Logo Passei Direto

A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
6 pág.
AULA 01 - FORMAÇÃO DA IMAGEM, EFEITOS E PROTEÇÃO

Pré-visualização | Página 1 de 3

VICTORIA ALENCAR – 7º SEMESTRE – UNIFTC – 2021.2
5
diagnóstico por imagem
aula 01 – formação da imagem diagnóstica, efeitos biológicos das radiações e proteção radiológica
introdução 
O diagnóstico por imagem consiste na utilização de qualquer forma de energia, passível de transformação em imagens, para fins diagnósticos ou terapêuticos.
Atualmente, existem diversos métodos, agrupados pelo princípio biofísico, pelo qual a imagem é formada: radiação ionizante, radiofrequência, ondas sonoras, radioisótopos.
· Radiação ionizante  Raio X e tomografia.
· RADIOFREQUÊNCIA  RESSONÂNCIA (grande campo magnético). Não pode entrar com nada metálico na sala, pois o imã puxa no campo magnético e, a depender do objeto (quanto maior pior), ele puxa com tal força que pode causar um acidente. Além disso, qualquer estrutura metálica (aço cirúrgico) esquenta na presença do campo magnético e em próteses pode ocorrer dela se aderir ao osso do paciente. Mas hoje em dia as próteses de titânio não são atingidas pelo campo. Pode ocorrer queimadura de tatuagem definitiva (micropigmentação), porém isso não chega a ser contra- indicação (hoje já se modificou a composição da tinta).
· Ondas sonoras Ultrassonografia.
· Radioisótopos
Independente da profissão/especialidade, tem algumas coisas que é necessário saber, pois aparecem na emergência/UTI.
É preciso saber reconhecer pneumotórax, derrame pleural, fratura, TCE, hemorragia intracraniana, AVC isquêmico ...
É importante saber indicar o exame, ou seja, saber qual é o melhor método para investigar (melhor relação custo-benefício, contra- indicações). Tem que ter cuidado para não causar iatrogenia no paciente indicando um exame que ele não possa fazer.
Ex: radiação ionizante (não pode em grávida, tem que tomar cuidado em criança) e meio de contraste organoiodado ou gadolíneo (ter cautela em paciente com disfunção renal).
Se eu tô investigando determinada patologia, qual método eu vou pedir? O paciente X pode fazer aquele exame? Tem contraste ou não?
Radiação ionizante
· A formação da imagem por radiação ionizante baseia- se na emissão de raios-x, que por serem ondas de alta energia, possuem considerável poder de penetração (atravessa o organismo e forma imagem). 
· A diferença entre raio-x e tomografia é que no primeiro a fonte de radiação ionizante atravessa o paciente em uma única direção, formando uma imagem bidimensional (2D). Já na tomografia, a fonte de radiação ionizante gira ao redor do corpo do paciente, então o atravessa em todas as direções (360°) e as imagens são projetadas em um computador para que se forme uma imagem tridimensional (3D).
· A diferença de termos uma imagem em 2D e em 3D é que, na imagem bidimensional (do raio-x), deve haver uma somatória de todas as densidades para formar a imagem. O que acontece no raio-x é que sempre vai prevalecer a maior densidade, então se tivermos uma estrutura óssea, ela que irá prevalecer na formação da imagem. A exemplo do que ocorre no raio-x de crânio: só vemos osso, não vemos nada de partes moles, pois a densidade óssea supera a das partes moles e é o que prevalece na imagem. Então, o raio-x forma uma imagem bidimensional e há sobreposição de densidades.
· Já na tomografia, a exemplo do crânio também, ela utiliza o mesmo princípio biofísico (radiação ionizante), só que irá atravessar o paciente em todas as direções e, após mandar para o computador, forma a imagem em 3D e não há sobreposição de densidades. Nesse método é possível diferenciar e visualizar todas as estruturas dentro da calota craniana, além do osso. Logo, é um método de maior acurácia, não se perde nada de imagem, não se perde diagnóstico, pois nenhuma imagem fica escondida. 
· Então, esses dois métodos tem como semelhança o mesmo princípio (matéria prima - radiação ionizante), mas tem como diferença a forma com que esse princípio biofísico interage com o organismo e a forma com que a imagem se apresenta.
