Uma economia mudando de marcha 1873-1914

Uma economia mudando de marcha 1873-1914


DisciplinaHistória Econômica Geral991 materiais28.726 seguidores
Pré-visualização3 páginas
*
*
Uma economia mudando de marcha, 1875-1914
Eric HOBSBAWM
*
*
1. A Grande Depressão, 1873-1893
. A economia mundial no período 1870/1880 \u201cagitação sem precedentes e depressão do comércio\u201d (D. A. Wells, 1889).
. A Grande Depressão \u201cdepressão de preços, uma depressão de juros e uma depressão de lucros\u201d (Alfred Marshall, 1888).
.. O problema da economia capitalista não era a produção e o comércio, que cresceram, mas as suas lucratividades.
*
*
Tabela 1: Diversos países: Índice de Preços (1873-1899)
*
*
*
*
.. O comércio mundial continuou a crescer, embora com as taxas menores do que no período 1850/1860.
.. A produção industrial continuou a crescer.
... Entre 170 e 1890, a produção de Fe, dos 5 principais países produtores, cresceu mais do que duas vezes (de 11 para 23 milhões de ton.); de aço cresceu mais de 20 vezes (de 500 mil para 11 milhões de ton.)
.... O período 1870-1890 constituiu-se no período da consolidação da Alemanha industrial, e da Revolução Industrial da Suécia e Rússia. 
.. O aumento dos investimentos estrangeiros na América Latina a extensão das ferrovias na Argentina foi quintuplicada, e a imigração para a mesma e para o Brasil foi de 200 mil por ano. 
*
*
Tabela 2: Produção e Comércio Mundiais, 1781-1929 (1913=100)
*
*
. A agricultura foi o setor de maior declínio dos lucros, e cujo descontentamento social e político foi o mais intenso (e prolongado).
.. A Grande Depressão após a grande expansão internacional no período 1850/1860, o declínio dos preços tanto da agricultura européia, quanto das economias exportadoras (Argentina, Brasil e outras).
.. O declínio dos preços de determinados produtos:
...em 1894, o preço do trigo era de um pouco mais de 1/3 do preço de 1867 (\u201cum prêmio para os compradores, um desastre para os produtores);
... O declínio do vinho, e no caso francês, com a infestação da filoxera após 1872, a redução foi de 2/3 da produção vinícola francesa entre 1875 e 1892.
 
*
*
. A reação do setor agrícola (dos agricultores) variou, dependendo da riqueza e da estrutura política de seus países (regiões).
.. Reação agitação eleitoral à rebelião, sem falar nas altas mortalidades com a fome, como na Rússia (1891-1892).
.. Nos EUA o movimento político do populismo nos anos 1890, forte Kansas e Nebraska, terras produtoras de trigo, e que ameaçou a hegemonia dos partidos Republicano e Democrata.
.. As revoltas camponesas na Sicília, Irlanda e Romênia.
.. Na Grã Bretanha a atrofia da agricultura (2/3 da superfície da produção de trigo desapareceu entre 1875-1895). 
.. Na Dinamarca a modernização com a produção da pecuária (leiteira) substituindo os grãos.
.. Na Alemanha, França e EUA o protecionismo dos seu produtos agrícolas com o aumento das tarifas alfandegárias
*
*
. As duas reações (governamentais ou não) a emigração e a formação de cooperativa (principalmente dos sem terras e dos proprietários sem bens líquidos, sobretudo dos camponeses com propriedades potencialmente viáveis).
.. Os anos 1880 as maiores taxas de migração ultramarina _ Irlanda, Italia, Espanha, Portugal, Austria-Hungria, Rússia e Balcãs.
... A imigração \u201cválvula de escape que mantinha a pressão social abaixo do ponto de rebelião ou revolução\u201d.
.. As cooperativas empréstimos aos pequenos proprietários e camponeses _ Alemanha, França, EUA, Dinamarca e outros.
*
*
Tabela 3: Emigração: países de povoamento europeu, 1871-1911 (milhões de pessoas)
*
*
Tabela 4: Imigração, 1871-1911
 (milhões de pessoas)
*
*
. O setor empresarial (industrial) a grande deflação dos preços afetava a lucratividade do setor.
.. A deflação dos preços na GB caiu 40% no período 1873-1896
...O século XIX século marcado pela deflação (com exceção no período 1850-1860).
.. A dificuldade do setor \u201ca nova tecnologia industrial fez aumentar enormemente tanto o produto possível como o necessário, em parte porque o número de produtos e de economias industriais concorrentes cresceram, como também, um mercado de massas para bens de consumo crescia devagar.
... O preço do Fe caiu 50% entre 1871-75 e 1894-96.
.. Outras dificuldades foram:
... Os custos de produção no curto prazo eram mais estáveis do que os preços.
... O bimetalismo de alguns países dificuldade nas transações comerciais com a instabilidade da paridade do Au e Ag.
 
