A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
1 pág.
QUESTÕES DE SOCIOLOGIA DO CAPÍTULO 6 (questões 1 - 5 - 6 - 7 - 8 resolvidas) KARL MARX E A HISTÓRIA DA EXPLORAÇÃO DO HOMEM

Pré-visualização|Página 1 de 1

QUESTÕES DE SOCIOLOGIA DO CAPÍTULO 6 (questões 1 - 5 - 6 - 7 - 8 resolvidas) – KARL MARX E A HISTÓRIA DA EXPLORAÇÃO DO HOMEM


CAPÍTULO 7 – KARL MARX E A HISTÓRIA DA EXPLORAÇÃO DO HOMEM

QUESTÃO 1 -   “A história de todas as sociedades existentes até hoje tem sido a história das lutas de classes. Homem livre e escravo, patrício e plebeu, barão e servo, mestre de corporação e companheiro, numa palavra, opressores e oprimidos, têm permanecido em constante oposição uns aos outros, envolvidos numa guerra ininterrupta, ora disfarçada, ora aberta, que terminou sempre, ou por uma transformação revolucionária de toda a sociedade, ou pela destruição das duas classes em luta.” (Karl Marx e Friedrich Engels, Manifesto do Partido Comunista, in Cartas filosóficas e outros escritos. p. 84.)

 

a) Que classes sociais Marx identifica ao longo da história?

Resposta: As classes que Marx identifica ao longo da história são basicamente resumidas em opressores e oprimidos, como homem livre e escravos, patrício e plebeu, barão e servo. Em outras palavras, a classe dos proprietários e a classe dos não-proprietários dos meios de produção.

 

b) Como são as relações entre elas?

Resposta: A relação entre essas classes sempre foram de muita luta e uma classe sempre se opondo a outra, isto é, uma relação antagonista.

 

c) Como se dão segundo Marx, as transformações em uma sociedade?

Resposta: Segundo Marx, uma sociedade só se transforma com revoluções, ou seja, quando a classe de oprimidos se revolta por melhores condições de vida através de guerras disfarçadas ou abertas.

 

 

QUESTÃO 5 -  . Analise a ideia de Marx sobre o homem e a história.

“Os homens fazem sua própria história, mas não a fazem como querem, não a fazem sob circunstâncias de sua escolha e sim sob aquelas com que se defrontam diretamente, legadas e transmitidas pelo passado.” (O 18 Brumário de Luís Bonaparte, p. 335.)

Resposta: Marx quis dizer que o homem é livre para fazer a sua história, porém não tem controle sobre ela, ou seja, não se pode construir a história da maneira que lhe convir, mas sim através de fatos ocorridos no passado ligados diretamente ao momento em que se vive. O homem apenas direciona a sua história, mas é todo um contexto social e interferências de outros indivíduos junto de circunstâncias transmitidas pelo passado que irá formá-la.

 

 

QUESTÃO 6 -   Marx afirma que a classe proletária tem no capitalismo o papel de agente da transformação.

“O progresso da indústria, cujo agente involuntário e sem resistência é a própria burguesia, provoca a substituição do isolamento dos operários, resultante de sua competição, por sua reunião revolucionária mediante a associação. Assim, o desenvolvimento da grande indústria abala a própria base sobre a qual a burguesia assentou o seu regime de produção e de apropriação. A burguesia produz, sobretudo, seus próprios coveiros. Sua queda e a vitória do proletariado são igualmente inevitáveis.” (Karl Marx e Friedrich Engels, Manifesto do Partido Comunista, in Cartas filosóficas e outros escritos, p. 96.)

Explique como o desenvolvimento do capitalismo gera as condições de seu desaparecimento.

Resposta: Com o desenvolvimento do capitalismo, consequentemente o da indústria, cada vez mais os operários se mostram insatisfeitos, estes que antes viviam isolados pela grande competição que ocorre no meio, passam a se unir para revolucionar e lutar contra a burguesia devido a insatisfação. Assim, a burguesia que antes se sustentava através do proletariado, passa a ser atacada por essa classe e sua base é abalada, sua queda é inevitável. Sendo assim, isso mostra que o próprio sistema capitalista gera as condições de seu desaparecimento.

 

 

QUESTÃO 7 -   O que Marx entende por alienação?

Resposta: Para explicar seu entendimento por alienação, Marx desenvolve o conceito de alienação mostrando que a industrialização, a propriedade privada e o assalariamento separavam o trabalhador dos meios de produção, que se tornaram propriedade privada dos capitalistas. Separava também, o trabalhador do fruto de seu trabalho, que também é apropriado pelo capitalista. Essa é a base da alienação econômica do homem sob o capital. O homem se tornou alienado politicamente também, na sociedade de classes, esse Estado representa apenas a classe dominante e age conforme o interesse dela.

 

 

QUESTÃO 8 -  Como Marx concebe as classes sociais e suas relações políticas?

Resposta: Segundo Marx, as desigualdades sociais observadas no seu tempo eram provocadas pelas relações de produção do sistema capitalista, que divide os homens em proprietários e não-proprietários dos meios de produção. As desigualdades são a base da formação das classes sociais. As relações entre as classes são complementares, pois uma só existe em relação a outra. A essas diferenças econômicas e sociais segue-se uma diferença na distribuição de poder. As classes economicamente dominantes desenvolveram formas de controlar a política de forma a apropriar-se do poder do Estado e legitimar seus interesses através de leis.

 

 

 

 

 

REFERÊNCIA BIBLIOGRÁFICA:

CARDOSO, G; SILVA, A. Questionário de Sociologia. Sociologia. FES, 2021.