Aula_10

Aula_10


DisciplinaMercado Financeiro9.467 materiais69.614 seguidores
Pré-visualização2 páginas
é referenciado na taxa média calculada pelo Cetip - Centro de Custódia e Liquidação Financeira de Títulos .
*
*
*
Mercado de Derivativos
Contrato Futuro de Índice Bovespa
Operando no mercado futuro de índice, o investimento pode diminuir ou eliminar o risco sistêmico, fazendo seu hedge contra uma desvalorização do seu portfólio ou defendendo-se para que uma possível alta de preços não venham a frustrar seus objetivos.
*
*
*
Mercado de Derivativos
Mercado de Opções
Opção é um direito de optar por comprar ou vender algum ativo em determinada data, por um preço pré-estabelecido. 
Existem dois tipos de opções:
Opção de Compra (call) \u2013 é o direito de comprar o ativo, por um determinado preço, se assim desejar o investidor.
 
Opção de Venda (put) \u2013 é o direito de vender o ativo, por um determinado preço, se assim desejar o investidor.
*
*
*
Mercado de Derivativos
Conceitos básicos utilizados no Mercado de Opções: 
Titular 
Ativo-objeto 
Opção de Compra 
Opção de Venda 
Lançador 
Prêmio 
Preço de Exercício 
Data de Vencimento 
Séries de uma Opção 
Opção descoberta 
*
*
*
Mercado de Derivativos
Indicadores de Dividendos
 Uma das formas da empresa remunerar seus acionistas é pela distribuição de parte dos seus lucros, que são camados de dividendos 
Para fazer uma análise do histórico de distribuição de dividendos de uma empresa calcula-se o Índice de Payout que se dá pela relação entre os Dividendos / Lucro Líquido da empresa. 
*
*
*
Mercado de Derivativos
*
*
*
Mercado de Derivativos
Swap significa troca. É um instrumento de hedge e gestão de risco, não tendo como finalidade levantamento de fundos e é uma das formas de mercado derivativo mais conhecidas. Os swaps são normalmente usados como instrumento para casamento de prazos e indexadores de dívidas, permitindo essa cobertura a custos menores.
*
*
*
Mercado de Derivativos
Os swaps podem ser realizados diretamente entre duas empresas não financeiras, entre uma Instituição Financeira e uma empresa não financeira, ou, ainda, entre duas Instituições Financeiras. Nos casos em que há a participação de Instituição Financeira, o swap poderá estar sendo realizado como estratégia da Instituição, ou, para repassar posições de swap assumidas com outras empresas (ou Instituições Financeiras).
*