não é princípio, e sim, mera técnica para a efetivação da 
democracia, adotada na realização de votações; como técnica, pode ser substituída por outra, como por exemplo, 
a representação proporcional. 
 
07) Quais os princípios sobre os quais se baseia a democracia, segundo a doutrina moderna? 
R.: A doutrina moderna indica que a democracia se baseia nos seguintes princípios: a) o da soberania popular; e 
b) o da participação popular. 
 
08) Em que consiste o princípio da soberania popular? 
R.: O princípio da soberania popular consiste em considerar o povo como a fonte única de poder ("todo poder 
emana do povo e em seu nome é exercido", de acordo com a Declaração dos Direitos do Homem e do Cidadão). 
 
09) Em que consiste o princípio da participação popular? 
R.: O princípio da participação popular consiste no fato de que a vontade do povo deverá ser efetivamente 
expressa, direta ou indiretamente, em todos os setores da sociedade, desde a elaboração normativa até sua 
aplicação e reformulação. 
 
10) Por que se considera que ficou superada a expressão "Estado Liberal de Direito"? 
R.: Porque o conceito foi sendo deformado, pelo mau uso da expressão, que apresenta ambigüidades, com o 
Estado sendo muitas vezes transformado em totalitário, ou então limitado a um Estado de Legalidade, formal, e o 
Direito entendido como uma Justiça arbitrária e ditatorial. 
 
 
 
Waldeck Lemos 
Perguntas & Respostas 
 
Disciplina: 
Direito Constitucional 
Folha: 
2 de 2 
 
Perguntas & Respostas/WLAJ/DP 
==XXX==