A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
9 pág.
Feridas (transcrição aula)

Pré-visualização | Página 1 de 4

1 Isadora Frota Hagge 
FERIDAS 
Ubyb 
L 
(Feridas) 
Clínica cirúrgica 
 
Quando estamos de plantão no pronto socorro, na 
urgência e emergência... aparecem milhões de tipos 
diferentes de feridas. Pcts que se feriram das + diversas 
formas, dos + diversos jeitos e apresentação dos 
ferimentos tbm dos + diversos jeitos. 
E o que que se fez? A gente pegou essa diversidade de 
ferimentos, juntou ele em grupos e classificou. Então 
aqui nada + nada – a gente vai mostrar como que a gente 
classificou essa infinidade de ferimentos que vemos no 
nosso dia-a-dia no PS... pct operado ou não operado, ou 
por trauma... e como que iremos descrever na linguagem 
médica esses ferimentos! 
Nada de escrever no prontuário do pct “furada de prego 
no pé”! Nós temos que usar linguagem médica. 
Então, nada + nada -, isso aqui é p/ a gente traduzir a 
história do pct na linguagem médica! 
Vamos de um por um agr p/ vcs entenderem... 
 
ESCORIAÇÕES ou ABRASÕES 
 
Qualquer um dos termos é aceito. 
Nada + são do que popularmente chamamos de 
raladura/ralados. 
Então escoriação ou abrasão é um termo técnico p/ a 
gente descrever o que a nossa vó, o que a população fala 
(raladura/ralados). 
E qual a característica das escoriações? Elas acometem 
principalmente a derme, somente a derme. 
 Mecanismo de trauma? 
1. Atrito na pele em uma superfície regular. 
*Queda de moto. Mas é a moto que vai causar?! Não. O 
que vai causar a escoriação é o atrito da pele c/ o asfalto, 
que é uma superfície regular. A queda da moto é o 
agente, mas o que causa essa ferida em questão é todo 
e qualquer atrito da pele em uma superfície regular. 
Então, todo atrito da pele em uma superfície regular 
pode causar escoriações ou abrasões.... que é uma lesão 
apenas da epiderme, da pele! 
Quando precisamos descrever isso: “pct vítima de 
acidente de moto apresentando escoriações em 
antebraço esquerdo”. Se tiver em + lugares, vc descreve 
em quantos lugares tiver. 
Tem gente que bota “ferimentos” mas tem quinhentos 
tipos de ferimentos... então vc tem que classificar o 
ferimento p/ quando a outra pessoa for ver o prontuário 
ela saber se foi superficial ou profundo. Então se eu 
escrever “escoriações” já sei que é superficial! 
 
 PUNTIFORMES ou PERFURANTES 
 
Todo ferimento perfurante dar-se a entender que além 
do trauma ele faz um trajeto interno. 
E pq ele se chama puntiforme? Pq na área do ferimento 
a gente tem um aspecto parecido c/ uma área circular 
(normalmente ele não é perfeito, pq é uma contusão...) 
e a gente tem uma área pequena e a gente sabe que o 
mecanismo foi um objeto que entrou na pele e fez um 
trajeto. 
Então normalmente esse tipo de ferimento c/ aspecto 
puntiforme, c/ aspecto circular que eu tenho pelo 
mecanismo a formação de um trajeto... ele é chamado 
de perfurante. 
 Mecanismo de trauma? 
1. Prego 
2. Espeto 
 
2 Isadora Frota Hagge 
3. Agulha de costura 
4. Alfinete 
Tudo que tem área cortante somente na ponta! 
Todo objeto que tem área cortante na ponta pode fazer 
um ferimento perfurante! 
*A faca não entra pois ela tem área cortante na lateral. 
Então tudo o que área cortante somente na ponta e 
adentra p/ fazer um trajeto é chamado de perfurante. 
Como descrever no prontuário um pct que chega e fala 
que levou uma “furada de prego no pé”? “Ferimento 
perfurante em região plantar direita ocasionado por 
prego”! 
 
INCISAS ou CIRÚRGICAS 
 
Esse ferimento causa separação das bordas, a 
profundidade das + variadas... pode só pegar 
derme/epiderme, pode pegar tecidos profundos... vai 
depender da profundidade. 
E qual a característica desse ferimento? É que quando 
ele separa as 2 regiões de pele, ele forma bordas 
perfeitas! Fica bem certinha a borda. 
Então qual o objeto que causa formação de borda 
perfeita? Lâmina. E qual a característica da lâmina? 
Afiada! Então se eu tiver uma lâmina afiada ela causa 
isso, pq a afiação é que causa a perfeição da borda! 
 Mecanismo de trauma? 
1. Bisturi (então a ferida que eu causo quando faço 
uma cirurgia posso chamar de incisa!) 
2. Gillette 
3. Estilete 
4. Navalha 
5. Faca (se tiver afiada) 
6. Papel 
Todos os objetos extremamente bem afiados vão 
ocasionar bordas perfeitas. 
*Se a faca não estiver afiada ela entra em outra 
classificação/característica. 
Então todos esses são chamados de ferimentos incisos. 
 
