A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
1 pág.
Plaquetas

Pré-visualização | Página 1 de 1

Plaquetas
- Formam agregados em forma de placa.
- São exclusivas em mamíferos, diferente de trombócitos.
· Megacariócitos liberam as pró plaquetas no endotelio – até 1000 plaquetas
· Possuem vida média de 10 dias
· Segunda células mais presente no organismo
· O fígado e o braço capturam plaquetas velhas (ácido siálico) e geram proteína que gera mais plaquetas. 
· Trombocoitina essencial para a vida
· Plaqueta com carga negativa sem fosfotideoserina serve para o cálcio e fatores de coagulação
· Não tem núcleo
· Ricas em organelas
· Possuem glânulos para armazenar reagentes
· Possui RNA e ribossomo
· Glânulos densos: cátions importantes, potássio, serotonina, histamina...
· Glânulos alfa: molécula de alto peso molecular, com ação microbicida, dentre outras.
Pode liberar as moléculas por microvesiculas e exosomos. Armazenam as proteínas para identificar e começar a resolver os problemas de forma imediata – não coagulatório
· O processo final de coagulação é com fibrina, plaqueta e colágeno
Imunotrombose: conversa entre coagulação e sistema imune. Libera fatores teciduais, quimiocinas, citocinas, etc. Atrai monócitos macrófagos, mastócitos. A imune trombose é uma resposta imunológica da plaqueta em excesso.
Função imune da formação de NET’s
Aprisionamento de bactérias em fragmentos de DNA de neutrófilos. Os neutrófilos são chamados pelas proteínas liberadas pela plaqueta, que secretam fatores imunoregulatórios.

Crie agora seu perfil grátis para visualizar sem restrições.