Logo Passei Direto

A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
300 pág.
WL-OO-Cursos-01-Direito Administrativo-01-Pontodosconcursos-Leandro

Pré-visualização | Página 22 de 50

– DIREITO ADMINISTRATIVO - PROF. LEANDRO CADENAS 
www.pontodosconcursos.com.br 8
9 O Poder Hierárquico advém da estrutura hierarquizada da 
Administração Pública, podendo o superior, com relação a seu subordinado: 
dar ordens (que devem ser obedecidas, exceto quando manifestamente 
ilegais); fiscalizar (verificação e acompanhamento das tarefas executadas 
pelos subordinados); delegar (repasse de atribuições administrativas de 
responsabilidade do superior para o subalterno); avocar (representa o 
caminho contrário da delegação, é dizer, acontece a avocação quando o 
superior atrai para si a tarefa de responsabilidade do subordinado); rever (os 
atos de seus subordinados, enquanto não for tal ato definitivo, mantendo-o ou 
modificando-o). 
9 O Poder Disciplinar representa o poder-dever de a Administração 
Pública punir seus servidores sempre que cometam faltas, apuradas 
mediante sindicância ou Processo Administrativo Disciplinar, ou o particular 
submetido ao controle estatal, como no caso daquele que descumpre contrato 
administrativo. 
9 O Poder Regulamentar foi conferido pela Constituição Federal aos 
chefes do Poder Executivo federal, municipal e estadual, cabendo-lhes 
editar normas gerais e abstratas que, em complemento à lei, a explicam, 
dando sua correta aplicabilidade. São também chamados de decretos de 
execução. 
9 A partir da edição da Emenda Constitucional nº 32, de 11/09/2001, que 
alterou a redação do inciso VI do mesmo art. 84, também é competente o 
Presidente da República para dispor, mediante decreto, sobre a organização 
e funcionamento da Administração federal, quando não implicar aumento de 
despesa nem criação ou extinção de órgãos públicos, e a extinção de funções 
ou cargos públicos, quando vagos. Esse é o chamado decreto autônomo. 
9 Poder de Polícia é a faculdade de que dispõe a Administração Pública 
para condicionar o uso, o gozo e a disposição da propriedade ou liberdades, 
em prol da coletividade ou do Estado. 
9 Elementos essenciais que caracterizam os atos de polícia: editado pela 
Administração Pública ou por quem lhe faça as vezes; fundamento num vínculo 
geral; interesse público e social; incidir sobre a propriedade ou sobre a 
liberdade. 
 
A seguir, uma série de exercícios... 
Boa sorte. 
 
EXERCÍCIOS 
 
1- (ESAF89) Poder vinculado é aquele que o direito: 
a) atribui ao Poder Público para aplicar penalidades às infrações funcionais de 
seus servidores e demais pessoas sujeitas à disciplina dos órgãos e serviços da 
Administração 
CURSOS ONLINE – DIREITO ADMINISTRATIVO - PROF. LEANDRO CADENAS 
www.pontodosconcursos.com.br 9
b) confere ao Executivo para distribuir e escalonar as funções de seus órgãos, 
ordenar e rever a atuação de seus agentes, estabelecendo a relação de 
subordinação entre os servidores de seu quadro de pessoal 
c) confere à Administração Pública de modo explícito ou implícito, para a 
prática de atos administrativos, com liberdade na escolha de sua conveniência, 
oportunidade e conteúdo 
d) positivo confere à Administração Pública para a prática de ato de sua 
competência, determinando os elementos e requisitos necessários à sua 
formação 
e) incumbe às autoridades administrativas para explicitar a lei na sua correta 
execução ou expedir decretos autônomos sobre matéria de sua competência, 
ainda não disciplinada por lei 
 
2- (ESAF91) Quando determinada lei autoriza a Administração Pública a 
praticar atos, estabelecendo as condições de sua formalização, confere poder 
a) de polícia 
b) vinculado 
c) discricionário 
d) disciplinar 
e) regulamentar 
 
3 - (ESAF/AGU/98) A atividade da Administração Pública que, limitando ou 
disciplinando direitos, interesses ou liberdades individuais, regula a prática de 
ato ou abstenção de fato, em razão do interesse público, nos limites da lei e 
com observância do devido processo legal, constitui mais propriamente o 
exercício do poder 
(a) de domínio 
(b) de polícia 
(c) disciplinar 
(d) hierárquico 
(e) regulamentar 
 