· A tomografia possui mais acurácia, porém o raio-x é bem mais barato. Entretanto, a tomografia expõe o paciente a uma quantidade maior de radiação ionizante do que o raio-x. Então, por isso, tem que pesar na balança e sempre que o raio x for suficiente utilizar apenas ele e escolher o momento certo do uso da tomografia. 
1: Radiologia Convencional (raio-x simples e raio-x contrastado); 2 – Tomografia computadorizada.
Radioisótopos
· A medicina nuclear fundamenta-se na captação da radiação gama emitida por isótopos radioativos artificiais, injetados ou ingeridos pelo paciente.
· O isótopo injetado ou ingerido emite radiação e, assim, é possível acompanhar o processo de captação (onde o isótopo se acumulou no organismo) através da radiação emitida.
· Esse isótopo terá um tropismo/ atração por determinados locais como locais com infecção, inflamação, neoplasias e a indicação é justamente para pesquisa dessas lesões.
· A imagem formada é chamada de CINTILOGRAFIA.
· Esta imagem é obtida de modo semelhante aos métodos de radiação ionizante. A diferença é que na tomografia computadorizada a radiação é emitida do aparelho e vai para o paciente, enquanto que na cintilografia a fonte emissora de radiação é o próprio paciente, o aparelho apenas capta a radiação emitida pelo paciente, radiação essa que está presente no isótopo radioativo que ele ingeriu.
Radiofrequência
· Na Ressonância magnética, a formação da imagem se dá através da criação de um campo magnético gerado por um magneto (circunferência na imagem).
· O paciente entra no interior do campo magnético e este campo magnético organiza a orientação dos prótons de hidrogênio nos tecidos.2
· Um sistema de bobinas emite ondas de radiofrequência que desorganiza a orientação dos prótons.
· O retorno ao alinhamento original quando o estímulo cessa também gera ondas de radiofrequência, que são captadas por antenas e são decodificadas e convertidas em imagens por um computador.
· É importante saber que a ressonância é formada por ondas de radiofrequência e que não utiliza radiação ionizante.
· Dentro do aparelho existe um grande imã.
OBS: O equipamento da ressonância e da tomografia são bastante parecidos, mas na ressonância não há radiação ionizante e o equipamento é mais fechado, semelhante a um túnel (problemas em pacientes com claustrofobia). Além disso, a ressonância também emite um grande barulho (pacientes utilizam um protetor auricular) e cada som muda de acordo com a sequência da onda emitida. A sala também é bem parecida, mas a sala da tomografia as paredes e o vidro são protegidos por chumbo, pois o chumbo não deixa a radiação passar da sala. Já a sala da ressonância não possui essa proteção por chumbo, pois utiliza ondas radiofrequência, que não fazem mal. Entretanto, o aparelho de ressonância funciona sob ação de um grande campo magnético, logo não se pode entrar na sala com nada de metal (cadeira de rodas, celular, arma), pois os objetos são atraídos pelo aparelho. Se os objetos forem atraídos é necessário baixar o campo magnético e isso é caríssimo! 
O aparelho de tomografia é desligado toda noite, já o de ressonância nunca é desligado. Pois, para criar o campo magnético é muito caro, assim como abaixa-lo para retirar objetos metálicos atraídos por ele.
OBS 2: A tomografia não possui sequências, existe com contraste e sem. Se o paciente se mexer, perde tudo e repete TUDO. Além disso, o exame com contraste é divido em fases: fase arterial, portal e tardia. Isso significa o tempo depois que você injetou o contraste. Na fase precoce o contraste está na artéria, na fase intermediária está na veia e na tardia, já esta sendo excretado pelos rins. O ideal é realizar o exame na fase precoce (principalmente em casos de tumores, pois precisamos observar o comportamento do tumor em relação ao contraste: se capta logo, se demora, se não capta, e isso oferece noção de agressividade e malignidade do tumor), se demorar tem que refazer, mas isso é raro pois o operador já é experiente. Mas, a fase precoce não é necessária em todos os casos, tem paciente que faz sem contraste e tem paciente que precisa
Página123