Enterobacteriaceaassssssssssss

Enterobacteriaceaassssssssssss


DisciplinaMicrobiologia Básica621 materiais11.251 seguidores
Pré-visualização1 página
*
*
Aline Gabriela Passos Goulart
Ana Flávia de Castro Resende 
Ana Paula Resende Almeida
Janaína Aparecida Giolo
*
*
 Bacilos Gram negativos;
 Não esporulados;
 Motilidade variável;
 Meio básicos, ricos e seletivos;
 Catalases+ e Oxidases - ;
 Fermentadores de glicose;
 Anaeróbios facultativos;
 Trato gastrointestinal de humanos, no reino animal,na água, solo e vegetais.
Caracterização da família Enterobacteriaceae
*
*
Escherichia coli
Patogenia e Patologia
 Microbiota normal \u2013 intestino;
 Microrganismo oportunista;
 Adesinas e exotoxinas;
 Gastroenterite, ITU, meningite neonatal, septicemia.
*
*
Epidemiologia
Responsável por ~80% das ITU e a maioria das infecções hospitalares;
Gastroenterites em países emergentes;
Maior parte das infecções são endógenas.
*
*
Meio de cultura.Mac Conkey
*
*
Salmonella 
Patogenia e Patologia
Após a ingestão e passagem através do estômago, são capazes de invadir e se replicar nas células M (micropregas), localizadas nas placas de Peyer, na porção terminal do intestino delgado \u2013 proteção dos ácidos gástricos.
 Podem ocorrer infecções assintomáticas , febre tifoide, gastroenterite e septicemia.
*
*
Epidemiologia
Ingestão de alimentos contaminados (aves, ovos e laticínios);
Transmissão fecal-oral;
São patógenos humanos estritos;
Transmitidas de pessoa para pessoa;
Colonização assintomática de longa duração.
 Necessita um grande quantidade para causar enfermidade;
Pessoas com idade avançada, imunocomprometidos, e com pH gástrico reduzido necessitam de dose infectante pequena.
*
*
*
*
Shigella
Patologia e Patogenia
Invadem células que revestem a mucosa;
Quatro espécies reconhecidas: S. sonnei, responsável pela maioria das infecções nos países desenvolvidos, S. flexneri, por infecções em países em desenvolvimento e S. dysenteriae, pela maioria das infecções graves.
 Gastroenterite (fezes sanguinolentas e com pus), ulceras.
*
*
Epidemiologia
 Homem é o único reservatório;
 Transmissão fecal-oral;
 Número do inoculo. Algumas centenas \u2013 10.000 microrganismos ;
*
*
Meio de cultura. Mac Conkey
*
*
Outras Enterobactérias
 Enterobacter, Klebsiella, Serratia, Proteus, Morganella, Citrobacter, Yersinia 
www.lookfordiagnosis.com/
*
*
Diagnóstico
 Meios de cultura: ágar-sangue, Mc-Conkey;
 Pesquisa do microrganismo em amostras de material biológico;
 Diagnóstico molecular \u2013 PCR.
Tratamento
 Não há tratamento específico;
 Hidratação;
 Recomendável antibiogramas;
 Antibiótico não é recomendável para alívio sintomático; 
 Fluoroquinolonas para Shigella e Salmonella.
*
*
Prevenção
 Endógena - difícil prevenção;
 Antibióticos- resistência;
 Antibióticos para procedimentos invasivos;
 Exógena \u2013 fácil controle
 Cuidados em preparo e conservação de alimentos;
 Higiene pessoal;
 Educação em saúde;
 Vacinação \u2013 Y. pestes e S. typhi
*
*
Referências
MURRAY, P.R. et. al., Microbiologia Médica. Guanabara Koogan S.A, Rio de Janeiro- RJ,4° ed, 250-264, 2004.
BROOKS, G. F. et. al., Microbiologia Médica. Mc Graw Hill,São Paulo-SP, 24° ed, 249-262, 2009. 
SCHAECHTER, M. et. al., Microbiologia. Guanabara Koogan S.A, Rio de Janeiro- RJ, 3ª. Ed, 157-176, 2002.