AV1 FUNDAMENTOS DE COMÉRCIO EXTERIOR
3 pág.

AV1 FUNDAMENTOS DE COMÉRCIO EXTERIOR


DisciplinaFundamentos de Comércio Exterior3.706 materiais45.466 seguidores
Pré-visualização1 página
Avaliação: GST0304_AV1_200902217031 » FUNDAMENTOS DE COMÉRCIO EXTERIOR
	Data: 22/09/2012
	\ufffd
	 1a Questão (Cód.: 11027)
	3a sem.: 3 - As etapas do processo de integração
	Pontos: 0,0  / 0,5 
	Defina União Aduaneira
	
	
	Área de livre comércio entre países membros com tarifa externa flexível. 
	
	Bloco econômico interligado pelo microeconomia comum.
	
	Adoção de uma tarifa externa comum e hamonização das políticas comerciais dos países membros
	
	Perda da soberania nacional para uma força supranacional
	
	Harmonização curricular para romper fronteiras de trabalho
	
	\ufffd
	 2a Questão (Cód.: 11051)
	2a sem.: 2 - AS etapas do processo de integração
	Pontos: 0,0  / 0,5 
	Dentro de uma Zona de Livre Comércio, as alíquotas aplicadas são menores que as aplicadas a países de fora desta Zona pelo princípio da: 
	
	
	Isonomia supranacional
	
	Nação mais favorecida
	
	Margem de preferência
	
	Lealdade tributária
	
	Vantagem comparativa
	
	\ufffd
	 3a Questão (Cód.: 14382)
	2a sem.: 2 - Doutrinas do Comércio Internacional e Integração
	Pontos: 0,0  / 1,0 
	A política do comércio exterior brasileiro pode ser definida como o ato de governar do Estado, com vistas à consecução e à salvaguarda dos Objetivos Nacionais, no que diz respeito ao comércio do Brasil com os demais países. Neste contexto assinale as respostas que identifiquem a interferência do Estado no Comércio exterior brasileiro:
	
	
	Os empresários brasileiros necessitam acompanhar e planejar constantemente, as suas atividades para não perderem eventuais oportunidades de redução do custo das operações de comércio exterior sem deixarem de cumprir as exigências necessárias ao desembaraço da mercadoria.
	
	O Estado interfere na atividade de comércio exterior brasileiro, no sentido de resguardar os interesses do Mercosul e se ajustar à conjuntura do Comércio nacional. 
	
	O comércio exterior brasileiro acontece em um ambiente dinâmico, com variáveis incontroláveis e medidas conjunturais e temporárias.
	
	O governo brasileiro dá as diretrizes aos empresários e comerciantes, para que os mesmos adotem os sistemas e procedimentos compatíveis com os interesses nacionais do momento. 
	
	O Estado altera constantemente as normas estatais, dando um aspecto dinâmico à legislação do comércio exterior, para atingir os objetivos da balança comercial.
	
	\ufffd
	 4a Questão (Cód.: 14337)
	7a sem.: 5 - O Sistema Internacional de Comércio
	Pontos: 0,0  / 1,0 
	O Comércio internacional conta com alguns órgãos que, mesmo sendo de caráter privado, têm a preocupação de evitar conflitos na relação entre importadores e exportadores considerando a dificuldade das negociações internacionais, principalmente, quando os intervenientes não falam a mesma língua. Neste contexto, estes órgãos e ou instituições criam ferramentas de uso facultativo, que colocam à disposição dos importadores e exportadores tais como: Incoterms, UCP 600, Nomenclatura de Mercadorias e outras. Assinale a única opção correta:
	
	
	CCI ¿ Câmara de Comércio Internacional
	
	SGPC ¿ Sistema Geral de Preferências e Contas
	
	OMA ¿ Organização Mundial da Abertura do Comércio Internacional
	
	TRIPS - Acordo sobre Aspectos dos Direitos de Propriedade Intelectual relacionados ao Comércio
	
	OMC - Organização Mundial do Comércio Internacional
	
	\ufffd
	 5a Questão (Cód.: 10807)
	5a sem.: 5 - Estrutura do comércio exterior brasileiro
	Pontos: 1,0  / 1,0 
	Sobre a competência do Ministério da Fazenda, assinale a única opção correta. 
	
