A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
3 pág.
Exercício de Fixação, circuitos magnéticos

Pré-visualização | Página 1 de 1

Exercício de Fixação - Circuitos magnéticos
Uma corrente circulando em uma bobina com fio enrolado em um núcleo gera um fluxo magnético nesse núcleo; ou seja, isso é análogo a um circuito elétrico, em que uma tensão gera um fluxo de corrente. Os circuitos a seguir ilustram um circuito elétrico e um magnético, respectivamente. Assim, a respeito da analogia dos circuitos magnéticos e elétricos, assinale a alternativa correta.
Escolha uma opção:
a. No circuito elétrico, o fluxo de corrente é injetado por tensão ou força eletromotriz, assim como nos circuitos magnéticos.
b. A relutância nos circuitos magnéticos é o equivalente da resistência elétrica, pois obedece às mesmas regras que as resistências em um circuito elétrico. 
c. Quando em paralelo em um circuito magnético, a relutância equivalente é a soma das relutâncias do circuito, assim como as resistências nos circuitos elétricos.
d. Uma corrente circulando em uma bobina com fio enrolado em um núcleo gera um fluxo magnético nesse núcleo; ou seja, isso é análogo a um circuito elétrico, em que uma tensão gera um fluxo de corrente. Os circuitos a seguir ilustram um circuito elétrico e um magnético, respectivamente. Assim, a respeito da analogia dos circuitos magnéticos e elétricos, assinale a alternativa correta.
e. Quando em série em um circuito magnético, a relutância equivalente é a soma do inverso das relutâncias do circuito.
A lei fundamental que rege a produção de um campo magnético é conhecida como Lei de Ampére, e, a partir dela, outros conceitos podem ser analisados. Assinale a alternativa correta em relação aos conceitos e às leis que regem a produção de um campo magnético.
Escolha uma opção:
a. A intensidade do campo magnético, H, é a medida do esforço que uma corrente faz para estabelecer um campo magnético. 
b. Existe uma relação entre B e a densidade de fluxo magnético resultante dentro de um material, a qual é representada por H.
c. Considerando que o núcleo é composto por um material ferromagnético, essencialmente todo o campo magnético produzido pela corrente ficará disperso ao seu redor.
d. H representa a densidade do fluxo magnético produzido por uma corrente líquida.
e. A intensidade do campo magnético, B, é a medida do esforço que uma corrente faz para estabelecer um campo magnético.
Onde quer que exista uma corrente circulando, haverá um campo magnético associado a ela, e esse campo magnético atua sobre o sistema que o utiliza em seu funcionamento. Assim, a respeito dos princípios que descrevem os campos magnéticos, assinale a alternativa correta.
Escolha uma opção:
a. Um fio condutor de corrente é capaz de produzir um campo magnético em seu interior.
b. Um fio condutor de corrente é capaz de produzir tensão induzida em seu redor.
c. Se um campo magnético passar através de uma bobina, esta induzirá tensão sobre ele.
d. Na presença de um campo magnético, haverá uma força induzida sobre um fio condutor de corrente. 
e. Um fio que se move na presença de um campo magnético nem sempre apresenta tensão induzida sobre ele.
Os materiais que sofrem a atração de campos magnéticos são chamados de materiais magnéticos, e os mais conhecidos entre estes são os ferromagnéticos. A respeito desses materiais, assinale a alternativa correta.
Escolha uma opção:
a. A utilização desse tipo de material possibilita a obtenção de densidades elevadas de fluxo magnético com níveis relativamente elevados de força magnetizante.
b. A utilização desse tipo de material possibilita a obtenção de densidades baixas de fluxo magnético com níveis relativamente baixos de força magnetizante.
c. A utilização desse tipo de material possibilita a obtenção de densidades baixas de fluxo magnético com níveis relativamente altos de força magnetizante.
d. A utilização desse tipo de material não possibilita a obtenção de densidades de fluxo magnético, devido aos níveis relativamente baixos de força magnetizante.
e. A utilização desse tipo de material possibilita a obtenção de densidades elevadas de fluxo magnético com níveis relativamente baixos de força magnetizante. 
As propriedades básicas dos materiais ferromagnéticos são comuns a todos eles, apesar de eles se caracterizarem por uma ampla faixa de propriedades. Existem dois fenômenos comuns que ocorrem nesses tipos de materiais, os quais definem seu funcionamento em aplicações como transformadores e motores elétricos. A respeito desses dois fenômenos, assinale a alternativa correta.
Escolha uma opção:
a. Os dois fenômenos comuns aos materiais ferromagnéticos são a saturação e a histerese magnética. O primeiro ocorre quando a força magnetizante aplicada ao material é reduzida, e o segundo ocorre quando não há mais aumento da densidade do fluxo magnético.
b. Os dois fenômenos comuns aos materiais ferromagnéticos são a saturação e o momento magnético. O primeiro ocorre quando não há mais aumento da densidade do fluxo magnético, e o segundo ocorre quando a força magnetizante aplicada ao material é reduzida.
c. Os dois fenômenos comuns aos materiais ferromagnéticos são a força magnetizante e o momento magnético. O primeiro ocorre quando a força magnetizante aplicada ao material é reduzida, e o segundo ocorre quando não há mais aumento da densidade do fluxo magnético.
d. Os dois fenômenos comuns aos materiais ferromagnéticos são a saturação e a histerese magnética. O primeiro ocorre quando não há mais aumento da densidade do fluxo magnético, e o segundo ocorre quando a força magnetizante aplicada ao material é reduzida. 
e. Os dois fenômenos comuns aos materiais ferromagnéticos são a histerese magnética e a força magnetizante. O primeiro ocorre quando não há mais aumento da densidade do fluxo magnético, e o segundo ocorre quando a força magnetizante aplicada ao material é reduzida.