Buscar

UNID IV Técnicas de RAD

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você também pode ser Premium ajudando estudantes

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você também pode ser Premium ajudando estudantes

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você também pode ser Premium ajudando estudantes
Você viu 3, do total de 13 páginas

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você também pode ser Premium ajudando estudantes

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você também pode ser Premium ajudando estudantes

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você também pode ser Premium ajudando estudantes
Você viu 6, do total de 13 páginas

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você também pode ser Premium ajudando estudantes

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você também pode ser Premium ajudando estudantes

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você também pode ser Premium ajudando estudantes
Você viu 9, do total de 13 páginas

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você também pode ser Premium ajudando estudantes

Prévia do material em texto

Técnicas de Restauração Florestal de Áreas 
Degradadas
Profª. Eleide Leite Maia
UNIVERSIDADE FEDERAL DO PIAUÍ
CAMPUS PROFa CINOBELINA ELVAS 
DISCIPLINA: RECUPERAÇÃO DE ÁREAS DEGRADADAS
Bom Jesus, PI
Regeneração Natural
O procedimento é mais simples e barato de RAD.
Tempo necessário de regeneração é longo e está ligado
ao grau de degradação.
U
N
ID
A
D
E
 I
V
: 
T
é
cn
ic
a
s 
d
e
 R
e
st
a
u
ra
çã
o
 F
lo
re
st
a
l d
e
 
Á
re
a
s 
D
e
g
ra
d
a
d
a
s
ISERNHAGEN et al., 2009
(pág. 93)
KOBIYAMA et al., 2001 (pág. 14)
http://www.epamig.br/download/ia_210_recuperacao-de-areas-degradadas_mai_jun_2001/
Acesso em: 18 jul 2020.
http://www.lerf.esalq.usp.br/divulgacao/produzidos/livros/pacto2009.pdf > Acesso em: 16/ jul /2020.
http://www.lerf.esalq.usp.br/divulgacao/produzidos/livros/pacto2009.pdf
http://www.epamig.br/download/ia_210_recuperacao-de-areas-degradadas_mai_jun_2001/
http://www.lerf.esalq.usp.br/divulgacao/produzidos/livros/pacto2009.pdf
Pode ser suficiente para a restauração florestal em:
Áreas onde a degradação não foi muito intensa,
banco de sementes do solo não foi perdido,
quando existem fontes de sementes próximas.
Torna-se imprescindível eliminar o fator de degradação
U
N
ID
A
D
E
 I
V
: 
T
é
cn
ic
a
s 
d
e
 R
e
st
a
u
ra
çã
o
 F
lo
re
st
a
l d
e
 
Á
re
a
s 
D
e
g
ra
d
a
d
a
s
MARTINS, 2016 (pág. 66)
Regeneração Natural
“Aspecto importante a ser considerado, ao se planejar a
recuperação de uma área degradada: matriz vegetacional onde essa
área está inserida”.
Ex: 1. matriz vegetacional culturas agrícolas (plantações de soja)
“Processo de regeneração tende a ser extremamente lento,
ou mesmo não ocorrer”.
2. matriz vegetacional (remanescentes florestais)
“Pode ser rápida e resultar numa floresta com razoável
diversidade de espécies”.
U
N
ID
A
D
E
 I
V
: 
T
é
cn
ic
a
s 
d
e
 R
e
st
a
u
ra
çã
o
 F
lo
re
st
a
l d
e
 
Á
re
a
s 
D
e
g
ra
d
a
d
a
s
MARTINS, 2016 (pág. 67)
Regeneração Natural
Técnicas para estimular a regeneração natural
Incorporação de sementes de espécies arbóreas ao banco
de sementes do solo:
Semeadura direta
(enriquecimento e adensamento do banco de sementes do
solo)
U
N
ID
A
D
E
 I
V
: 
T
é
cn
ic
a
s 
d
e
 R
e
st
a
u
ra
çã
o
 F
lo
re
st
a
l d
e
 
Á
re
a
s 
D
e
g
ra
d
a
d
a
s
Regeneração Natural
U
N
ID
A
D
E
 I
V
: 
T
é
cn
ic
a
s 
d
e
 R
e
st
a
u
ra
çã
o
 F
lo
re
st
a
l d
e
 
Á
re
a
s 
D
e
g
ra
d
a
d
a
s
“Em geral, as áreas degradadas encontram-se no
estádio secundário de sucessão.
São locais já povoados anteriormente, cujas
comunidades foram eliminadas por modificações
climáticas ou pela a ação do homem”.
O primeiro passo para a recuperação seria
implantar espécies que auxiliem na formação de um
substrato favorável à implantação de espécies do estádio
final.
Regeneração Natural
KOBIYAMA et al., 2001 (pág. 15)
http://www.epamig.br/download/ia_210_recuperacao-de-areas-degradadas_mai_jun_2001/
Acesso em: 18 jul 2020.
http://www.epamig.br/download/ia_210_recuperacao-de-areas-degradadas_mai_jun_2001/
U
N
ID
A
D
E
 I
V
: 
T
é
cn
ic
a
s 
d
e
 R
e
st
a
u
ra
çã
o
 F
lo
re
st
a
l d
e
 
