GGE001 História Pensamento Geográfico
2 pág.

GGE001 História Pensamento Geográfico


DisciplinaHistória do Pensamento Geográfico518 materiais28.717 seguidores
Pré-visualização1 página
GGE001-História do Pensamento Geográfico 
 
Projeto Pedagógico do Curso de Graduação em Geografia aprovado em 11/11/2005 na 9º reunião do Conselho de Graduação (Decisão Administrativa nº 19/2005) 
 
 
P
ág
in
a1
 
 
UNIVERSIDADE FEDERAL DE UBERLÂNDIA 
 
INSTITUTO DE GEOGRAFIA 
 
CURSO DE GEOGRAFIA 
 
 
 
 
 
 
DISCIPLINA: HISTÓRIA DO PENSAMENTO GEOGRÁFICO 
 
CÓDIGO: GGE001 
 
UNIDADE ACADÊMICA: INSTITUTO DE GEOGRAFIA 
 
PERÍODO: 1º PERÍODO 
 
CH TOTAL 
TEÓRICA: 
 
60 
 
CH TOTAL 
PRÁTICA: 
 
00 
 
CH 
TOTAL: 
 
60 
 
OBRIGATÓRIA: (X) 
 
OPTATIVA: ( ) 
 
 
OBS: 
 
 
 
PRÉ-REQUISITOS: 
 
 
 
 
CÓ-REQUISITOS: 
 
 
 
 
Objetivo Geral: 
Analisar o papel da Geografia no mundo contemporâneo, sobretudo, na sociedade brasileira, que demanda 
uma cidadania plena e ativa. 
 
Objetivos Específicos: 
- Explicar o processo de sistematização da Geografia moderna; 
- Analisar as relações entre Positivismo e Geografia, e avaliar as conseqüências de tais relações; 
- Explicar a contribuição das escolas francesa e alemã para a construção de uma Geografia brasileira; 
- Analisar as rupturas da História do Pensamento Geográfico no mundo e no Brasil; 
- Explicar/analisar/ avaliar o(s) conceito(s) de Geografia; 
- Avaliar o papel da História do Pensamento Geográfico na formação do Professor e do Bacharel em 
Geografia. 
 
 
 
 
Ciência e Política: a emergência da Geografia no contexto do século XIX. Papel político-pedagógico do 
ensino de Geografia no processo de institucionalização e consolidação desta ciência. Fundadores da ciência 
geográfica: Alexander von Humboldt, Karl Ritter e Friedrich Ratzel. Paul Vidal De La Blache e a fundação 
da Escola Francesa de Geografia. Anarquismo e Geografia: Elisée Reclus e Piotr Kropotkin. As Sociedades 
de Geografia. Rupturas do pensamento geográfico no século XX: a Geografia Crítica e a Geografia 
Radical, entre outras tendências. Contribuições de Yves Lacoste, Horace Capel, David Harvey e outros. A 
ciência geográfica no Brasil. 
 
 
FICHA DE DISCIPLINA 
OBJETIVOS 
EMENTA 
 
 
 
 
 
 
GGE001-História do Pensamento Geográfico 
 
Projeto Pedagógico do Curso de Graduação em Geografia aprovado em 11/11/2005 na 9º reunião do Conselho de Graduação (Decisão Administrativa nº 19/2005) 
 
 
P
ág
in
a2
 
 
 
 
 
1) Ciência, Método e Política: 
a) a emergência da Geografia no contexto do século XIX; 
b) o papel político-pedagógico do Ensino de Geografia no processo de institucionalização e consolidação da 
Geografia moderna; 
c) as obras de Alexander von Humboldt, Karl Ritter e Friedrich Ratzel. 
2. Confronto entre a Escola Alemã de Geografia e a Escola Francesa de Geografia: 
a) Paul Vidal De La Blache e a proposta da monografia regional; 
b) a Política e Vidal De La Blache no início do século XX. 
3. Anarquismo e Geografia: 
a) as concepções de Elisée Reclus e Piotr Kropotkin. 
4. Papel das Sociedades de Geografia: 
a) a importância da Geografia para se conhecer o mundo. 
5. Rupturas do pensamento geográfico no século XX: 
a) a Geografia Crítica; 
b) a Geografia Radical; 
c) outras tendências. 
6. A ciência geográfica no Brasil: 
a) a influência das escolas alemã e francesa na gênese de uma Geografia Brasileira. 
7. Participação no Projeto Integrado de Pesquisa e Prática Pedagógica (PIPE) 
 
