A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
2 pág.
Avaliação de Gestao Educacional

Pré-visualização | Página 1 de 1

Nome: André Gomes da Silva 
Curso Licenciatura em computação 
Turno: Noite 
Disciplina: Gestão Educacional 
1ª Avalização →Criar um texto baseado em três questões.
1-Como entendes que deve ser o trabalho gestão em uma escola pública?
Um concurso da secretária estadual de educação do estado de são paulo no ano de 2017 estabeleceu um alguns requisitos básicos para ser diretor de escola, a exigência para se candidatar é preciso licenciatura plena em pedagogia ou pós-graduação na área de educação além disso, é necessário a experiência de 8 anos de exercício no magistério. Eu achei interessante a proposta do estado de são paulo pois exigisse uma qualificação para o cargo de diretor de escola.
Pois há alguns problemas nesse cargo, pelo fato de exigir um concurso para assumir quer dizer que o diretor vem de fora da escola e corre o risco de ficar muitos anos naquele cargo. 
A gestão escolar seria como gestão de uma empresa e toda a empresa precisa de um planejamento. A diferença da gestão da escola para empresa, a escola além de ter as mesmas necessidade da empresa ela tem a necessidade da inserção da questão pedagógica. Onde o objetivo primordial seria desenvolver crianças e jovens no âmbito profissional, social e pessoal é compromisso da escola desde sua criação. 
A principal função do diretor moderno é equilibrar as necessidades corporativas e pedagógicas da escola. 4 desafios importantes para a função de diretor
Função do diretor 
1-Construção de projeto politico pedagógico (PPP). Exigido Lei de diretrizes e bases da educação brasileira(LDB de 1996); diagnóstico da realidade da escola, dos alunos e da comunidade que ela se insere; determinação da identidade e papel da escola; construção de um plano de ações; estabelecimento de parâmetros de avaliação;
2-Como motivar o corpo docente e combater a taxa de evasão desses profissionais? 
3- Como posicionar a escola em relação a tecnologia?
4- como elaborar uma proposta de valor e diferenciar a escola perante todas as outras? 
2-Qual o grau de autonomia do gestor ao desenvolver seu trabalho?
Segundo Paro (2016. p. 88), há que se mencionar que o processo de gestão democrática na escola deve possuir alguns elementos essenciais que a caracterizem. Dessa maneira, princípios como a descentralização, participação e transparência são primordiais para que ocorra a gestão democrática de forma positiva. 
A escola está organizada em uma produção de sociedade capitalista com isso o diretor escolar deveria ter uma autonomia que preencha os requisitos necessários para uma boa gestão de qualidade . Portanto, a gestão da escola configura-se em ato político, pois, requer sempre uma tomada de posição política, exige-se do diretor um posicionamento diante das alternativas. Então, o conceito de autonomia da escola, é bem complexo pois é uma abordagem “nova” dentro das instituições. E assim, vem manifestando como um dos aspectos mais importante sob diferentes pontos de vista de entendimento. E por ser complexo, requer um estudo através de referenciais teóricos que possam possibilitar melhor compreensão. 
3-O que viabiliza ou atrapalha um processo de gestão? 
A gestão da escola precisa estabelecer uma organização estratégica, aberta às inovações, investindo continuamente no crescimento pessoal e profissional de todos os envolvidos, promovendo assim, a integração entre professores, funcionários e alunos. A participação dos sujeitos e o diálogo entre a teoria e a prática são de fundamental importância para a eficácia da articulação do trabalho pedagógico e do administrativo. esse sentido, Valérien (2004, p. 16) aborda três competências indispensáveis para um bom profissional que atua na gestão da escola:
1ª competência humana: para trabalhar com pessoas, sabendo colocar-se no lugar do outro e ter atitudes favoráveis a um bom ambiente de trabalho. 2ª competência política: para ver a escola, a sociedade e o sistema educacional como um todo, presumindo as implicações de suas decisões para a escola e para a comunidade. 3ª técnica: para buscar os subsídios necessários à sua função, atento às exigências legais e às inovações científicas e tecnológicas indispensáveis ao bom desempenho da instituição. 
Referencias Bibliográficas
PARO, Vitor Henrique. Gestão Democrática da Escola Pública - 4ª Ed. Cortez, São Paulo, 2016. 
VALERIEN, Jean; DIAS, José Augusto. Gestão da escola fundamental: subsídios para análise e sugestões de aperfeiçoamento. 4. ed. São Paulo: Cortez, 2004.