4 - (ESAF/ASSISTENTE JURÍDICO/AGU/99) A atividade negativa que sempre 
impõe uma abstenção ao administrado, constituindo-se em obrigação de não 
fazer, caracteriza o poder 
(a) discricionário 
(b) disciplinar 
(c) normativo 
(d) de polícia 
(e) hierárquico 
 
CURSOS ONLINE – DIREITO ADMINISTRATIVO - PROF. LEANDRO CADENAS 
www.pontodosconcursos.com.br 10
5 – (ESAF/PROCURADOR DO BACEN/2002) Conforme a doutrina, o poder de 
polícia administrativa não incide sobre: 
a) direitos 
b) atividades 
c) bens 
d) pessoas 
e) liberdades 
 
6 - (ESAF/CONTADOR RECIFE/2003) Assinale, entre os tipos de poder de 
polícia abaixo, aquele de natureza exclusivamente municipal: 
a) ambiental 
b) de vigilância sanitária 
c) de trânsito 
d) de posturas 
e) trabalhista 
 
7 - (ESAF/ANALISTA RECIFE/2003) O exercício do poder de polícia não é, na 
sua essência, condizente nem compatível com a prática de ato administrativo 
que seja do tipo 
a) enunciativo 
b) negocial 
c) normativo 
d) ordinatório 
e) punitivo 
 
8 - (JUIZ/TRT 17/2003) Analise as proposições abaixo concernentes ao poder 
de polícia: 
I - o poder de polícia é atividade administrativa, podendo ser vinculada ou 
discricionária; 
II - o poder de polícia é a faculdade que se reconhece à Administração de 
condicionar e restringir o uso, o gozo e a disposição da propriedade e o 
exercício da liberdade dos administrados no interesse público ou social; 
III - o poder de polícia exige que o Poder Público utilize sempre, previamente, 
a via judicial cominatória para executar decisões de policiamento 
administrativo; 
IV - a manifestação da atribuição de polícia se dá por atos normativos e 
concretos. 
V - a atribuição de polícia administrativa também compreende os atos de 
fiscalização. 
Marque a opção correta: 
CURSOS ONLINE – DIREITO ADMINISTRATIVO - PROF. LEANDRO CADENAS 
www.pontodosconcursos.com.br 11
a) só uma proposição é certa; 
b) só duas proposições são certas; 
c) só três proposições são certas; 
d) só quatro proposições são certas; 
e) todas proposições são certas. 
 
9 – (JUIZ/TRT 9/2003) Considere as seguintes proposições: 
I - À atividade estatal de condicionar a liberdade e a propriedade, ajustando-as 
aos interesses coletivos denomina-se poder regulamentar. 
II - No exercício do poder disciplinar a Administração Pública pode impor 
sanções a particulares não sujeitos à disciplina interna administrativa. 
III - As autorizações, atos típicos da polícia administrava, são expedidas pela 
Administração Pública no uso competência exercitável discricionariamente, 
enquanto as licenças são atos vinculados. 
IV - Sendo atributo do poder de policia a auto-executoriedade, pode a 
Administração Pública, em todas as medidas por ela adotadas, pôr em 
execução as suas decisões, com os próprios meios, sem precisar recorrer 
previamente ao Poder Judiciário e sem se submeter ao controle deste. 
Assinale a alternativa correta: 
(a) Todas as proposições estão erradas. 
(b) Apenas uma proposição está correta. 
(c) Apenas duas proposições estão corretas. 
(d) Apenas três proposições estão corretas. 
(e) Todas as proposições estão corretas. 
 
10 - (ESAF/AUDITOR/TCE-PR/2003) A recente Emenda Constitucional nº 32, 
de 2001, à Constituição Federal, autorizou o Presidente da República, mediante 
Decreto, a dispor sobre: 
a) criação ou extinção de órgãos públicos. 
b) extinção de cargos públicos, quando ocupados por servidores não-estáveis. 
c) funcionamento da administração federal, mesmo quando implicar aumento 
de despesa. 
d) fixação de remuneração de quadros de pessoal da Administração Direta. 
e) extinção de funções públicas, quando vagas. 
 
11 - (ESAF/ANALISTA RECIFE/2003) O princípio
Página1...181920212223242526...50