Caderno de Comportamento Organizacional
46 pág.

Caderno de Comportamento Organizacional


DisciplinaAdministração de Recursos Humanos II1.131 materiais9.122 seguidores
Pré-visualização15 páginas
formais - As organizações definem regras, procedimentos, políticas, 
descrições de cargos e diretrizes para padronizar o comportamento dos seus membros.
Alocação de Recursos - Determina como o dinheiro, tempo, matéria-prima e equipamentos 
serão distribuídos na organização e alocados nos diversos grupos em função das decisões da 
organização.
Processo de Seleção de Pessoal - Como os membros de qualquer grupo são membros da 
organização, os critérios utilizados pela organização em seu processo seletivo vão determinar 
tipos e características das pessoas que farão parte de seus grupos de trabalho.
Sistema de avaliação de desempenho e recompensas - A organização define metas de 
desempenho que podem ser específicas ou desafiadoras.
Cultura Organizacional - A cultura organizacional define os padrões de comportamento 
aceitáveis e inaceitáveis de seus funcionários.
Condições físicas - Referem-se às características do local de trabalho que são impostas 
externamente ao grupo, como a disposição física, o arranjo do espaço de trabalho das pessoas, a 
colocação dos equipamentos, os níveis de iluminação e de conforto. 
Todas essas condições externas \u2013 condições organizacionais \u2013 podem ajudar ou limitar a atuação 
dos grupos de trabalho na organização.
Equipes
O desempenho de um grupo de trabalho é uma função daquilo que os membros fazem como 
indivíduos. O desempenho de uma equipe inclui resultados individuais e o que chamamos de 
produto do trabalho coletivo: aquilo que dois ou mais membros produzem como uma 
contribuição real quando trabalham juntos. 
- 20 -
JULIO CESAR DE SOUZA
(Continuação do Resumo de Comportamento Organizacional........................................................)
As principais diferenças entre grupos de trabalhos e equipes são:
Grupo
\u2714 Tem um forte e único líder
\u2714 Tem uma responsabilidade individualizada
\u2714 O propósito do grupo de trabalho é o mesmo da 
organização
\u2714 Tem produtos de trabalho individualizados
\u2714 Utiliza reuniões eficientes
\u2714 Mede a eficácia de maneira indireta \u2013 como 
desempenho financeiro dos negócios globais
\u2714 Discute, decide e delega
Equipe
\u2714 Tem papéis compartilhados de liderança
\u2714 Tem uma responsabilidade individual e mútua
\u2714 Enquanto a equipe tem um propósito específico
\u2714 Tem produtos de trabalho coletivos
\u2714 A equipe encoraja reuniões abertas, constantes 
e direcionadas para a solução de problemas
\u2714 Mede desempenho de maneira direta pela 
avaliação dos produtos de trabalho coletivos
Os principais tipos de equipes são: 
Equipes Funcionais Cruzadas - São constituídas por membros de vários departamentos ou de 
diferentes especialidades funcionais. Atendem a dois critérios: um interno à equipe e outro 
externo em relação à organização.
Equipes Virtuais - Os membros podem se comunicar a distância pelos meios eletrônicos, como 
e-mail, chat rooms, conferência telefônica, fax, transmissões via satélite e web sites. Uma das 
chaves para a utilização das equipes virtuais são as tecnologias síncronas, que permitem que os 
membros interajam ao mesmo tempo ou em tempo real. Vídeo e audioconferências são exemplos 
de tecnologias síncronas. As tecnologias assíncronas \u2013 como e-mail, chat rooms, grupos de 
calendário e páginas web podem ser utilizadas em interação retardadas.
Equipes Autogerenciadas - São equipes essencialmente independentes, que executam suas 
tarefas operacionais e que assumem responsabilidades gerenciais tradicionais, como admitir, 
planejar, programar e avaliar o desempenho.
Forças-Terefa - São equipes temporárias criadas para cumprir ou executar uma específica tarefa. 
Quando a tarefa é completada, a equipe se dissolve.
