DSG1002_12_2_RELATORIO G2 (2)
5 pág.

DSG1002_12_2_RELATORIO G2 (2)


DisciplinaProj Basico-planejamento3 materiais25 seguidores
Pré-visualização2 páginas
Orientações para o Documento textual a ser entregue na G2 
 
 
Projeto, Planejamento e Desenvolvimento II - DSG 1002 
 
 
 
 
 
 
 
 
Professores: Fatima Santos, Flavia Nizia, Joy Till e Luiz Favilla 
Monitoras: Ana Carolina Falcão e Carolina Ferraz 
Supervisora: Roberta Portas 
 
 
 
 
 
 
 
 
Departamento de Artes & Design - PUC-Rio 
2012.1 
 
Orientações para o Documento textual a ser entregue na G2 
 
 
Projeto, Planejamento e Desenvolvimento II - DSG 1002 2 
 
Linhas gerais 
O texto deverá ser escrito entre a linguagem jornalística - que possa dar conta da narração 
da sequência de acontecimentos do desenrolar do projeto - e o tom de uma escrita 
etnográfica - em que se prevê a descrição da própria experiência do processo não com um 
foco autobiográfico e nem infantil, mas como uma afirmação de autoridade, produzindo um 
certo distanciamento que permita ao sujeito/narrador transformar o olhar pessoal em 
observação cultural. 
Essa mistura permitirá que o aluno consiga ter um distanciamento do objeto pesquisado, 
transformando sua vivência em informação sem, contudo, ficar muito distante dele e sem 
retirar da escrita seu envolvimento no processo. A linguagem jornalística traz objetividade e 
informação. 
A escrita etnográfica traz envolvimento e observação. A característica formal básica seria 
um texto narrado no passado, dando conta de uma experiência já acontecida, sem uso 
demasiado de adjetivos, que nesse caso reduz a informação e não permite uma leitura mais 
ampla do objeto. Quanto mais se descreve e narra, menos se julga e mais se permite ao 
leitor formar as próprias ideias da informação que está sendo transmitida. 
O texto deve ser objetivo, sem ser demasiadamente sintético; deve estar devidamente 
referenciado e embasado em fontes; e seguir uma estrutura de projeto científico (introdução, 
objetivo, justificativa, pesquisa, metodologia, conclusão) para que se comece a ter 
familiaridade com a organização do pensamento dentro desses parâmetros, exigidos não só 
na Academia, mas no mercado. 
O conceito de texto que estamos pedindo é aquele mais amplo possível. Não diz respeito 
somente à narrativa escrita de uma obra, mas a um vasto processo de construção de 
sentido que abarca todas as linguagens, sobretudo a visual, como o desenho e a fotografia. 
A estrutura do documento vai além do relato acima comentado. Deve ter capa, folha de 
rosto e sumário, além de agradecimentos e referências bibliográficas, mas não 
necessariamente em formato A4. 
Por fim, a intenção é que se possa aproveitar este momento de preparação e redação do 
texto. Que seja uma ocasião para se processarem as ideias, as escolhas e as decisões em 
relação ao processo vivido, bem como para aprender a elaborar um projeto e ainda ter a 
oportunidade de produzir um registro documental que deverá ser compreendido e 
reproduzido por terceiros. 
 
Documentos a serem entregues 
G1,5 | Relatório já estruturado (projeto gráfico, sequência e previsão de conteúdos) em 
forma de esboço ou seja, formato rascunho. 
G2 | Relatório em sua versão final (impresso, encadernado) com documentação do 
produto final. 
Ficha resumo (modelo e conteúdo serão disponibilizados em breve). 
2 Pranchas formato A2 (modelo e conteúdo serão disponibilizados em breve). 
Cd com a versão digital dos 3 documentos acima. 
 
Detalhamento dos itens do relatório 
Sobre o Texto 
Texto claro e objetivo, que respeite as regras da língua portuguesa. 
Sobre as Imagens 
Legendar e, quando for o caso, comentar, desenhos ou fotografias que ilustrem a situação 
de projeto, os dados levantados e as primeiras ideias de solução. 
Se a imagem não for de autoria própria, a fonte deverá ser citada. 
 
