A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
4 pág.
PORTIFOLIO CIÊNCIAS MOLECULARES

Pré-visualização | Página 1 de 1

RESULTADO DE APRENDIZAGEM
AULAS PRÁTICAS
 
 RESULTADO DE APRENDIZAGEM
AULA PRÁTICA 
Ciências Moleculares e Celulares
As maiorias das células são classificadas de eucariontes e procariontes, sua principal diferença esta na sua estrutura celular. As células procarióticas possui estrutura simples e não possui núcleo, as células eucarióticas tem um núcleo e a estrutura é mais completa.
Ao compararmos as células procariontes e eucariontes notamos algumas semelhanças, como material genético, citoplasma e membrana celular. 
As principais características das células procariontes são formadas por citoplasma, ribossomos e material genético. O núcleo é a região celular no citoplasma onde esta separada do material genético, elas possuem moléculas de DNA circular, chamada de plasmídeos. A respiração celular é realizada no citoplasma com o auxilio de enzimas localizadas na membrana plasmática. A reprodução ocorre por meio de um processo chamado de bipartição, onde a divisão do DNA circular, seguida de um aumento da célula e um processo de dobra da membrana celular para o interior da célula ocasiona a fissão e formação de duas células.
	A célula eucariótica é mais complexa, sua definição é “núcleo verdadeiro”. Trata-se de uma estrutura membranosa, chamada de carioteca, envolvendo um núcleo que armazena o material genético. Sua principal característica é uma estrutura mais complexa, possui muitas organelas membranosas que além de fazem parte da constituição celular possuem diferentes funções. A dimensão das células eucariótica pode ser dez vezes maior que uma célula procariótica.
A seguir relataremos algumas características visualizadas nas lâminas através do software digital.
	A primeira lâmina analisada foi lâminas de bochechas HE ( hematoxilina e eosina), denominadas de células eucariontes pois possuem caráter de ancorar estruturas que são mais acidas, e o outro corante eosina que tem caráter acidifidico, ao corar essas estruturas que tenham na sua constituição a maior quantidade de proteínas, observamos também a coloração mais rosacias, que é o caso do citoplasma. A hematoxilina tem caráter basóficos que coram o que possuem características acidas, o núcleo desta células é mais azulada, o núcleo é formado de material genético DNA e este DNA é acido. Possui grande concentração de mucosa, as células são maiores e de diferentes formatos, é um ectéria estratificado, este tecido possuem várias camadas, estas células podem representar núcleos em diferentes regiões das células, podem ser central, estar na periferia ou se deslocar para lateral. 
	A próxima lâmina a ser examinada é a lâmina de raiz de cebola, onde os constituintes são: parede celular, núcleo e vacúolo. Possuem formato rígido, com delimitação de parede celular, possuem diferentes núcleos com conjuntos de cromossomos. Os vacúolos que são possíveis visualizar na microscopia, por ocupar os volumes celulares. 
	Nas lâminas de estômago os constituintes são: membrana plasmática, citoplasma e núcleo. Por ser um órgão muscular possui coleção de fibras musculares, formadas por diferentes pregas. Nas pregas há a produção de mucos e também ácidos. Observamos também que nas fibras musculares como elas são alongadas o núcleo acompanha a formação da fibra. O núcleo possui uma cor azulada justamente pelo caráter acido do DNA e as regiões rosadas é a membrana plasmática e também o citoplasma. Nas pregas é onde possuem as facetas, onde tem a produção das glândulas de muco, essas glândulas se abrem nas bases das regiões chamadas de facetas formando outro tecido.
	A lamina de pâncreas possui hematoxilina e oscina as características dessa região analisada é folhear, com corpo, calda e cabeça, está associada com intestino delgado e com a vesícula biliar, é um órgão rico em vascularização. Ao ampliar a imagem visualizamos acenos e ilhotas de Langherans vários organizações diferenciadas dessas células. Essa porção tecidual é a porção hensoquina do pâncreas onde tem a produção de bicarbonato e enzimas digestivas que são liberadas no duodeno através do ducto pancreático ao participar do processo de digestão. Temos também na porção de ilhotas de Langherans contém células alfa e beta pancreática que é a porção endócrina que produz a insulina.
.

Crie agora seu perfil grátis para visualizar sem restrições.