Como desenvolver e gerenciar equipes eficazes \u2013 suas características
Objetivos claros entendidos por todos;
habilidades relevantes de cada membri
confiança mútua
compromisso unificado
habilidades de negociação
liderança renovadora
apoio de todos
Empowerment - Segundo Chiavenato, o empowerment ou delegação de autoridade parte da 
ideia de dar às pessoas o poder, a liberdade e a informação para tomarem decisões e participarem 
ativamente da organização. O empowerment se assenta em quatro bases principais:
- 21 -
JULIO CESAR DE SOUZA
(Continuação do Resumo de Comportamento Organizacional........................................................)
Poder - Dar poder às pessoas, delegando autoridade e responsabilidade em todos os níveis da 
organização.
Motivação - Proporcionar motivação às pessoas para incentivá-las continuamente.
Desenvolvimento - Dar recursos às pessoas em termos de capacitação e desenvolvimento 
pessoal e profissional.
Liderança - Proporcionar liderança na organização significa orientar as pessoas, definir 
objetivos e metas, abrir novos horizontes, avaliar o desempenho e proporcionar retroação.
As equipes bem-sucedidas e que alcançam excelência no desempenho conhecem perfeitamente 
os seguintes aspectos.
Franquia x Negócio independentes
1. Quem somos nós? A equipe é capaz de uma autoavaliação objetiva no sentido de 
alcançar uma compreensão de si mesma, dos seus pontos fortes e fracos.
2. Onde estamos agora? A equipe sabe fazer uma análise situacional e um balanço objetivo 
de qual é a sua situação atual.
3. Para onde estamos indo? A equipe define uma visão, bem como os objetivos que 
pretende alcançar em termos de saídas e resultados.
4. Como chegar lá? A partir os objetivos definidos, a equipe define planos de ação 
estratégicos.
5. O que esperam de nós? A equipe demonstra assumir responsabilidades, por meio de 
regras de base e, com isso, ganha confiabilidade.
6. De qual apoio necessitamos? A equipe avalia suas necessidades de treinamento e 
desenvolvimento e amplia sua capacidade de aprendizagem.
7. Quanto eficazes somos nós? A equipe faz um questionamento constante de sua 
capacitação e de sua eficácia no alcance dos objetivos. Busca benchmarks \u2013 marcos de 
referência \u2013 para revisar continuamente seus processos grupais e melhorá-los 
continuamente.
8. Qual reconhecimento desejamos? A equipe busca retroação na forma de 
reconhecimento, remuneração, benefícios e promoções.
9. Quem somos nós? Retorna o ciclo da equipe de alto desempenho. Desta vez, 
melhorando com a aprendizagem ao longo do processo.
Cabo Frio, 25 de setembro de 2011.
Aula 5 \u2013 Processo de Comunicação e Comunicação Organizacional
Toda organização funciona a partir dos processos de comunicação. A comunicação é fundamental 
para o funcionamento coeso, integrado e consistente de qualquer organização.
Uma das finalidades mais importantes do desenho organizacional é assegurar e facilitar o 
processo de comunicação e de tomada de decisão. 
Sem comunicação, as pessoas ficam isoladas e sem contato entre si. 
- 22 -
JULIO CESAR DE SOUZA
(Continuação do Resumo de Comportamento Organizacional........................................................)
A comunicação constitui a primeira área a ser focalizada quando se estuda as interações humanas 
e os métodos para mudança ou influência do comportamento humano nas organizações. É 
também o ponto de maiores desentendimentos e conflitos.
Informação é o processo que organiza uma ação. Os dados convertem-se em informação quando 
provocam alguma ação por parte dos receptores. Dados organizados e significativos conduzem à 
informação.
Para os administradores, a informação é algo empregado no processo de tomada de decisão, além 
de conferir às ações que dele se originam uma avaliação consciente.
Na Era Industrial, os administradores passavam todo o tempo atrás de informações no sentido de 
entendê-las e controlá-las melhor. Na Era da Informação essa operação é imediata e em tempo 
real, os administradores ficam saturados com o enorme volume e precisam escolher a relevante 
para suas decisões. 
A informação não é medida nem tangível, mas é um