A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
1 pág.
RESENHA CRITICA - A HISTÓRIA DAS COISAS - LEONARDO C GLORIA - M1 - 202101220382

Pré-visualização | Página 1 de 1

Universidade Estácio de Sá – Campus Ulysses e Mora Guimarães 
Disciplina: Ambiente e Saúde 
Docente: Rita de Cassia de Paula Freitas Svorc 
Discente: Leonardo Corrêa da Glória 
Matricula: 202101220382 
 
Resenha crítica sobre o documentário “A história das coisas”. 
 
Este documentário aborda sobre o consumo desenfreado de bens e todo o impacto 
que é causado por esse padrão de consumo, principalmente no meio ambiente. Para 
elucidar essa ideia, foi exposto as causas e as consequências desde o processo de extração 
da matéria prima até o produto final, dando ênfase ao modo americano de viver, onde 
vimos que a necessidade em comprar se faz presente diariamente. 
Contudo o documentário mostra que além da geração de resíduos em larga escala os 
compostos químicos empregados na produção desses produtos também causam um mal 
enorme ao meio ambiente e a população, visto que muitos desses químicos são liberados 
em rios ou na atmosfera. 
 Levando em conta a degradação ambiental, fica claro no documentário o 
pensamento consumista, visto que apesar de algumas matérias primas estarem por 
enquanto disponíveis, em nenhum momento esse estilo de vida leva em consideração a 
saúde humana. A cada ambiente que é destruído em prol da economia ou de politicas onde 
o consumo é a principal característica, os males causados são muitas vezes irreversíveis, 
causando problemas climáticos ainda mais drásticos, isso tudo leva a uma baixa qualidade 
de vida. 
Devido ao pensamento consumista, bens são criados para satisfazer certo padrão 
social imposto por propagandas, onde mostra que quem tem mais ou o mais nova está em 
condição superior a quem não pode seguir esse modelo, causando um grande problema nas 
relações interpessoais. 
Com a força que o setor industrial exerce, governos ficam reféns e deixam de impor 
politicas de proteção ambiental, aumentando ainda mais a pegada ecológica desses países, 
já que sem as indústrias muitos países não teriam renda suficiente. 
Para resolver essa situação o documentário mostra que para isso é necessário mudar 
o sistema de produção para algo onde a sustentabilidade seja o foco, construindo uma ideia 
onde energias renováveis sejam utilizadas e não só isso evitando o desperdício. 
Implementando esse modelo o meio ambiente terá mais tempo para se renovar e assim os 
recursos que agora são limitados possam estar disponíveis para as próximas gerações.

Crie agora seu perfil grátis para visualizar sem restrições.