HEB- Aula 7

HEB- Aula 7


DisciplinaHistória da Educação no Brasil2.928 materiais33.973 seguidores
Pré-visualização1 página
A institucionalização da instrução pública pela monarquia constitucional brasileira
Cynthia Greive Veiga
Tema da Apresentação
*
Tema da Apresentação
*
	Como a administração da estrutura educacional foi encampada pelo Estado?
*
Tema da Apresentação
*
Tema da Apresentação
*
Tema da Apresentação
*
Contexto: 
Ainda colonial, sob a autoridade da monarquia portuguesa em sintonia com as reformas iluministas. Com a Independência e a vingência da monarquia constitucional, a disseminação da Escola Pública integrava o projeto de construção da nação, num contexto escravocrata que perdurou até 1888.
*
Tema da Apresentação
*
Tema da Apresentação
*
Tema da Apresentação
*
1750 a 1822
Três reis ocuparam o trono português:
José I (1750 a 1777)
Maria I (1777 a 1792)
João VI (1792 a 1821)
Fatos políticos marcantes:
Mudança da sedes do vice reinado da Bahia para o Rio de Janeiro (1763);
Inconfidência Mineira (1789 a 1798);
Transferência da Corte para a Colônia (1808);
Elevação do Brasil a Reino Unido a Portugal (1815);
Revolução constitucionalista portuguesa (1820)
Retorno de João VI a Portugal (1821);
Pedro I e o Império do Brasil (1822).
*
Tema da Apresentação
*
Tema da Apresentação
*
Tema da Apresentação
*
Diretório que se deve observar nas povoações dos índios do Para e Maranhão: 1758
Transformava os aldeamentos indígenas em vilas;
Ordenava a substituição da língua geral pelo português;
Criava aulas para meninos índios (alfabetização, doutrina cristã e aritmética básica) e para meninas (alfabetização, doutrina cristã, rendas e costura);
Professores pagos pelos pais ou responsáveis pelas crianças
*
Tema da Apresentação
*
Tema da Apresentação
*
Tema da Apresentação
*
Primeiras Reformas na Educação Escolar \u2013 1759
1ª Etapa da Reforma Pombalina
Expulsão dos jesuítas: 
Ineficácia do método para integração do índio na sociedade colonial;
Insuficiência dos métodos educacionais na formação 
Recusa da ordem de pagar taxas e dízimos;
Grande extensão de suas atividades econômicas e propriedades.
Criação da Academia Brasílica dos Esquecidos em Salvador
*
Tema da Apresentação
*
Tema da Apresentação
*
Tema da Apresentação
*
Alvará Régio de 28 de junho de 1759
Extingue todas as escolas jesuíticas;
Estabelece diretrizes administrativas gerais;
Cria o cargo de Diretor de Estudos;
Novo método de ensino público e gratuito de Gramática latina, grego, retórica;
Impedimento para ensinar sem licença do diretor de estudos;
Nomeação de professores régios;
Privilégios da \u201cnobreza ordinária\u201d para professores \u2013 distinção social;
Regulamentação a criação e a forma de povimento das cadeiras de ensino.
*
Tema da Apresentação
*
Tema da Apresentação
*
Tema da Apresentação
*
Função do professor: educar a mocidade na virtude e preservação da união cristã e sociedade civil.
Pretendente: redigir requerimento declarando sua pretensão de ensino e experiência; seriam recolhidas informações de ex-alunos sobre sua competência, vida e hábitos. Depois eram prestados exames
Horário das aulas: 3h pela manhã e 3h à tarde
Férias: setembro
Em 1760 : Alvará régio de aprovação das providências interinas do Diretor Geral \u2013 exames realizados diante de banca, contando com o Diretor geral ou comissários. Primeiros exames: Bahia
Em 1761: no Rio de Janeiro
*
Tema da Apresentação
*
Tema da Apresentação
*
Tema da Apresentação
*
Sistema de Ensino
AULAS RÉGIAS
Aulas avulsas em salas alugadas nos prédios das antigas escolas da Cia de Jesus ou na casa dos professores, que eram autorizados e nomeados pelo rei.
As aulas régias vão perdurar por muito tempo, mesmo no século XIX quando foram criados novos colégios e liceus.
*
Tema da Apresentação
*
Tema da Apresentação
*
Tema da Apresentação
*
Primeiras Reformas na Educação Escolar \u2013 1771
2ª Etapa da Reforma Pombalina
Extinção da Diretoria Geral de Estudos
Educação passa a ser administrada pela Real Mesa Censória (1768)
Alvará de 06 de novembro de 1772: reforma da Universidade de Coimbra, criação das cadeiras de filosofia racional, economia política, desenho, comércio, francês e inglês; criação do subsídio literário: imposto que financiaria o ensino público (centralização do recolhimento de taxas para manutenção de escolas que seriam recolhidas a cada 4 meses).
Criação da Academia Científica do Rio de Janeiro - 1772
*
Tema da Apresentação
*
Tema da Apresentação
*
Tema da Apresentação
*
1ª Constituição do Império (1824)
Brasil é nação livre e independente. 
Assegura instrução pública, gratuita, direito inviolável de todo cidadão brasileiro (= homens livres)
*
Tema da Apresentação
*
Tema da Apresentação
*
Tema da Apresentação
*
Lei Imperial de 15/10/1827
 Implantação oficial da escola mútua (método lancasteriano)
*
Tema da Apresentação
*
Tema da Apresentação
*
Tema da Apresentação
*
Dificuldade para essa implantação: 
- é uma nova organização da aula e não novo método de conhecer;
- professores sem preparo adequado;
- locais insuficientes;
- falta de material;
- classes populares manterem seus filhos na escola;
- alteração nos postos de comando na área educacional;
- condições de frequência dos alunos (pobreza, trabalho infantil)
*
Tema da Apresentação
*
Tema da Apresentação
*
Tema da Apresentação
*
Crises:
Imperador (monarquia centralizadora) x proprietário de terra e escravos
1831 \u2013 Pedro I abdica
1831/1840 - Regencias (iniciativas progressistas e conservadoras)
Educação Estatal: para todos, mas havia distinção entre elite e classes populares
Instrução Pública Nacional \u2013 século XIX
Ato Adicional de 1834 \u2013 autonomia local
*
Tema da Apresentação
*
Tema da Apresentação
*
Tema da Apresentação
*
ATIVIDADE
Faça um resumo do texto:
Escola pública para os negros e os pobres no Brasil: uma invenção imperial, de Cynthia Greive Veiga
Disponível em:
http://www.scielo.br/pdf/rbedu/v13n39/07.pdf
Normas:
Folha A4
Tipo de letra: New times roman
Tamanho da letra: 12
Espaço entre linhas: 1,5
400 palavras
*
Tema da Apresentação
*
Tema da Apresentação