Logo Passei Direto

A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
47 pág.
Anatomia da coluna vertebral

Pré-visualização | Página 1 de 1

Anatomia Humana
Coluna Vertebral	Fisioterapia
Coluna vertebral
· No adulto possui, em média, 72-75 cm de comprimento.
· Constitui o eixo ósseo do corpo.
· Oferece resistência e flexibilidade
Funções
	
MEDULA ESPINAL
Características Número de vértebras
Características Tamanho dos corpos vertebrais
Características Disco intervertebral
Características Curvaturas
Curvaturas primárias Torácica e sacral
Características Curvaturas
Curvaturas secundárias (compensatórias): coluna cervical e lombar.
Estrutura geral das vértebras
Estrutura geral das vértebras
ESTRUTURA GERAL DAS VÉRTEBRAS
A coluna vertebral consiste em osso esponjoso revestido por uma fina camada externa de osso compacto.
ESTRUTURA GERAL DAS VÉRTEBRAS
A maior parte das superfícies superior e inferior do corpo vertebral é coberta por discos de cartilagem hialina (placas terminais)
ESTRUTURA GERAL DAS VÉRTEBRAS
Em cada região, as facetas articulares estão orientadas em uma direção característica que determina o tipo de movimento permitido entre
as vértebras adjacentes e, no conjunto, para a região.
Características particulares das vértebras
VÉRTEBRAS CERVICAIS
ARTÉRIA	 	 VERTEBRAL
Características particulares das vértebras Vértebras cervicais
C1: Atlas
Vértebras cervicais Áxis
Vértebras cervicais
3ª, 4ª, 5ª e 6ª vértebras cervicais
Vértebras cervicais
7ª vértebra cervical
VÉRTEBRAS CERVICAIS
· Apesar de existirem 7 vértebras cervicais, existem 8 raízes nervosas cervicais. Esta diferença é devida ao fato de uma raiz emergir entre o occipital e C1.
· Na cervical, cada raiz nervosa é designada de acordo com a vértebra localizada abaixo da mesma. Por exemplo, a raiz C5 emerge entre as vértebras C4 e C5.
DERMÁTOMOS DO MEMBRO SUPERIOR
O que são dermátomos?
· A distribuição sensitiva de cada raiz nervosa é denominada dermátomo.
· Um dermátomo é definido como a área cutânea (pele) inervada por uma única raiz nervosa.
Vértebras torácicas
Vértebras lombares
Sacro e Cóccix
Junturas Intervertebrais
DISCOS INTERVERTEBRAIS
· As articulações dos corpos vertebrais são cartilaginosas do tipo sínfises, designadas para sustentação de peso e resistência.
· Em conjunto, os discos intervertebrais representam 20-25% do comprimento da coluna vertebral.
· Além de permitir movimento entre vértebras adjacentes, sua deformação elástica permite que absorvam choques.
· Cada disco intervertebral é formado por 2 partes: Uma massa central gelatinosa, chamada Núcleo pulposo; e uma parte fibrosa externa composta de lamelas concêntricas de fibrocartilagem, chamada anel (ou ânulo) fibroso.
DISCOS INTERVERTEBRAIS
Anel fibroso
· Anel formado por lamelas concêntricas de fibrocartilagem que formam a circunferência do disco intervertebral.
Núcleo pulposo
· É o núcleo central do disco (com uma posição ligeiramente posterior).
· Ao nascimento, contêm aproximadamente 88% de água e inicialmente são mais cartilaginosos que fibrosos. Sua natureza semilíquida é responsável por grande parte da flexibilidade do disco e da coluna vertebral como um todo.
· É avascular. Recebe nutrição por difusão.
Junturas intervertebrais
Junturas intervertebrais
Junturas dos corpos vertebrais
· O núcleo pulposo atua como um amortecedor à compressão axial, distribuindo forças compressivas, enquanto o anel fibroso atua resistindo à tensão intradiscal.
· O disco intervertebral possui alguma inervação na periferia do anel fibroso.
	
ARTICULAÇÕES UNCOVERTEBRAIS
(de Luschka)
· Estão localizadas entre os uncos dos corpos das vértebras C3-C6 e as superfícies ínfero-laterais dos corpos vertebrais superiores a elas.
· As articulações estão situadas nas margens lateral e póstero-lateral dos discos intervertebrais. Alguns autores consideram como sendo sinoviais, outros acreditam que elas são decorrentes da degeneração do disco intervertebral.
· Não são observadas até os 6-9 anos de idade e somente atingem o desenvolvimento total em torno dos 18 anos.
· São locais frequentes de formação de esporões, o que pode causar dor cervical.
ARTICULAÇÕES UNCOVERTEBRAIS
(de Luschka)
ARTICULAÇÕES UNCOVERTEBRAIS (de
Luschka)
ARTICULAÇÕES UNCOVERTEBRAIS
(de Luschka)
Junturas dos processos articulares Processos articulares (facetas)
Ligamentos da coluna
Ligamentos da coluna
Ligamentos da coluna
Ligamentos da coluna
Ligamentos da coluna
Ligamentos da coluna
MOVIMENTOS DA COLUNA VERTEBRAL