WL-P & R-04-Direito Constitucional-09-Os Princípios do Estado de Direito-004
2 pág.

WL-P & R-04-Direito Constitucional-09-Os Princípios do Estado de Direito-004


DisciplinaDireito Constitucional I57.730 materiais1.412.530 seguidores
Pré-visualização1 página
\ufffd INCLUDEPICTURE "http://t0.gstatic.com/images?q=tbn:ANd9GcTlzEsfAOs7FECPBSYbP4fZ1u_R0PVj8ClaiZWCstsE3GSAzZYC" \* MERGEFORMATINET \ufffd\ufffd\ufffd\ufffdWaldeck Lemos
Perguntas & Respostas\ufffd\ufffd INCLUDEPICTURE "http://t0.gstatic.com/images?q=tbn:ANd9GcTlzEsfAOs7FECPBSYbP4fZ1u_R0PVj8ClaiZWCstsE3GSAzZYC" \* MERGEFORMATINET \ufffd\ufffd\ufffd\ufffd\ufffdDisciplina:
Direito Constitucional\ufffdFolha:
\ufffdPAGE \* MERGEFORMAT \ufffd1\ufffd de \ufffdNUMPAGES \* MERGEFORMAT \ufffd2\ufffd\ufffd\ufffd
\ufffd INCLUDEPICTURE "http://t0.gstatic.com/images?q=tbn:ANd9GcTlzEsfAOs7FECPBSYbP4fZ1u_R0PVj8ClaiZWCstsE3GSAzZYC" \* MERGEFORMATINET \ufffd\ufffd\ufffd\ufffdWaldeck Lemos
Perguntas & Respostas\ufffd\ufffd INCLUDEPICTURE "http://t0.gstatic.com/images?q=tbn:ANd9GcTlzEsfAOs7FECPBSYbP4fZ1u_R0PVj8ClaiZWCstsE3GSAzZYC" \* MERGEFORMATINET \ufffd\ufffd\ufffd\ufffd\ufffdDisciplina:
Direito Constitucional\ufffdFolha:
\ufffdPAGE \* MERGEFORMAT \ufffd2\ufffd de \ufffdNUMPAGES \* MERGEFORMAT \ufffd2\ufffd\ufffd\ufffd
Questões
	
	Fonte: CRETELLA JUNIOR, J. e CRETELLA NETO, J. - 1.000 Perguntas e Respostas de Direito Constitucional \u2013 Editora Forense Jurídica (Grupo GEN).
	
	CAPÍTULO 09 - OS PRINCÍPIOS DO ESTADO DE DIREITO
	
	01) O que se entende por Direitos Públicos Subjetivos?
R.: Direitos Públicos Subjetivos é expressão que designa o conjunto de direitos do homem em relação ao Estado, como, por exemplo, o direito de ação, que é o direito a deduzir pretensões em juízo e o de receber a prestação jurisdicional adequada do órgão público competente.
02) Qual a evolução histórica da inserção dos direitos fundamentais do homem nos ordenamentos jurídicos?
R.: Inicialmente, no século XVIII, os direitos fundamentais eram proclamados em documentos solenes (ex.: Declaração dos Direitos do Homem e do Cidadão); a seguir, no século XIX, passaram a integrar os preâmbulos das Constituições e dos tratados internacionais (nestes últimos, ainda aparecem dessa forma); a partir do século XX, ganharam lugar no próprio corpo das Constituições, positivando-se como normas jurídicas constitucionais. 
03) Quais as características gerais das primeiras declarações de direitos?
R.: As primeiras declarações de direitos, na Idade Média, continham enumerações de direitos do homem, em abstrato, a eles destinados como cidadãos (os forais), ou a determinados grupos de indivíduos, pertencentes a corporações ou a cidades (caso das cartas de franquia); as declarações, a partir do século XVIII, expressam os direitos do homem como uma delimitação ao poder do Estado.
04) Em que consistiam os primeiros direitos sociais e econômicos, que passaram a ser objeto de tutela do Estado-previdência?
R.: O Estado-previdência, além das delimitações constitucionalmente previstas, passou a ser titular de novas atribuições constitucionais, para criar serviços públicos destinados a cumprir suas obrigações de cunho social, econômico e previdenciário; o Estado passou, também, a garantir ao indivíduo o direito de reunião e de associação.
05) Qual o alcance jurídico dos direitos fundamentais do homem? 
R.: Os direitos fundamentais do homem ganharam amplitude e importância tanto no ordenamento jurídico interno dos países, pois adquiriram o peso de normas constitucionais positivas, quanto no plano internacional, por constituírem objeto de inúmeros tratados e convenções.
06) Quais as principais características dos direitos fundamentais do homem?
R.: As principais características dos direitos fundamentais do homem são: a) inalienabilidade; b) imprescritibilidade; e c) irrenunciabilidade.
07) Em que consiste a inalienabilidade dos direitos fundamentais do homem?
R.: A inalienabilidade consiste na impossibilidade jurídica de transferir esses direitos (à vida, à liberdade), a qualquer título, por não terem conteúdo patrimonial.
08) Em que consiste a imprescritibilidade dos direitos fundamentais do homem?
R.: A imprescritibilidade consiste na possibilidade jurídica de pleitear sua tutela sem qualquer limite de tempo, ainda que jamais exercidos, ou exercidos por algum tempo, somente, pois consistem em direitos de cunho personalíssimo, não sendo jamais atingidos pela prescrição.
09) Em que consiste a irrenunciabilidade dos direitos fundamentais do homem?
R.: A irrenunciabilidade consiste na impossibilidade jurídica de o indivíduo abrir mão desses direitos, expressa ou tacitamente, não deixando de gozar de sua tutela jurídica, pelo seu não-exercício, ou por deixar de exercê-los.
10) Em que Constituições passaram a constar os direitos fundamentais do homem, em sua perspectiva moderna?
R.: Os direitos fundamentais do homem passaram a constar da Constituição mexicana, de 1917, com pequena repercussão, e das Constituições republicanas de Weimar (1919) e da Espanha (1931); na Declaração russa de 1918 e nas Constituições soviéticas, não havia delimitação ao poder do Estado frente ao indivíduo, sendo os direitos fundamentais do homem reconhecidos dentro de uma visão coletivizada e uniforme da sociedade.
==XXX==
Perguntas & Respostas/WLAJ/DP
Perguntas & Respostas/WLAJ/DP