CORTOCONTUSAS 
 
Aqui eu tenho um parente do inciso. Mas a borda é 
diferente. 
E qual a diferença da borda? Ela não é tão perfeita! 
Então o que aconteceu? A separação do tecido não foi só 
por uma lâmina bem afiada, provavelmente esse 
objeto/esse mecanismo que cortou... ele não estava 
bem afiado e foi o trauma contuso, foi a força (além da 
superfície cortante) que fez a pele separar, por isso que 
a borda não ficou perfeita. 
 Mecanismo de trauma? 
1. Faca não bem afiada (que tive que fazer mta 
força, ela não vai causar bordas perfeitas). 
2. Quina de mesa (quina de mesa não é afiada, mas 
pelo trauma e por ser fininha... na hora da 
força/pelo mecanismo da força é que vai causar 
a separação do tecido... por isso a borda não fica 
perfeita). 
Todos os traumas c/ lâminas não afiadas ou por 
superfícies não afiadas... que tem a força p/ causar essa 
separação é chamado de ferimento corto-contuso! 
 
PERFUROCONTUSAS 
 
*1° imagem -> c/ queimadura, ou seja, tiro de mto perto. 
2° imagem -> sem ou c/ pouca queimadura, tiro de + 
longe. 
Outro ferimento perfuro... perfuro a gente lembra de 
trajeto! 
 
3 Isadora Frota Hagge 
Então esse é um ferimento chamado de perfuro-
contuso, ele formou um trajeto por causa de um trauma 
contuso de alto impacto! 
Aqui a gente caracteriza todos os ferimentos por arma 
de fogo! Então tiro de qualquer arma. 
O trauma é ocasionado pela alta energia do projétil. E 
quando ele é mto de perto pode causar uma área de 
queimadura e quando não é mto de perto, não faz 
queimadura (ou faz bem pouquinha)... vai depender da 
distância. 
Posso ter 1 orifício, posso ter 2, 20, 30.... depende de 
quantos tiros o pct levou. E se ele levou 1 tiro, no máximo 
posso ter 2 orifícios (1 de entrada e outro de saída). 
Sempre que eu tenho um ferimento por arma de fogo eu 
preciso revirar o pct p/ ver se eu acho essa área de 
saída... e se não tiver pode ser que o projétil esteja 
alojado na parte interna do corpo do pct ou que ele (o 
projétil) passou tangenciando (de raspão) e não 
adentrou. 
 Mecanismo de trauma? 
1. Todos os ferimentos por arma de fogo. 
Então todos os ferimentos por arma de fogo são 
chamados de perfuro-contuso, pq ele vai entrar e vai 
fazer um trajeto. 
 
LACEROCONTUSAS 
 
Esse aqui além de irregular eu não consigo ver a borda 
direito, pq a borda está toda malfeita. 
Esse ferimento além de separar a borda, a borda parece 
que entrou, ela esventrou e está toda irregular... e além 
de irregular ela não é bem definida. 
E posso tbm ter perda de tecido. 
Então esses ferimentos que eu não consigo caracterizar 
as bordas nem como regular ou irregular, pq elas estão 
todas deformadas... são os ferimentos causados por 
(como se fala popularmente) rasgadura, que é o ato de 
eu fazer uma contusão e fazer uma tração... não é assim 
que a gente rasga?! A gente faz uma contusão e depois 
faz uma tração dentro do tecido. 
Essa tração não tem nada afiado, então eu saio puxando 
e separando os tecidos à força, por isso que as bordas 
descaracterizam e as vezes formam várias estruturas... 
pq não tem mecanismo. 
 Mecanismo de trauma? 
1. Mordeduras (de animais e humanos). 
O principal agente é mordedura de cachorro, gato, 
macaco... e gente. Mordeduras pq o tecido rasga! 
 
PERFUROINCISAS 
 
Esse aqui é o + raro de todos pq hoje em dia ninguém usa 
punhal, nem espada ou adaga. 
São ferimentos que fazem trajeto, mas que tem as 
bordas perfeitas. 
Então para ele ter bordas perfeitas

Crie agora seu perfil grátis para visualizar sem restrições.