	
	O MF fiscaliza e controla as operações de comércio exterior no tocante às obrigações do Brasil com seus parceiros comerciais.
	
	O MF fiscaliza e controla as operações de comércio exterior em suas atividades administrativas relevantes aos interesses da fazenda nacional.
	
	O MF fiscaliza e controla as operações de comércio exterior de exportação por serem determinandes para a entrada de divisas em nosso país.
	
	O MF fiscaliza e controla as operações de comércio exterior, considerando exclusivamente operações com cobertura cambial.
	
	O MF fiscaliza e controla as operações de comércio exterior de produtos importados no Brasil, considerando exclusivamente operações de elevado valor agregado.
	
	\ufffd
	 6a Questão (Cód.: 14334)
	2a sem.: 2 - Mapa Conceitual
	Pontos: 1,0  / 1,0 
	A sistemática de Comércio Exterior do Brasil tem sua base operacional descrita nos Acordos Internacionais assinados pelo Brasil, bem como nas políticas econômicas por ele estabelecidas. O Governo institui, cobra impostos e regulamenta as operações de comércio internacional com base na sua competência, discriminada na Constituição Federal. Exportadores e, principalmente os importadores, enfrentam grandes desafios administrando esta sistemática. Neste contexto, assinale a única afirmativa correta:
	
	
	A transparência e a constância das políticas brasileiras para o comércio internacional, diminui as possibilidades dos empresários do ramo terem um planejamento empresarial real e eficiente.
	
	Os impostos incidentes nas exportações mas, principalmente, nas importações são uma das principais dificuldades no desempenho dos importadores.
	
	As políticas adotadas pelo Brasil no comércio internacional são transparentes, protecionistas e não interferem na performance das empresas brasileiras.
	
	As políticas liberais adotadas pelo comércio exterior brasileiro prejudicam o desempenho dos importadores e exportadores.
	
	A estabilidade econômica e política do país continuam sendo um entrave ao planejamento empresarial.
	
	\ufffd
	 7a Questão (Cód.: 16212)
	4a sem.: 4 - Estrutura e Funcionamento do Siscomex
	Pontos: 0,0  / 1,0 
	O Comércio Exterior Brasileiro usa alguns sistemas para fazer a integração entre os diversos orgãos da sua estrutura e os demais players que dele fazem parte. Assinale o Sistema que na estrutura do CEB integra todos os intervenientes. 
	
	
	Sistema Integrado da Fundação do Comércio Exterior.
	
	Sistema Integrado da Secretaria de Comércio Exterior.
	
	Sistema Integrado de Comércio Exterior.
	
	Sistema Integrado do Banco Central.
	
	Sistema Integrado da Receita Federal.
	
	\ufffd
	 8a Questão (Cód.: 10852)
	5a sem.: 5 - Estrutura do comércio exterior brasileiro
	Pontos: 1,0  / 1,0 
	Quanto à competência do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior - MDIC, assinale a única alternativa correta 
	
	
	O MDIC fiscaliza e controla as relações fazendárias do Brasil com seus parceiros internacionais.
	
	O MDIC regulamenta e executa os programas e atividades relativas ao comércio exterior; 
	
	O MDIC fiscaliza e controla as operações de comércio exterior de exportação por serem relevantes à entrada de divisas no nosso país.
	
	O MDIC fiscaliza e controla o tratamento administrativo dos produtos vinculados às sua NCMs.
	
	O MDIC fiscaliza e controla somente as operações com cobertura cambial.
Jacqueline
Jacqueline fez um comentário
Valeu Priscila, será de muita utilidade!
0 aprovações
Alexandre
Alexandre fez um comentário
Obrigado Priscila!
1 aprovações
Carregar mais