A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
265 pág.
manual eSocial 1 0

Pré-visualização | Página 48 de 50

Jornada com horário diário e folga fixa – domingo] 
{dscJorn}: [De 2ª a sábado, das 8:00 às 12:00 e das 13:00 às 17:00, numa semana e, na 
semana seguinte, de 2ª a 6a feira, das 8:00 às 12:00 e das 13:00 às 17:00 e assim 
sucessivamente] 
{horNot}: [Não] 
f) 6 horas diárias, de 2ª a sábado: 
{qtdHorSem}: [36] 
{tpjornada}: [4 – Jornada com horário diário e folga fixa – domingo] 
{dscJorn}: [De 2ª a sábado, das 8:00 às 11:00 e das 11:15 às 14:15] 
{horNot}: [Não] 
g) Jornada 12 x 36, diurno, com intervalo: 
{qtdHorSem}: [42] 
{tpjornada}: [2 – jornada 12 x 36] 
{dscJorn}: [Das 6:00 às 18:00, com intervalo das 12:00 às 13:00] 
{horNot}: [Não] 
h) Jornada 12 x 36, diurno, sem intervalo: 
{qtdHorSem}: [42] 
{tpjornada}: [2 – jornada 12 x 36] 
159 
 
{dscJorn}: [Das 6:00 às 18:00] 
{horNot}: [Não] 
i) Jornada 12 x 36, noturno, com intervalo: 
{qtdHorSem}: [42] 
{tpjornada}: [2 – jornada 12 x 36] 
{dscJorn}: [Das 18:00 às 06:00, com intervalo das 00:00 às 01:00] 
{horNot}: [Sim] 
j) Jornada 12 x 36, noturno, sem intervalo: 
{qtdHorSem}: [42] 
{tpjornada}: [2 – jornada 12 x 36] 
{dscJorn}: [Das 18:00 às 06:00] 
{horNot}: [Sim] 
k) Escala 5 x 1, com jornada de 7:20 diárias: 
{qtdHorSem}: [44] 
{tpjornada}: [3 – Jornada com horário diário e folga variável] 
{dscJorn}: [Das 7:00 às 15:20, com 1 hora de intervalo] 
{horNot}: [Não] 
l) Trabalho em regime de escala de turno ininterrupto de revezamento: 
{qtdHorSem}: [36] 
{tpjornada}: [7 – Jornada em turno ininterrupto de revezamento] 
{dscJorn}: [O trabalho é realizado conforme escala em um dos horários adiante: 
Das 06:00 às 12:15, com intervalo de 15 minutos 
Das 12:00 às 18:15, com intervalo de 15 minutos 
Das 18:00 às 00:15, com intervalo de 15 minutos 
Das 00:00 às 06:15, com intervalo de 15 minutos] 
{horNot}: [Sim] 
m) Trabalho das 15:40 às 00:00, de 2ª a sábado: 
{qtdHorSem}: [44] 
{tpjornada}: [4 – Jornada com horário diário e folga fixa – domingo] 
{dscJorn}: [De 2ª a sábado, das 15:40 às 00:00] 
{horNot}: [Sim] 
n) Trabalho das 21:32 às 05:00, de 2ª a sábado: 
{qtdHorSem}: [44] 
{tpjornada}: [4 – Jornada com horário diário e folga fixa – domingo] 
{dscJorn}: [De 2ª a sábado, das 21:32 às 05:00] 
{horNot}: [Sim] 
o) Trabalho das 22:00 às 06:00, de 2ª a sábado: 
{qtdHorSem}: [41.16] 
{tpjornada}: [4 – Jornada com horário diário e folga fixa – domingo] 
{dscJorn}: [De 2ª a sábado, das 22:00 às 06:00] 
{horNot}: [Sim] 
p) 5 horas diárias, de 6ª a domingo – elenco teatral: 
{qtdHorSem}: [15] 
{tpjornada}: [5 – Jornada com horário diário e folga fixa – exceto domingo] 
{dscJorn}: [De 6ª a domingo, das 15:00 às 17:00 e das 17:15 às 20:15] 
{horNot}: [Sim] 
q) Jornada variável: 
{qtdHorSem}: [44] 
160 
 