Á
re
a
s 
D
e
g
ra
d
a
d
a
s
ISERNHAGEN et al., 2009 (pág. 33)
http://www.lerf.esalq.usp.br/divulgacao/produzidos/livros/pacto2009.pdf Acesso em: 16/ jul /2020.
http://www.lerf.esalq.usp.br/divulgacao/produzidos/livros/pacto2009.pdf
U
N
ID
A
D
E
 I
V
: 
T
é
cn
ic
a
s 
d
e
 R
e
st
a
u
ra
çã
o
 F
lo
re
st
a
l d
e
 
Á
re
a
s 
D
e
g
ra
d
a
d
a
s
ISERNHAGEN et al., 2009 (pág. 39)
http://www.lerf.esalq.usp.br/divulgacao/produzidos/livros/pacto2009.pdf Acesso em: 16/ jul /2020.
http://www.lerf.esalq.usp.br/divulgacao/produzidos/livros/pacto2009.pdf
Seleção de espécies para restauração 
florestal
Para a implantação um novo povoamento é
necessário identificar as espécies vegetais de ocorrência
regional, em locais com as mesmas características da área
a ser recuperada, feita através do levantamento
florístico.
U
N
ID
A
D
E
 I
V
: 
T
é
cn
ic
a
s 
d
e
 R
e
st
a
u
ra
çã
o
 F
lo
re
st
a
l d
e
 
Á
re
a
s 
D
e
g
ra
d
a
d
a
s
KOBIYAMA et al., 2001 (pág. 15)
http://www.epamig.br/download/ia_210_recuperacao-de-areas-degradadas_mai_jun_2001/
Acesso em: 18 jul 2020.
http://www.epamig.br/download/ia_210_recuperacao-de-areas-degradadas_mai_jun_2001/
Critérios básicos na seleção de espécies para
restauração florestal:
 Plantar espécies nativas com ocorrência em florestas
da mesma microbacia hidrográfica ou da região;
 Plantar o maior número possível de espécies para
gerar alta diversidade;
U
N
ID
A
D
E
 I
V
: 
T
é
cn
ic
a
s 
d
e
 R
e
st
a
u
ra
çã
o
 F
lo
re
st
a
l d
e
 
Á
re
a
s 
D
e
g
ra
d
a
d
a
s
MARTINS, 2016 (pág. 67)
Seleção de espécies para restauração 
florestal
Critérios básicos na seleção de espécies para
restauração florestal:
 Plantar mudas oriundas de sementes obtidas em
várias árvores matrizes de diferentes remanescentes
florestais;
 Utilizar combinações de espécies pioneiras de rápido
crescimento junto com espécies não pioneiras;
U
N
ID
A
D
E
 I
V
: 
T
é
cn
ic
a
s 
d
e
 R
e
st
a
u
ra
çã
o
 F
lo
re
st
a
l d
e
 
Á
re
a
s 
D
e
g
ra
d
a
d
a
s
MARTINS, 2016 (pág. 67)
Seleção de espécies para restauração 
florestal
Critérios básicos na seleção de espécies para
restauração florestal:
 Plantar espécies atrativas à fauna;
 Respeitar a tolerância das espécies à umidade do
solo;
 Em solos degradados, plantar espécies leguminosas
fixadoras de nitrogênio, juntamente com outras
espécies nativas.U
N
ID
A
D
E
 I
V
: 
T
é
cn
ic
a
s 
d
e
 R
e
st
a
u
ra
çã
o
 F
lo
re
st
a
l d
e
 
Á
re
a
s 
D
e
g
ra
d
a
d
a
s
MARTINS, 2016 (pág. 67)
Seleção de espécies para restauração 
florestal
Bibliografia:
MARTINS, S. V. Recuperação de áres degradadas: como recuperar
áreas de preservação permanente, voçorocas, taludes rodoviários e
áreas de mineração. 4ª ed. Viçosa: Aprenda Fácil, 2016. 266p.
KOBIYAMA, M.; MINELLA, J. P. G.; FABRIS, R. Áreas degradadas e
sua recuperação. Informe Agropecuário, Belo Horizonte, v.22, n.210,
p. 10-17, maio/jun. 2001. Disponível em:
http://www.epamig.br/download/ia_210_recuperacao-de-areas-
degradadas_mai_jun_2001/ Acesso em: 18 jul 2020.
U
N
ID
A
D
E
 I
V
: 
T
é
cn
ic
a
s 
d
e
 R
e
st
a
u
ra
çã
o
 F
lo
re
st
a
l d
e
 
Á
re
a
s 
D
e
g
ra
d
a
d
a
s
http://www.epamig.br/download/ia_210_recuperacao-de-areas-degradadas_mai_jun_2001/
http://www.epamig.br/download/ia_210_recuperacao-de-areas-degradadas_mai_jun_2001/

Outros materiais