A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
3 pág.
REVISÃO PROTÉSE TOTAL

Pré-visualização | Página 1 de 1

REVISÃO PROTÉSE TOTAL
MATERIAIS ODONTOLÓGICOS
· Reversíveis: cera, godiva.
· Irreversíveis: gesso, alginato, pasta zincoenólica. 
· Elásticos: alginato 
· Anelasticos: resina 
Importante para saber quando reutilizar um material ou não. 
MOLDAGEM DE ESTUDO (compressiva): cera utilidade e alginato. -> a cera é usada na borda para a individualização da moldeira. 
· Obtenção do modelo de ESTUDO: importante para delimitar a área chapeável, confeccionar a moldeira individual e observar a necessidade de cirurgia pré-protética.
Área chapeável: área da mucosa da mandíbula e maxila que deve suportar a prótese total.
· Subdividida em 4 zonas 
A) Zona de suporte principal: na crista do rebordo alveolar, suporta as forças mastigatórias no sentido VERTICAL.
B) Zona de suporte secundária: abaixo da zona de suporte principal, absorve as cargas mastigatórias no sentido HORIZONTAL. 
C) Zona de selado periférico: de 2 a 3mm, contorna a área chapeável.
D) Zona de selado posterior: resistência as forças da alavanca no sentido antêro posterior. 
MOLDAGEM DE TRABALHO (seletiva)
- Possui partes compressivas e não compressivas, por isso chamada de seletiva. 
Para copiar o selado periférico faz a moldagem com a goviva na borda. A PZE é utilizada para copiar todas as características do rebordo (muito fluida).
A moldagem de trabalho vai resultar em um modelo de TRABALHO.
Objetivo: é a partir da moldagem de trabalho em que confeccionamos a base de prova.
BASE DE PROVA -> resina acrílica e cera 7 
BASE DE PROVA
Não precisa de alivio;
Resina na linha da área chapeavel (sem os 2mm);
Não precisa de cabo, coloca rolete de cera;
Utiliza cera 7 sem dobrar sob a placa 
MOLDEIRA INDIVIDUAL
Precisa de alivio;
2mm de espessura;
Precisa de cabo;
Utiliza cera 7 dobrada sob a placa.
Rolete de cera na base: 
Vestibular: rolete vestibularizado;
Posterior: perpendicular a crista do rebordo;
Inferior: sempre perpendicular a crista do rebordo.
Altura na vestibular: relacionado com a altura dos dentes
· Posterior: paralelo ao tragus e a asa do nariz.
· Anterior: paralela à linha bipupilar.
Inclinação: base do nariz e filtro labial (precisa formar ângulo de 90º).
MONTAGEM NO ARTICULADOR.
RELAÇÕES MAXILO MANDIBULARES 
· Dimensão vertical: DVR – independe dos dentes -> distancia entre mandíbula e maxila 
· DVO: depende dos dentes – quando os dentes se encostam (oclusão)
· EFL: 2 a 3 mm (distancia gerada pela transição repouso e oclusao).