Orientações para o Documento textual a ser entregue na G2 
 
 
Projeto, Planejamento e Desenvolvimento II - DSG 1002 3 
 
 
Sobre a Capa 
Criativa, a critério do aluno, mas obrigatoriamente deve constar o título e o nome da dupla. 
O título deve ser conciso e capaz de identificar os principais elementos do projeto. É preciso 
ter em mente que o título deve ser cuidadosamente elaborado, já que é o responsável pela 
formação das primeiras impressões sobre o projeto, que poderão predispôr ao leitor a 
desenvolver uma ideia do assunto. 
Sobre o Sumário 
É a relação sequenciada dos itens, com os números e títulos respectivos, seguidos da 
página em que se iniciam. Permite ao leitor já uma noção a respeito do conteúdo do projeto. 
Deve ser a última parte a ser redigida, pois a referência das páginas não deve conter erros. 
Sobre os Agradecimentos (opcional) 
Algumas ou muitas pessoas, de variadas formas, possivelmente contribuíram para o 
Projeto. Ao longo do trabalho, deve-se ir anotando os nomes daqueles que contribuíram e 
que a dupla gostaria de agradecer para que não sejam esquecidas pessoas importantes. 
Agradeça singelamente. Seja breve. Importa mostrar apenas que não esqueceu o auxílio 
recebido. Por outro lado, dependendo da pessoa, se quiser, transmita gratidão com mais 
ênfase. 
 
Conteúdo propriamente dito 
Sobre a Introdução 
Esta parte dá conta, de maneira resumida, da totalidade do projeto: uma apresentação mais 
genérica com a sugestão do tema São Tomé e Príncipe; a escolha do problema específico 
da dupla, sugerindo contexto trabalhado e apresentando a justificativa da escolha; principais 
desafios encontrados; e objetivo alcançado. A ordem desses subitens pode variar, mas 
todos são necessários. 
Perguntas que podem ajudar na elaboração do texto: 
Qual a oportunidade, necessidade ou problema de projeto que você identificou em relação a 
São Tomé e Príncipe? Lembre-se dos vários mapas que desenvolvemos desde antes da 
formação das duplas. 
Qual é a relevância deste projeto que justifique seu desenvolvimento? Lembre-se da sua 
apresentação de G1 e de todas as sugestões recebidas. 
Com precisão e clareza, diga qual o seu objetivo com o desenvolvimento desse projeto. 
Lembre-se dos exercícios feitos ao longo do semestre tais como: 
prancha conceito com a Profa. Roberta Portas, desenhos e 
textos realizados nas aulas dos Profs. Favilla e Romulo 
Matteoni, o exercício da simulação de um tweet, entre outros. 
 
Sobre o Objetivo do trabalho 
A palavra \u201cobjetivo\u2019 é um derivativo do termo latino objectus, \u201cobjeto\u201d, que significa algo que 
é lançado diante dos nossos sentidos ou mente. Objetivo é um \u201calvo\u201d, ou fim que se 
pretende atingir, um fim movido por um propósito. Quando se atira uma flecha, mira-se em 
um alvo. Os objetivos do projeto se parecem, portanto, com uma flecha na direção de um 
alvo. Uma vez que o mirar do alvo antecede o lançamento da flecha, os objetivos também 
trazem dentro de si o sentido de intenção que guia a mira. O que o projeto visa alcançar? 
Essa é a questão central para o objetivo. 
Sobre a Justificativa 
Constitui uma espécie de apresentação inicial do projeto, sua origem, as razões e os 
motivos que o mobilizaram para desenvolver o projeto. Apresenta respostas à questão por 
quê? Apresentação de argumentos que possam justificar a importância do tema e dos 
caminhos escolhidos para desenvolvimento do projeto. É importante expôr sua possível 
contribuição para o contexto com o objeto que vai ser configurado. 
 
 
Orientações para o Documento textual a ser entregue na G2 
 
 
Projeto, Planejamento e Desenvolvimento II - DSG 1002 4 
 
 
 
Sobre a pesquisa a respeito de São Tomé e Príncipe como um todo, passando pelos 
subgrupos \u2013 educação, cultura, infraestrutura e saúde - e sobre a questão específica 
escolhida para trabalhar 
Breve histórico contendo informações relevantes sobre São Tomé e Príncipe, tentando 
particularizar as informações de acordo com o tema escolhido de projeto, ou seja, quais das 
informações pesquisadas foram fundamentais para o caminho seguido na realização do 
projeto.