A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
3 pág.
Estudo de Casos Exercício lícito e ilícito da profissão

Pré-visualização | Página 1 de 1

UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO
Centro de Ciências da Saúde – Odontologia
Saúde, Educação e Sociedade 5 – 2020.3
Discente: Eliclaudio Alves da Silva Júnior
Exercício Lícito e Ilícito: estudo de casos
1- Você é aprovado em um concurso público para ser Odontolegista no Instituto de Medicina Legal da Paraíba. Seu regime de trabalho será de um plantão semanal. Quais as medidas que você deverá tomar para não ter problemas junto ao CRO daquele estado? 
R= É recomendável que o dentista faça uma solicitação ao CRO de sua jurisdição, requerendo uma Registro de inscrição secundária para atuação no CRO-PB, para tal, o mesmo deverá apresentar os documentos requeridos como: cópia simples da Carteira do CRO de origem, cópia simples do Certificado de Especialidade, declaração de dados pessoais para Inscrição e dentre outros.
2- Você conheceu em um congresso no Chile um colega que se mostrou disposto a vir tentar a sorte em nosso país. Ele o questiona sobre como deveria proceder para exercer legalmente a Odontologia aqui no Brasil. Quais as orientações que você daria ao CD chileno? 
R= O Chileno deverá revalidar o seu diploma (em uma unidade reconhecida no Brasil) para posteriormente inserir em anexo junto aos demais documentos legais para dar entrada a inscrição temporária o qual terá validade de dois anos a partir da data dele no Brasil.
3- Depois que você se graduou como CD descobre que receberá apenas uma declaração de conclusão de curso e que seu diploma deve demorar mais de um ano para ser entregue. Sabendo que a Lei 5.081/1966, estabelece a obrigatoriedade do diploma para o exercício da profissão, como você poderia resolver esse impasse?
R= É necessário dar entrada na inscrição provisória o qual lhe dará direito de executar atividades durante dois anos (começando da coleção de grau), devendo mudar posteriormente para a inscrição principal.
4- Você recebe um fiscal da vigilância sanitária, onde você é inscrito, que lhe pede o diploma de conclusão de curso dizendo, inclusive, que devido a algumas irregularidades quanto ao lixo produzido no consultório, o mesmo será fechado até que você contrate os serviços de uma empresa credenciada para realizar a coleta corretamente. Qual a sua conduta diante do fiscal?
Contratar uma empresa terceirizada para realizar a coleta correta dos lixos e encaminhar o contrato para a Vigilância Sanitária.
5- Você completa 70 anos de idade e está próximo de receber sua inscrição Remida. No entanto, você respondeu a um processo ético, há mais de 10 anos. Você poderá receber sua inscrição tão esperada?
R= Não, pois um dos critérios para ter direito a inscrição remida é nunca ter sofrido penalização por infrações éticas.
6- Um CD fez um procedimento cirúrgico em um paciente, o mesmo esqueceu de solicitar o atestado para apresentar na empresa que trabalha. O paciente retorna no dia seguinte para solicitar o referido atestado, porém o CD está ausente do consultório, pois está de plantão no hospital. Mas, o seu sócio está atendendo na clínica e tinha cumprimentado o paciente no dia anterior, inclusive o tranquilizando quanto ao procedimento que o mesmo iria se submeter. Pergunto: o sócio do CD poderia fornecer algum documento ao paciente?
R= O socio poderá fazer uma declaração de presença referente ao horário em que viu o paciente.
7- Um Cirurgião Buco-Maxilo-Facial está fazendo uma cirurgia em um paciente, sob anestesia geral. O paciente não resiste e vai a óbito. O CD é o chefe da equipe cirúrgica. Quem poderá fornecer o atestado de óbito, nessa situação descrita? 
R= Será de responsabilidade do Serviço de verificação de Óbito, Departamento de Patologia ou ao Instituto de Medicina Legal atestar o óbito.
8- Você é ortodontista e possui uma clientela muito grande. Sua ASB trabalha com você há muito tempo e é bastante habilidosa, sendo de sua inteira confiança. Um paciente está com o aparelho quebrado e causando grande desconforto, lhe procura, porém você está viajando, participando de um congresso. Nessa situação descrita você pode orientar por vídeo conferência a sua ASB para prestar atendimento emergencial ao paciente?
R= E recomendação será encaminhar para outro cirurgião dentista apto a realizar um procedimento de emergência.
EXERCÍCIO ILÍCITO DA ODONTOLOGIA: ESTUDO DE CASOS
Amaralino Verboso é aluno bastante aplicado do curso de Odontologia. Está cursando o nono período, mas desde o quinto mantêm um consultório odontológico localizado num subúrbio, onde atende no horário da noite. Por ser uma pessoa envolvente e cobrar preços abaixo da média do mercado já tem uma clientela bastante grande. No mês passado atendeu a Sr.ª Mariângela cujo procedimento constou de uma radiografia periapical, exodontia de uma raiz residual, sutura e entrega em impresso próprio onde se lia as recomendações de praxe, bem como os dizeres: Doutor Amaralino Verboso – Cirurgia Oral Menor. A paciente apesar do diagnóstico e o tratamento serem realizados dentro das normas técnicas preconizadas teve, no pós-operatório, uma hemorragia de grandes proporções. Ao procurar pelo “Doutor Verboso” foi informada, por sua ASB, que naquele horário o mesmo estava na faculdade, estudando ser Cirurgião-Dentista, mas que a noite poderia ser encontrado e, certamente, resolveria o problema, pois, é um excelente estudante e nunca havia acontecido nada parecido com que a paciente estava a relatar. Mariângela saiu gritando que Amaralino ia amarelar quando sofresse as consequências por se meter a fazer o que não sabia.
1 – Amaralino cometeu algum erro profissional? Por que?
R= Sim, visto que o exercício da profissão em graduandos no curso de odontologia só é permitido em clínica escola, acompanhado de um professor responsável.
2 – De acordo com a legislação brasileira Amaralino cometeu algum crime(s)? Qual (is)?
R= Sim, exercício ilícito da odontologia , se encaixando no exercício ilegal.
3 – A quem Mariângela deveria procurar para se queixar de Amaralino?
R= Ao Conselho Regional de Odontologia.
4 – Qual o papel do Conselho Regional de Odontologia caso Mariângela fosse queixa-se naquela autarquia?
R= Intervir para interditar o consultório, detenção do estudante de seis meses a dois anos e aplicação de multa. 
5 – Quais consequências poderiam advir para Amaralino por sua atuação na referida situação?
R= Poderá ficar impossibilitado de receber o registro do conselho( mesmo que concluísse a graduação) o restringindo de praticar a odontologia. Além de sofrer detenção multa.

Crie agora seu perfil grátis para visualizar sem restrições.