2012.05.14 - Yoshino non-neutralidade da moeda
25 pág.

2012.05.14 - Yoshino non-neutralidade da moeda


DisciplinaEconomia Monetária738 materiais16.182 seguidores
Pré-visualização2 páginas
ro (taxa de juro sem prêmio de risco ou taxa livre de risco); e ii) os juros pagos nos depósitos em relação ao ro. Este aumento do spread de juros leva ao fenômeno de credit crunch: o aumento do prêmio de risco, provoca a queda na remuneração dos depósitos levando ao poupador diminuir a aplicação no CDB. Os depósitos caem de (do) para (d1). Isto reduz a intermediação financeira, por mais que o BC injete base monetária. Ocorre o fenômeno de "empoçamento de liquidez" ou redução do multiplicador bancário. Isto ocorreu na crise bancária brasileira de 1995, depois do Plano Real. Este fenômeno foi antes documentado por Bagehot (1983): Lombard Street. 
\ufffd
A equação (11) é ilustrada no gráfico abaixo mostrando o custo social (welfare loss) da crise: famoso triângulo de Harberger dada pela área A-B-O 
 
\ufffd
Outra explicação é dada por Cochrane. 
Pao parâmetro \u3b1 \u2208 (0,1) caracteriza a formação do hábito: uma queda do consumo com a crise aumenta a utilidade marginal do consumo hoje e diminui no próximo período. Quanto menos consume hoje, se acostuma com a dieta \u2013 forma o hábito-, e acorde com menos fome amanhã. 
Onde \u3b4 governa a taxa de depreciação do estoque de hábito, e o parâmetro \u3bb mede a sensitividade do estoque de hábito atual em função consumo corrente. 
Com a crise, cai o consumo e aumenta a aversão ao risco. 
\ufffd
Non-Neutralidade da Moeda no Contexto da Crise Atual\ufffdJoe Akira Yoshino
Ineficácia da Política Monetária na Crise: Queda do Multiplicador Bancário
AAumento da aversão ao risco na crise
\ufffd
\ufffdPAGE \ufffd