*
*
. Questão: Que medidas poderiam ser tomadas em relação à depressão dos preços, lucros e taxas de juros?
. 1ª. A partir do debate sobre o bimetalismo, a proposta de um \u201cmonetarismo às avessas, que atribuía a queda dos preços fundamentalmente a uma escassez mundial de Au, que gradativamente se tornava a única base do sistema mundial de pagamentos\u201d (padrão-ouro);
2ª. O protecionismo \u201ca GD fechou a longa era do Liberalismo Econômico, ao menos no que tange ao comércio de matérias-primas\u201d;
. As tarifas protecionistas na Alemanha (1878), França (Meline, 1892); EUA (Mckinley, 1890).
. O alargamento da movimentação de capital, transações financeiras e mão-de-obra. 
*
*
. A Grã Bretanha único país industrial importante que continuou com o comércio livre e irrestrito.
.. Os motivos britânicos para tal política:
1. Ausência de um setor agrícola forte ;
2. Era o maior exportador de produtos industrializados, e no decorrer do século uma economia de base exportadora;
3. Era o maior exportador de capital, de serviços financeiros e comerciais \u201cinvisíveis\u201d e de serviços de transporte a importância cada vez maior da City de Londres e da marinha mercante;
4. Era o maior mercado comprador da exportações de produtos primários do mundo, e dominava o mercado mundial de alguns deles (açúcar de cana, chá, trigo).
 
*
*
2. Os efeitos da Grande Depressão
.A industrialização e a Depressão transformaram as economia nacionais num grupo de economia rivais , em que os ganhos de uma pareciam ameaçar a posição de outras.
.. A concorrência entre as empresas e, também, entre as Nações.
... Os relatos jornalísticos britânicos sobre a invasão econômica alemã impacto sobre o público inglês. 
*
*
. Os efeitos da GD:
1º Efeito. O protecionismo (1880-1914) restringiu-se ao comércio de mercadorias e não afetou o movimento de mão-de-obra nem as transações financeiras internacionais.
. O protecionismo agrícola funcionou na França, falhou na Itália e protegeu os interesses dos grandes proprietários na Alemanha.
. O protecionismo industrial ajudou a ampliar a base industrial do mundo, ao incentivar as indústrias nacionais a produzirem com vistas aos mercados internos de seus países, que também estavam se expandindo.
.. A produção global industrial de 1880-1914 foi maior do que no período 1850-1870 (livre comércio).
*
*
.. A produção industrial foi distribuída menos desigualmente no mundo \u201cdesenvolvido\u201d em 1870, os 4 principais países industriais (EUA, Al, GB e Fr) foram responsáveis por 80% da produção industrial, mas em 1913, sua participação caiu para 73% com uma produção 5 x maior.
 2º Efeito. A combinação de concentração econômica e racionalidade empresarial (os trustes e a administração científica)
. A combinação ampliação da margem de lucro, comprimida pela concorrência e pela queda de preços. 
.. Concentração econômica não significa monopólio em sentido estrito (controle do mercado por uma única empresa), nem no sentido mais usual de controle por parte de um pequeno número de firma dominantes (oligopólio).
.
*
*
... Os trustes americanos (Standard Oil Company e US Steel) e os syndicates ou cartéis alemães (Cartel do Reno e da Westfália do carvão) exemplos de concentração que sofreram críticas opinião pública.
.. O controle do mercado e a eliminação da concorrência