A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
1 pág.
CARD MICOSES DE PELE - DANIELA JUNQUEIRA GOMES TEIXEIRA

Pré-visualização | Página 1 de 1

Daniela Junqueira Gomes Teixeira 
 (micoses de pele superficiais) 
PTÍRIASE VERSICOLOR TINEA UNGUIUM (ONICOMICOSE) 
Causada pela Malassezia furfur (produção de ÁCIDO AZELEICO inibe a formação de melanina 
Máculas Confluentes com descamação furfurácia (Zirelli) → áreas sebáceas 
DIAGNÓSTICO 
Clínico + lâmpada de Wood (fluorescência róseadourada característica) + micologia direta (KOH 10%) 
TRATAMENTO 
Tópicos: 
Couro cabeludo: sulfeto de selênio a 2,5% em xampu, passando-se no couro cabeludo (enxaguar após 
15min) e nas lesões, durante quatro semanas. 
Antifúngicos imidazólicos: tioconazol 1% loção, ou isoconazol 1% loção, ou cetoconazol 2% creme, 
aplicados nas lesões 1x/dia por 4 semanas + xampu de cetoconazol. 
Sistêmicos: 
Casos mais extensos ou resistente; 
Cetoconazol 200 mg/dia por 10 d, itraconazol 200 mg/dia por 5d ou fluconazol 150 mg/semana por 3 
semanas. 
Solicitar provas de função hepática, antes de iniciar os imidazólicos (cetoconazol, itraconazol, etc.), pois 
eles têm metabolismo hepático. 
Não esquecer também que antifúngicos interagem com o anticoncepcional, diminuindo a sua eficácia.
 
Agentes etiológicos principais: 
Trichophyton rubrum; 
Epidermophyton flocossum. 
Outros: 
Trichophyton mentagrophytes. 
Unhas grossas, opacas, de tonalidade amarelo esverdeada, frágeis, com sulcos e irregularidades 
DIAGNÓSTICO: 
Clínico + lâmpada de Wood (esverdeada) + micologia direta (KOH 10%) 
 
TRATAMENTO: 
Antifúngicos sistêmicos VO + terapia tópica 
Tópicos: 
Amorolfina 5% esmalte para unhas (Loceryl), aplicado nas unhas afetadas 1x/semana até a melhora da 
lesão. 
Tioconazol 28% solução para unhas (Tralen 28%), 
Ciclopirox olamina 8% em esmalte (Loprox, Micolamina). 
Sistêmico: 
Duração deve ser de 6 semanas (tínea ungueal da mão) e 3-4 meses (tínea ungueal do pé). 
Terbinafina 250 mg/dia 
Itraconazol 200 mg/dia. 
Pulsoterapia: 
Terbinafina 250 mg 2x/dia durante 1 semana e suspender 3 semanas, repetir este esquema por 3-4 vezes; 
Itraconazol 200 mg 2x/dia durante 1 semana e suspender 3 semanas, repetir o esquema 3-4 vezes. 
TINEA PEDIS (PÉ DE ATLETA, FRIEIRA) 
Agentes etiológicos principais: 
Trichophyton rubrum; 
Epidermophyton flocossum. 
Outros: 
Trichophyton mentagrophytes. 
Intertriginosa: descamação, maceração e fissura dos espaços interdigitais e superfície inferior dos 
artelhos, geralmente comprometendo os espaços entre o segundo e terceiro ou entre o terceiro e quarto 
artelhos; algumas vezes há infecção bacteriana secundária (presença de secreção purulenta); 
Vesicobolhosa (aguda): pode estar associada à forma anterior; 
Escamosa (crônica):eritematodescamação. 
DIAGNÓSTICO: 
Clínico + lâmpada de Wood (esverdeada) + micologia direta (KOH 10%) 
 
TRATAMENTO: 
Antifúngicos tópicos por 2-3 semanas em creme a 1%. → imidazólicos (tioconazol, miconazol, isoconazol, 
econazol ou bifonazol)/tiocarbamatos sulfurados (tolciclato, tolnaftato), ciclopirox olamina, terbinafina e 
amorolfina. 
Tratar infecção bacteriana secundária se presente: compressa de permanganato 1:10.000 com ou sem 
antibiótico sistêmico (macrolídeo, tetraciclina). 
Secar bem as regiões intertriginosas. 
Pós-antifúngicos + polvilho antisséptico no tênis ou sapato