 
 
 
Bibliografia básica: 
ANDRADE, Manoel C. de. (org.). Elisée Réclus. São Paulo: Ática. 1985. 200 p. (Col. Grandes Cientistas Sociais). 
CAPEL, Horace. Filosofia y Ciencia en la Geografía contemporánea. 2a. ed. corregida. Barcelona: Barcanova, 
1981. 509 p. 
CHRISTOFOLETTI, Antonio. Perspectivas da Geografia. São Paulo: DIFEL, 1982. 318 p. 
FEBVRE, Lucien. Morfologia social ou Geografia humana. In: Panorama da Geografia (Livro III \u2013 Geografia 
humana). Lisboa: Cosmos, 1954. 815 p. p. 413-733. 
HARTSHORNE, Richard. Propósitos e Natureza da Geografia. 2a. ed. Trad. Thomaz Newlands Neto. São Paulo: 
Hucitec-EDUSP. 1978. 203 p. (Geografia: Teoria e Realidade). 
KROPOTKIN, Piotr. O que a Geografia deve ser. Seleções de Textos, São Paulo, n. 13, p. 1-9, março 1986. 
LACOSTE, Yves. A Geografia \u2013 isso serve, em primeiro lugar, para fazer a guerra. Trad. Maria Cecília França. 
Campinas: Papirus, 1988. 263 p. 
MENDOZA, Josefina G., JIMÉNEZ, Julio M, CANTERO, Nicolás O. El pensamiento geográfico. Estudio 
interpretativo y antología de textos (De Humboldt a las tendencias radicales). Madrid: Alianza, 1982. 530 p. 
SANTOS, Milton. Por uma Geografia nova. Da crítica da Geografia à Geografia crítica. São Paulo: Hucitec-
EDUSP. 1978. 236 p. (Geografia: Teoria e Realidade). 
SEABRA, M. F. G. Geografia(s) ? Orientação, São Paulo, n. 5, p. 9-17, 1984. 
VIDAL DE LA BLACHE, P. A Geografia na Escola primária. Orientação, São Paulo, n. 9, p. 67-72, 1992. 
VLACH, Vânia Rubia Farias. Geografia em debate. Belo Horizonte: Lê, 1990. 104 p. 
_______. Geografia em construção. Belo Horizonte: Lê, 1991. 128 p. 
 
Bibliografia complementar: 
AZEVEDO, Aroldo de. A Geografia Francesa e a Geração dos Anos Setenta. Boletim Paulista de Geografia. São 
Paulo: AGB, n. 50, p. 7-28, 1976. 
BERDOULAY, Vincent. La formation de l\u2019école française de géographie (1870-1914). 2e. éd. Paris: Comitê des 
travaux historiques et scientifiques. 1995. 253 p. 
LACOSTE, Yves. A Geografia. In: CHÂTELET, François (org.). A Filosofia das Ciências Sociais. De 1860 aos 
nossos dias. 2a. ed. Trad. Hilton Japiassú. Rio de Janeiro: Zahar, 1974. 330 p. p.221-274. (História da Filosofia. 
Idéias, Doutrinas, v. 7). 
CARVALHO, Marcos Bernardino de. Da Antropogeografia do final do século XIX aos desafios 
transdisciplinares do final do século XX: o debate sobre as abordagens integradas da Natureza e da Cultura nas 
Ciências Sociais. São Paulo: PUC, 1998. 350 p. (Tese de Doutorado em Ciências Sociais). 
VLACH, Vânia Rubia F. Sociedade moderna, educação e ensino de Geografia. In: VEIGA, Ilma P. A. e 
CARDOSO, Maria Helena F. (org.). Escola fundamental: currículo e ensino. Campinas: Papirus. 1991. 216 p. p. 
171-184. (Col. Magistério: formação e trabalho pedagógico). 
 
DESCRIÇÃO DO PROGRAMA 
BIBLIOGRAFIA