{tpjornada}: [9 – Demais tipos de jornada] 
{dscJorn}: [Jornada variável, conforme escala] 
{horNot}: [Sim] 
10.7. O horário contratual do empregado aprendiz deve refletir tanto o horário em que o empregado 
trabalha no declarante quanto o que ele frequenta no curso de formação. 
10.8. Para servidores de regime jurídico estatutário e regime administrativo especial, devem ser 
observadas as regras sobre jornada de trabalho estabelecidas na legislação do ente federativo. 
11. Contrato por prazo determinado 
11.1. Com relação a empregado contratado por prazo determinado, em que não há definição de 
prazo em dias (contrato por obra certa, serviço determinado, de safra etc), o campo data do término 
{dtTerm} não deve ser preenchido. Nesse caso, o campo {objDet} deve ser preenchido com a 
informação relativa ao nome da obra, do serviço ou da safra. Exemplos, “Construção do edifício Y”, 
“Safra 2018 de cana de açúcar de Pernambuco”. 
11.2. No caso de empregado contratado por experiência, o campo data do término {dtTerm} deve 
ser preenchido com a data decorrente do prazo inicialmente acertado e, se houver prorrogação, deve 
ser enviado o evento de S-2206 (Alterações contratuais). 
11.3. A prorrogação do contrato de trabalho não deve ser informada mediante retificação deste 
evento e sim mediante o preenchimento do campo {dtTerm} no evento S-2206 (Alterações 
contratuais), com a nova data prevista para o término. 
11.4. A categoria [105] deve ser utilizada exclusivamente para a informação de trabalhadores cujo 
contrato seja regido pela Lei 9.601/1998. Não deve ser utilizada para informação de trabalhadores com 
contrato por prazo determinado, regido por outras leis. 
12. Contratação de pessoas com idade inferior a 16 anos 
12.1. Em caso de contratação de pessoas com idade inferior a 14 anos, em qualquer categoria, ou 
com idade entre 14 e 16 anos em categoria diferente de "Aprendiz", o declarante deve informar no 
campo {nrProcJud}, o número do processo judicial que contém o alvará judicial autorizando esta 
contratação, não havendo necessidade do envio do evento S-1070. 
13. Contratação de aprendiz 
13.1. Nos casos em que a contratação de aprendiz não é feita diretamente pelo estabelecimento 
declarante que tem de cumprir a cota e sim por entidade educativa sem fins lucrativos que tenha por 
objetivo a assistência ao adolescente e à educação profissional (art. 430, inciso II, CLT) ou por entidade 
de prática desportiva filiada ao Sistema Nacional do Desporto ou a Sistema de Desporto de Estado, do 
Distrito Federal ou de Município, essas entidades, devem informar o grupo [aprend], indicando para 
161 
 
qual declarante o aprendiz está sendo computado na cota de aprendizagem. Nesse caso, o 
estabelecimento para o qual a contratação está sendo computada para efeito da referida cota não 
presta qualquer informação por meio deste evento e sim, apenas, informa em seu evento S-1005, o 
número do CNPJ da entidade que faz a contratação do aprendiz. 
13.2. Em caso de o cumprimento da cota de aprendizagem ser feito mediante contratação direta pelo 
próprio estabelecimento, o grupo [aprend] não deve ser preenchido. 
14. Informações constantes no campo {observacao} 
14.1. As informações prestadas no campo {observacao} do grupo [infoContrato] são utilizadas para 
alimentar as “Anotações Gerais” da CTPS digital, sem se submeterem ao crivo se configuram ou não a 
vedação contida no § 4º do art. 29 da CLT (vedação de anotações desabonadoras). Essa avaliação deve 
ser feita pelo empregador. Havendo necessidade de o empregador excluir uma informação, 
anteriormente enviada nesse campo, o evento deve ser retificado. 
14.2. O campo {observacao} é utilizado para a prestação de informações que devem ser anotadas na 
CTPS do empregado e para as quais não há campos próprios no leiaute do eSocial, como por exemplo, 
a estimativa de gorjeta, contratação de aprendiz para exercer cargo que integra arco ocupacional. 
15. Treinamentos, capacitações, exercícios simulados e outras anotações 
15.1. As informações relativas aos treinamentos, capacitações, exercícios simulados cuja obrigação 
de constar no registro de empregado está prevista nas NR, são prestadas mediante o preenchimento 
do campo {treiCap} com um dos códigos relacionados na “Tabela 28 - Treinamentos, Capacitações, 
Exercícios Simulados e Outras Anotações” do eSocial. Igual procedimento deve ser adotado em relação 
aos realizados em data anterior à admissão. 
16. Regime previdenciário 
16.1. O tipo “Regime de Previdência Social no Exterior” deve ser utilizado para empregados 
expatriados com vinculação ao regime de previdência no exterior. 
17. Trabalho intermitente 
17.1. No caso da admissão do trabalhador intermitente o tipo de registro de jornada {tpRegJor} deve 
ser [1 – Submetidos a horário de trabalho (Cap. II da CLT)]. Nesse caso, o campo para a quantidade 
média de horas trabalhadas semanais {qtdHrsSem} não deve ser preenchido e o tipo de jornada 
{tpJornada} deve ser [9 – Demais tipos de jornada], descrevendo, ainda, no campo {dscJorn}, a condição 
de trabalho intermitente. 
17.2. O valor do salário a ser informado no campo {vrSalFx} deve corresponder ao da hora, enquanto 
que no campo {undSalFixo} deve ser preenchido com [1], que corresponde

Crie agora seu perfil grátis para visualizar sem restrições.